Blog/Cenas da China real/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

Tradicional Medicina Chinesa (TCM)

Estou fazendo um curso nesse semestre sobre a Cultura e História Chinesa. E na aula dessa semana, o tópico foi a TCM (Traditional Chinese Medicine). Claro que é uma aula ilustrativa, pois a TCM está intrinsicamente relacionada com a cultura da China, e não dá a ninguém o título de especialista nessa prática milenar. Mas achei interessante dividir aqui alguns conceitos básicos que nos levam a entender um pouco da lógica, crença e hábitos do povo chinês, porque no final está tudo interligado.

A definição dada para a TCM é ‘um completo sistema medicinal que possui um entendimento profundo das leis e padrões na natureza e aplica isso no corpo humano’. A TCM busca saber por que a doença ocorre e como diagnosticar e prevenir essas doenças mantendo o corpo sadio. É mais efetiva para dores, mas atua com muito sucesso nas doenças funcionais e do sistema nervoso.

Teoria básica da TCM

Yin e Yang: esse símbolo tão conhecido no ocidente é um dos princípios fundamentais da medicina chinesa. A forma circular representa a perfeição do universo, e as duas cores mostram a harmonia do universo, tudo tem dois lados – noite e dia, homem e mulher, inverno e verão – e o pequeno circulo é o ‘abraço’ trocado entre os opostos, pois um precisa do outro. Não há dia sem noite, nem yin sem yang. Poético!

27252-acupuntura-pro-o-tao-e-o-equilibrio-energtico

Os cinco elementos: de acordo com a astrologia chinesa, o universo é basicamente formado pelos cinco elementos – água, terra, metal, fogo e madeira. Esses elementos se alinham em circulo, formando uma estrela que define as relações entre eles, que são – afinidade e repúdio. Como exemplo, a madeira se transforma em fogo, logo madeira é ‘mãe’ do fogo, possuem afinidade. Já a água apaga o fogo, então eles se repudiam.

Cada um desses cinco elementos também apresentam características como cor, estação do ano, hora do dia, sabor, órgão do corpo, sistema corporal, parte do corpo, parte da face, emoção e doença.

chinese_medicine_five_elements1

Qi e Xue: energia e sangue. E aqui não se lê somente o ‘sangue vermelho’, mas todo o fluido líguido que corre pelo nosso corpo.
Xue é a mãe do Qi, que carrega a energia e provém com os nutrientes para o seu movimento. Qi é o comandante do Xue, que guia o sangue através dos locais que ele precisa estar dentro do corpo humano.

Xue (sangue) é o fluido que nutre e hidrata o corpo. Qi (energia) é a fonte de atividades do corpo, nos protegendo de doenças e mantendo-nos aquecidos.
Quando não há harmonia entre essas forças, o sangue acaba sentindo através de deficiência, estagnação ou aquecimento.

Sistema de meridianos (canais): Jing Luo
Foram descobertos há 7000 anos, e tem a função de carregar e distribuir o Xue e o Qi (sangue e enegia).
Jing – funciona como uma linha vertical, da cabeça aos pés.
Luo – trabalha no meridiano do corpo, na horizontal.

Os métodos de diagnósticos usados pela TCM são inspeção, odor e som, questionamento e toque.

Os principais tratamentos oferecidos

Fitoterapia – através de chás, compressas com ervas, naturais ou combinadas entre si.

Massagem – com técnicas de fricção, amassamento e pressionamento. Podem ser somente nos pés (que carregam terminações para cada parte e órgão do nosso corpo), conhecidas como ‘foot massage’ ou corporal.
Uma coisa interessante, que eu não sabia, é que há muitas contraindicações para a massagem, principalmente as dos pés! E a gente sempre pensando na massagem como algo inofensivo…
Entre as principais, estão:
• Problemas sérios de pressão sanguínea;
• Doenças no coração;
• Durante o período menstrual;
• Gravidez;
• Problemas com sangramentos;
• Logo após as refeições;
• Raiva – sim, quando se está com muita raiva de algo ou situação, essa energia pode se espalhar pelo corpo! Acredite…

Acupuntura – técnica que coloca agulhas nos pontos do corpo referentes a cada órgão que se deseja tratar. Não houve maiores explicações sobre as técnicas. Mas eu sou fã de carteirinha da acupuntura, que comecei a praticar no Brasil. Se você quiser conhecer minha experiência clica aqui, pois já escrevi sobre ela.
Foram dados alguns exemplos de pontos a se pressionar para dor de cabeça, ou tosse, mas acho que é demais colocar isso nesse artigo despretensioso e sem nenhum tipo de embasamento teórico. =]
Mas algo bem interessante, que até esclareceu uma curiosidade antiga, é que as palmas das mãos possuem todos os pontos dos órgãos e partes do corpo, como os pés. E é por isso que os chineses gostam tanto de bater palmas! Na realidade, não é bater palmas com aquele nosso jeito efusivo de ‘parabéns’, incentivo. É um bater as mãos, simples e ritmado, que eles geralmente fazem quando estão andando (principalmente os mais velhos) e ainda batem as palmas das mãos nos braços, ombros e cabeça. O Objetivo? Estimular os órgãos vitais e esse movimento das mãos fazem com que as toxinas saiam do corpo, segundo a TCM.

