Blog/Cenas da China real/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

Culinária Chinesa – Dumplings

A comida chinesa sempre foi (e ainda é) motivo de espanto e desespero aos ocidentais de modo geral. Quando estou no Brasil e comento com alguém que moro na China, A primeira coisa que perguntam, depois da cara de espanto, é ‘mas o que você come lá?’, ou ‘como você faz para comer?’.

Minha resposta é: como comida! Chinesa sim, mas nem sempre. Principalmente porque vivo em Shanghai, e aqui você consegue passar meses sem colocar uma porção de comida chinesa na boca, se quiser.

O fato é que se criou um mito, uma lenda, em relação à alimentação chinesa e nada é capaz de quebrar isso. E ainda com a colaboração da mídia que adora expor as bizarrices chinesas sem mostrar que há o lado bom também. Por sinal, muito bom!

Na realidade, cada vez mais os ‘espetos de escorpião’ e toda essa comida esquisita, está se restringindo mais aos pontos turísticos, atraindo milhões de pessoas que não querem sair da China sem a foto segurando um espetinho desses.

Agora, existe comida que não é para nosso paladar sim. Mas isso é regionalismo. Como no nordeste do Brasil tem um monte de comidas típicas que não comeria de jeito nenhum, pratos esquisitos, de sabor duvidoso ao meu paladar e de tantos outros brasileiros. Mas isso, como quem quiser, certo?

Então vou tentar contar um pouco das coisas gostosas da culinária chinesa, pois das coisas estranhas já falei nesse post, nesse e nesse (só clicar em cada link).

Os dumplings são um dos mais conhecidos e apreciados pratos para o estrangeiro recém-chegado nas terras de Mao. Simplesmente porque são fáceis de comer, muito semelhantes ao ravioli, e possuem uma variedade de recheios e tipos para qualquer paladar.

Sim, muitos tipos de dumplings. Isso porque o estrangeiro quando vê algo que parece massa recheada, já chama de dumpling. Mas na realidade são, no mínimo, sete diferentes tipos.

Dim sum (點心diǎnxīn)  é original da cozinha cantonesa, e são servidos em cestinhas onde podem ser cozidos também no vapor. Os recheios são muito variados: de camarão até acelga.

dimsum

Jiaozi (饺子 jiǎozǐ) – tem o formato de pequenos pasteis, com recheios de carne ou vegetais e podem ser cozidos no vapor ou na água.

Jiaozi_of_garlic_chives_and_shrimp_by_Adonis_Chen

jiaozi

Guotie   (锅贴guōtiē) para mim, é a mesma coisa que o Jiaozi, mas eles são fritos, o que dá um sabor diferente, mais crocante.

guotie

Wonton (云吞 yúntūn)   é similar ao Jiaozi, mas as dobras da massa são diferentes e possui menos recheio. Pode ser servido tipo sopa ou mais seco.

Wonton_noodle_soup_boston

Baozi  (包子 bāozǐ) uma espécie de pão cozido no vapor e de recheio variado.

baozi

Mantou (馒头mántóu)  também faz parte da ‘família’ dos pães cozidos no vapor, mas esse não leva recheio como o baozi. Pode ser doce ou salgado. Ou uma mistura dos dois sabores, muito comum em vários pratos chineses.

mantoufried  Mantou

Xiaolongbao (小笼包xiǎolóngbāo) é mais um tipo de pão cozido no vapor ou baozi, mas esse é tradicional em Shanghai. É tradicionalmente cozido em pequenas cestas de bambu.

xialongbao

Zongzi   (粽子zòngzǐ) arroz glutinoso embrulhado em folhas de bambu e cozidos no vapor, com recheio salgado ou doce. Esse bolinho é um prato tradicional do “Dragon Boat Festival, que será nesse final de semana (31 de maio a 2 de junho), e tem detalhes sobre a tradição nesse link.

Zongzi

Mas isso que escrevi acima é só para se ter uma ideia do que é a variedade de massa aqui na China. Toda a alimentação deles está ligada a esses bolinhos e aos noodles (macarrão). Quase como o feijão com arroz para nós brasileiros.

Ah, e uma curiosidade: quando a saudade do pastel aperta, muitos brasileiros compram a massa de dumpling nos ‘wet markets’, recheiam e fritam como os pasteizinhos de aperitivo. Olha, levando-se em conta que estamos do outro lado do mundo, fica muito boa essa adaptação!

Zài Jiàn!

Anúncios

32 pensamentos sobre “Culinária Chinesa – Dumplings

  1. Pingback: Jiaozi, uma das delicias da culinária chinesa | China na minha vida

  2. Oi, Christine!!!
    Devo confessar que já sinto saudade dos dumplings! Kkkk
    Adorei todos que provei. De alguns, nem sabia exatamente do que se tratava recheio.
    Dentre todos, arrisco a dizer que foram dois pratos, jiaozi e wonton, com esse caldo ralo (e excepcionalmente bem temperado!!) que ganharam nosso coração. Voltamos para comer no último dia em shanghai. Rsrs

    A culinária chinesa, assim como o povo, nos acolheu muito bem!! Pensando bem, o picole de durian e a fixação por feijão doce não foram tão receptivos assim… Kkkkk

    Aliás, que tal um post sobre durian?? Já encarou??

