Blog/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

Caracteres chineses: eles têm lógica, acreditem!

Como posso explicar quase o inexplicável para quem se depara com um texto inteiro em mandarim? Mas vamos lá… aprender mandarim é assim mesmo. Primeiro a gente se assusta, depois vai se familiarizando, tenta entender, não consegue, volta para trás, começa de novo e… chega uma hora que ao menos conseguimos lidar com a situação nem que seja por mímica, desenho ou google translator, mesmo não entendo quase nada. Na realidade a terceira opção é a minha preferida, já que nem sempre a nossa linguagem corporal/gestual faz sentido para o chinês.

Antigamente, quando um chinês começava a falar comigo eu já ia logo cortando ele, dizendo que não entendia e deu. Hoje, em algumas situações, deixo eles falarem e tento ‘pescar’ as coisas. Claro que só entendo palavras jogadas no meio de uma confusão de sons, mas mesmo assim acho que é uma maneira de conseguir se familiarizar com a língua.

Olha, vamos esclarecer um ponto importantíssimo: eu não sou parâmetro para ninguém que queira se dedicar a aprender mandarim, pois não falo mais que um punhado de frases genéricas, porque nunca me dediquei como deveria. Isso é fato. Nunca gostei de estudar, mergulhar nos livros, esquecer do mundo, decorar nem pensar. Desde pequena. Só que mandarim não tem muita opção de aprendizado se não for dentro de uma dedicação espartana… ou seria oriental???

Mas em contrapartida, não desisto… quem sabe numa dessas encontro um caminho que me faça ampliar meu conhecimento do idioma? Se bem que isso sempre ocorre. Cada curso que faço, acabo conhecendo macetes da língua, coisas que me fazem fixar. Para mim tem que fazer sentido, sabe? Decorar nunca foi o caminho. Eu esqueço. E todos que estudam com afinco, chega uma hora que tem que entrar o decoreba…

E ai, dentro desse quadro, que comecei minha mais nova experiência de aprendizado do mandarim. Quem me acompanha vai pensar: de novo? Sim, mais uma vez. E como sempre estou super empolgada… =]

Só que estou com uma professora particular que está me mostrando não só como se escreve os caracteres, mas me dando informações super interessantes de como é a lógica que formou aquele ‘desenho estranho’. Juro que agora, mesmo ainda escrevendo somente uns 10 caracteres, e com o que já aprendi nesses cursos e coisas que fui lendo à respeito, material que recebi, eles já nem são tão estranhos assim.

O melhor disso, é que essa forma de aprender era uma vontade antiga. Minha primeira professora aqui na China, a querida Yuan Aiping (a chinesa mais brasileira que conheço – chinesa da gema, como fizemos um trocadilho, porque no Brasil ela vive no Rio de Janeiro), me deixou encantada quando começou a me explicar o porquê de um caractere ser desse ou daquele jeito. A lógica que nem imaginamos que existe por trás de cada traço. Só que a professora Yuan, mais fica dentro de um avião na tal ponte-aérea Brasil/China, do que aqui em Shanghai. E hoje pouco ela se dedica a ensinar. Na realidade tem várias escolas de mandarim aqui e no Brasil. Então, ficamos com a amizade, mas as aulas… meiyou (não tem, acabou, algo assim…). E sinceramente ela é A professora. Tem o dom. Mas…

Agora tenho a Anny! =]

Na realidade ela me deu aula durante o semestre passado num curso livre sobre a cultura chinesa. E em alguns momentos ela acabava explicando um ou outro significado de caractere. Ai perguntei se ela não poderia me ensinar os caracteres básicos e dar uma ampliada nesse tópico de entendimento dos tais desenhos. E assim estamos nós, iniciando mais esse aprendizado.

Só para vocês entenderem vou colocar alguns exemplos aqui. Não consegui escrever todos eles ainda, mas chegarei lá… É que minha veia curiosa faz sempre meus professores saírem do que eles planejaram. E eu sei, que coloco ela doidinha… Porque chinês é metódico, e eu nunca deixo ela terminar o que planejou para aquele dia. Tento explicar para ela que não faz mal… que o que aprendi no desvio que dei na aula, foi mais importante que a apostila naquele momento. Ela me olha meio desconfiada… mas depois ri, de mim acho…

Esse caractere (Nǚ) significa feminino, e tudo que se refere a mulher, ao genero feminino, leva esse caractere, que somado a outro vão dar o significado. Como os exemplos: 女性, 女, 女子, 女人 e por aí vai.

Esse, como já vimos muito esse ano, é cavalo (Mǎ). O animal que reje 2014.

E esse é o caractere que quer dizer mãe (Mā).

Agora a parte mais interessante:

full_card-mom

Esse caractere ainda está escrito da forma tradicional.

Toda a mãe é uma mulher (certo?) e toda a mãe tem a força de um cavalo para cuidar dos seus filhos e trabalha mais que um cavalo (vocês precisavam ter visto a expressão no rosto da Anny, falando isso). Agora me perguntem se algum dia vou esquecer desse caractere? Rs.

E claro que depois que eu já souber alguns bem interessantes assim, os demais ficarão mais fácil. E também sei que nem todos terão essa explicação quase poética.