foot%20reflexology

Cupping ou Ba guan: é a técnica que se colocam copos, geralmente nas costas, que fazem uma sucção das toxinas do corpo. Da mesma forma, o procedimento só foi citado, dado alguns exemplos simples. Eu nunca fiz e, na realidade, me incomoda muito ver as pessoas com as marcas no corpo, que levam de 5 a 7 dias para sair. Pré-conceito, eu sei. E quando falamos isso para a professora (pelo menos eu não era a única na turma que tem essa impressão) ela respondeu algo como: e daí? Se me faz bem… Então é isso, cada um com seus problemas e estamos combinados. Rs.
Se você quiser saber mais sobre essa técnica, a Vanessa, uma amiga que vive aqui em Shanghai (e que é fisioterapeuta, fato que faz a diferença astronômica em questão de conhecimento técnico e curiosidade) escreveu sobre isso no blog dela na semana passada. É só clicar aqui. =]

Gua Sha ou esfoliação: na realidade, a tradução ao pé da letra é arranhar, raspar! Sim, isso mesmo. Gua significa raspar e Sha toxinas, então é arrancar as toxinas, no meu parco entendimento. Consiste em passar espátulas no corpo até praticamente sangrar. Uiiiii… Essa eu não conhecia e, sinceramente, não pretendo conhecer…hehehe. Vanessa, se você se animar, divide conosco!

Mais curiosidades

O Tai chi – palavra que deriva do cantonês, por isso aqui é chamada de Taiji, que é a pronuncia correta em mandarim – é considerada um tratamento preventivo pela TCM. Essa arte promove a circulação do Qi (energia) de forma harmoniosa pelo seu corpo.

800px-Tai_Chi1

A alimentação está intrinsecamente ligada à saúde dentro da TCM, fato que está cada vez mais em voga no ocidente também. Dentro dessa teoria eles classificam as comidas como YIN (frutas e vegetais), YANG (carnes) e NEUTRAS (sementes, oleaginosas, cereais, grãos, algumas frutas e vegetais como pera e maça). Da mesma forma, yin e yang são complementares, por isso o chinês, apesar de comer muito menos carne que os ocidentais, não é vegetariano.

O sabor dos alimentos tem ligação com partes do corpo: doce – baço e estomago, azedo – fígado e vesícula, amargo – coração e intestino fino, salgado – rins e bexiga, picante – pulmão e intestino grosso.

As cores dos alimentos também são levadas em conta: amarelo – cérebro, laranja – coração e pulmão, verde – fígado, azul e/ou roxo – calmante, vermelho – fornece energia e vitalidade.

Existem horas do dia que são melhores para cada parte ou órgão do nosso corpo, como das sete às nove da manhã para o estômago. =O

Cada um dos cinco elementos citados anteriormente, também é responsável por determinadas para do corpo e a falta de equilíbrio de cada um, é um dos fatores que causam as doenças. E quando eles estão equilibrados, promovem reações positivas do nosso corpo. Como exemplo: o elemento água quando balanceado promove a satisfação com o curso da vida. Já a pessoa que nunca está satisfeita com nada, provavelmente tem uma deficiência nesse elemento. Interessante…

Os alimentos são divididos em categorias – quentes, mornos, frios e gelados – e devem ser consumidos de acordo com as estações do ano, contrapondo com a temperatura da estação. Por exemplo, no inverno devemos comer alimentos quentes e no verão os frios. Segundo a listinha básica que recebemos, chocolate só se pode comer no inverno. Estou lascada…hehehe.

Bom, como disse no inicio, escrevi esse artigo à titulo de curiosidade, pois achei alguns princípios bem interessantes. Mas se a gente vai juntar tudo e tentar colocar em prática… Aí é outra história! Não basta só saber, tem que incorporar a filosofia oriental…

Zài Jiàn!

 

Anúncios

17 pensamentos sobre “Tradicional Medicina Chinesa (TCM)

  1. Olá Christine, tudo bem?

    Vou para Pequim no inicio do próximo ano, para fazer acupuntura ai (e já me formei aqui no Brasil), gostaria de saber qual escola você me indicaria (já tenho uma em vista, pergunto por curiosidade mesmo).
    Descobri seu blog/pagina no face há pouco, estou gostando muito!
    Continue contando suas experiências, são inspiradoras 🙂
    Bjão

    Curtir

    • Olá Thais,
      Obrigada pelo .
      Mas eu não sei te indicar qual o melhor curso. Posso ver com uma pessoa que estudou aqui, o que ela recomenda.
      A gente parte do princípio que se é na China já vale à pena apreder algo sobre medicina chinesa…rs
      E eu moro em Shanghai.
      Abraço.