    Boa viagem!
    Bjooosss

    Curtir

      • Merece demais!!!
        De preferencia incluindo 我不想豆 para orientações aos turistas mais desavisados! Hahaha

        Ontem fui a um restaurante japa com minhas amigas na cidade dos meus pais e comi dumplings. Não chegam aos pés do pior que eu tenha comido por aí!
        Tem muito oq aprender..Rsrs

        Curtido por 1 pessoa

    • Referente a:

      “Agora, existe comida que não é para nosso paladar sim. Mas isso é regionalismo. Como no nordeste do Brasil tem um monte de comidas típicas que não comeria de jeito nenhum, pratos esquisitos, de sabor duvidoso ao meu paladar e de tantos outros brasileiros. Mas isso, como quem quiser, certo?”

      Seu trabalho é muito bom, mas, discordo de sua opinião,

      Sou do Sul, mas moro no Nordeste, a comida aqui é muito boa, entretanto, concordo que alguns pratos daqui, são um pouco “difíceis” de encarar. Mas, o pessoal daqui insiste em discordar de mim.
      Por isso “sabor duvidoso ao meu paladar e de tantos outros brasileiros”, é relativo.
      Gostar da Gastronomia local é tentar adaptar-se à cultura,adaptação, paciência esforço e coragem.
      Quando você passar 20 ou 30 anos aqui, tenho certeza que sua opinião mudará.
      Abraços

      Curtir

      • Olá Marcos, obrigada pelo seu comentário. Entendo sua posição, e em momento algum considero a minha opinião como sendo única, a certa. É somente minha opinião. Não como muitas comidas do nordeste, como também não como algumas feitas em SP (meu estado de origem), como disse é uma questão de paladar. Coloquei ‘outros brasileiros’ porque conheço muitos que não comeriam uma buchada, por exemplo. Mas, da mesma forma, longe disso ser um perfil de todos os brasileiros espalhados pelo mundo.
        Como você mesmo colocou, a minha opinião é ‘relativa’, baseada no que conheço, na minha experiência.
        E ainda bem que há quem discorde, não é? Como diz minha mãe: o que seria do azul se todos gostassem do amarelo!
        Grande abraço!

        Curtir

  3. Olá Christine ! Ótimo post ! Eu amo dumplings , e queria fazer para minha família . Se você tiver receitas de dumplings e referencias , por favor me mande por email =) obrigado desde já .
    Beijos

    Curtir

  4. Pingback: DIM SUM – a comida chinesa mais fácil de apaixonar! | China na minha vida

  5. Pingback: China: mas… o que você come?

  6. Olá, Christine ! estive na China por 25 dias e me apaixonei por sua culinária, não tive os problemas de digestão que tenho normalmente com minha alimentação brasileira. Gostaria de adotá-la em casa, mas estou com dificuldade em conseguir as receitas aqui no Brasil. Você sabe fazer os dumplings? no hotel que fiquei serviam no café da manhã os dim sun, que por aqui não achei nenhuma referencia. Ele é sequinho, só cozido no vapor, tem uma foto dele em seu post de dumplings. Gostei muito de suas publicações. Amei esse país.

    Curtir

    • Adriana, vou tentar pegar algumas receitas aqui ne te mando por email.
      Eu adoro os dumplings também e existem centenas de tipos…e a comida chinesa é uma delicia. Só não consigo comer todos os dias.
      Beijo e mantemos contato.

      Curtir

    • Obrigada Luiz.
      E esse é realmente o meu objetivo: mostrar que a comida exótica, estranha e tudo mais que falam, existe, mas não é a unica coisa que se come aqui. A culinária chinesa é rica, diversificada e deliciosa! =]
      Abraço.

      Curtir

  7. Essas fotos deixam a gente salivando hehe.
    Sou viciada em dumplings, mas é uma pena que por aqui não há essa variedade imensa, nem mesmo nas lojinhas orientais. O jeito é se contentar, às vezes, com as versões congeladas. A gente se vira como pode rs.
    Beijos.

    Curtir

  8. oi!
    bom dia por aqui!….não sei o que aconteceu, mas fiz dois comentários ontem e não aparecem! de qualquer maneira vc como sempre escreve gostoso, e tão saboroso como alguns desses dumplings! o que está embrulhado em folha de bambu, lembra a nossa pamonha, embrulhada na palha de milho, e tem um outro embrulhado em folha de banana!
    Beijo grande para vc e familila!

    Curtir

  9. Adorei a explicação, Chrisitine! Sou fa dos dumplings chineses e dos giozas japoneses mas nunca tinha entendido a diferença… Agora vejo que os gizas do Japão sao um tipo de dumpling, mais parecidos com os Guotie da tua explicação. Beijos e bom apetite!

    Estela

    Curtir

  10. Oiêeeeeeeeeeeeeeeee
    Tudo maravilhoso perto do q assisti ontem em Brasileiros pelo Mundo….nossa!!!
    Só ñ desisti pq queria ver até onde ia a coragem deles…rsrsrs
    Ovos de pato com o feto dentro com penugem e tudo..o filipino saboreava e fazia o brasileiro provar…
    Tinha muitas aberrações nas comidas, mas as piores eram com patos…
    Esse bolinhos tirava de letra….hahaha
    Beijusssssssss

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s