Agora, quando eu for há um banheiro público e só tiver o caractere na porta, não passo mais apuro. Já tem uma ganho enorme aí, não é?

Fora essa peculiaridade, tem o fato de que alguns caracteres tem realmente a origem de um desenho que representaria a palavra. No caso de feminino o traço vertical seria a manga do qipao com a mulher de braços abertos, e a quebra no traço, como se estivesse com os joelhos dobrados.

OMG! Ai minha veia feminista pulou… mas tudo bem, vamos lembrar que isso tem milhões de anos e infelizmente a história da mulher na humanidade sempre foi complicada, no Brasil ou na China…

Mas voltando aos caracteres, vejam a diferença que faz numa frase o caractere:

confusões da entonaçao chinesa

Por isso que muitas vezes os chineses demoram horas para se entenderem, e já vi muitos escrevendo para resolver o dilema. Um som muito parecido das palavras com significados completamente diferentes. E nesse caso ainda podem causar uma série de constrangimentos! Mas quando se escreve fica claro o que é que se quis dizer.

E já tenho muitos outros com seus significados interessantes. Vou tentar selecionar alguns e fazer no estilo de gráficos para colocar aqui.

Está aí a grande importância de se conseguir ler ao menos os caracteres básicos. Tudo bem que são cerca de 2000… mas isso é um outro problema para pensar mais tarde!

Zài Jiàn!

Anúncios

26 pensamentos sobre “Caracteres chineses: eles têm lógica, acreditem!

  1. Parabéns Christine Marote pelo seu espírito aventureiro, desbravador, não só por decidir- se a conhecer esse continente tão distante e tão diferente, mas, sobretudo por se dispor a aprender esse idioma que me parece muito complicado, muito difícil de aprender. Já fiz várias tentativas de aproximação da língua chinesa sem resultado concreto. Continue. Felicidades. Beijo.

    Curtir

  2. Christine!

    Nos meus dias em terras chinesas, devo dizer que nenhum caracter ou som fez O MENOR SENTIDO para mim!
    Mentira: ni hao, xie xie
    Apenas
    Kkkkk

    Duas coisas nos ajudaram muito:
    1) algumas páginas de “palavras/frases úteis” do nosso guia, escritas em mandarim: suco de laranja, quente, gelado, porco, frango, onde fica o banheiro…
    2) pedir ao pessoal dos hotéis para traduzir algumas frases para apresentarmos aos taxistas!

    Deu tudo certo!
    Adoramos a experiência!!!

    Espero que muitos mais se inspirem no blog!!!
    Bjinhus

    Curtir

  3. Boa dia Christine
    Tudo bem?
    Amiga você sabe me informar quanto custa a hora de um interprete chinês?
    Preciso ir a China,mas dessa vez quero um interprete rsrsrs.
    Abraços

    Curtir

  4. Pingback: Aprender mandarim no Brasil | China na minha vida

  5. Adorei seu blog!! Aprendo mandarim no curso da Yuan Aiping aqui no Rio. Não é com ela, mas é com a técnica dela. E, realmente, eles são bem didáticos e, desse jeito, fica mais fácil aprender. No nível básico (1o livro), achava tudo muito fácil. Mas agora estou no 2o nível do intermediário e o capítulo 24 do 2o livro foi um divisor de águas. Pela 1a vez, estudando pra uma prova de mandarim, fiquei cansada, com dor nas costas e parei no meio. hauahaua Dizem que esse 2o livro é mais difícil mesmo e estou começando a perceber que é verdade.
    Tenho facilidade para decorar os ideogramas e os sons das palavras, então leitura e tradução pra mim é mais tranquilo. O problema é na hora de escrever. Claro que há vários que, de tanto escrever, já decorei. Mas sempre tem aqueles impossíveis, que não entram de jeito nenhum! E aí consigo reconhecê-los, mas não escrevê-los. E foi o que vc falou. É necessária muita dedicação, o que se torna difícil no corre-corre do dia-a-dia.

    Curtir

  6. Adoro seu blog, quero agradecer por compartilhar da experiência que esta vivendo em um país tão interessante, tenho amigos Chineses aqui no Brasil e como você mesmo disse são muito sistemático.
    Continue com essa boa energia e determinação que você tem e irá atingir seu objetivo. Bjao

    Curtir

  7. oi Christine,
    Não perco seus artigos sobre a China!!!!! tenho uma pasta só para arquivá-los. Estou aguardando mais caracteres do mandarim. Abraços.

    Curtir

  8. Oi Christine, seu texto me encantou. Dificilmente estudarei mandarim, mas sou super curiosa sobre o aprendizado de línguas. Essa de associar os caracteres a uma história ou a itens que conhecemos, faz todo o sentido, ajuda na memorização.

    Curtir

  9. oi!
    boa noite por aqui!
    estou contente, pois tinha certeza que vc iria falar e escrever e mandarim, e acredito que mais um tempo usando os pincéis, como já havia dito!
    gosto da tua perseverança, curiosidade, é por ai! assim que se faz arte, ciências, literatura, jornalismo e outras tantas coisas que valorizam os seres, os aperfeiçoa!
    ……………………….beijo grande para vc e famillia!

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s