      Curtir

  2. Pingback: Tradicional medicina chinesa (TCM) e os chás | China na minha vida

  3. Pingback: Tradicional Medicina Chinesa – TCM e o inverno | Lola Haus

  4. Pingback: Tradicional Medicina Chinesa – TCM e o inverno | China na minha vida

  5. Oi Christine, tudo bem? Acabei de chegar em Shanghai, vou passar 2 meses por aqui a trabalho! Já sou adepta da acupuntura no Brasil e adoraria fazer alguns testes por aqui! Você tem algum lugar para indicar?
    Aproveito para dizer que o seu blog é ótimo, estou usando como um curso intensivo sobre a cultura daqui!!!
    Um abraço, Marina

    Curtir

    • Oi Marina,
      Eu tenho uma clinica que faço acupuntura.
      Mas não vai ser o mesmo que no Brasil, já aviso…rs
      Se vc leu os posts que fiz sobre esse assunto, eu já fazia há 4 anos no Brasil antes de vir para cá.
      Bom, mas te mando os detalhes inbox.
      E:
      Welcome to the Paradise!
      Obrigada pelo carinho!

      Curtir

  6. Pingback: Feng Shui – curiosidades | China na minha vida

  7. Eu adooooro acupuntura, queria muito ter feito o curso ai na China quando eu morava no Japão (nada como ter um certificado e aprendizado direto da fonte), mas infelizmente não consegui fazer. Acredito muito que ajuda em tantas coisas…

    Kisu!

    Curtir

  8. Adorei essa postagem porque sou fã de carteirinha da TCM, afinal não se pode desprezar um conhecimento milenar e inteligente como esse.

    Curtir

  9. Christine, espetacular essa sua postagem. Vou tirar uma cópia para mim e deixar sempre em cima de minha escrivaninha de trabalho. Eu não sou daquelas pessoas que usam essas técnicas por modismo (muito comum na classe média alta brasileira, kkk!) só quando preciso mesmo e com especialista de verdade. Então tenho um testemunho para você.
    Por problemas com a saúde fiz um ano de acupuntura com uma terapeuta amiga minha e foi espetacular. Na época ela estava iniciando o aprendizado na faculdade de fisioterapia, tudo sobre massagem nos pés. Ainda estava aprendendo e não dominava o conhecimento. Numa sexta-feira à tardezinha, fui direto do trabalho para o consultório. Aquele dia eu estava muito agitado. A sexta feira tinha sido “brava”.
    Me deitei na maca e ela perguntou: Posso experimentar fazer uma massagem nos seus pés para energizar seu organismo?
    – Pode! (Pessoa super competente!)
    Começou a massagem e de repente subiu um calor incontrolável pelo meu corpo todo e um mal estar terrível. Levantei a mão e a fisioterapeuta parou imediatamente. Parecia que eu ia explodir. Depois tudo foi controlado com a parada e a acupuntura. Dias depois ela me disse que aquela massagem era contra indicada para o caso de eu estar muito agitado. Ficaria bem mais e poderia até ser comprometedor o resultado disso.
    Na sua postagem você fala sobre os efeitos colaterais dessa massagem. Então é muito importante que esses tratamentos sejam feitos em pessoas com total conhecimento e prática disso.
    Nossa, escrevi tanto que acaba ficando maior que o post. (Falo bastante também, kkk!).
    Ótimo post, Christine.
    Um abraço grandão de Boa Páscoa para vocês todos aí,
    Manoel

    Curtir

    • Ah, Manoel… para mim a acupuntura foi uma benção mesmo… Se vc perguntar para meu filho, como era a mãe dele antes da acupuntura, ele responde: ah…santa acupuntura…hahaha. Só para tr uma ideia! =]
      Abraço!

      Curtir

  10. ….muito legal o texto! te confesso que a preguiça te tomado conta de mim! rsrsrsrsrsr
    gostaria de aprender e exercitar mais o meu corpo! já tem um tempo que a minha coluna vem me judiando! Acho que 7000 anos de conhecimento, não podem ser descartados e, realmente tem muita coisa em que são fantásticos!
    beijo grande para vc e familia!

    Curtir

  11. Muito bom Chris, é isso mesmo, estou fazendo um curso em Suzhou sobre um ramo da medicina chinesa as técnicas que eles usam para se manter saudável e eliminar as toxinas do corpo e eu acredito muito nisso, sem falar que amo uma massagem!!!!!!

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s