Blog/Cenas da China real/China/Curiosidades/Dicas de Shanghai/Palestras e Assessoria intercultural/Viagens/viver na China

Metro de Shanghai 2018 – Pontos Turísticos

Vamos começar esclarecendo que esse artigo já foi publicado em 2016, mas outro dia fui reler ele para dar umas dicas e percebi que 2 anos na China podem ser comparados a 20 anos no resto do mundo, ou quase isso!

Então aqui vai a edição 2018 desse guia de como turistar na China de metro. Até deixei as fotos do mapa de 2016 para vocês visualizarem as diferenças.

Já escrevi aqui, acho que foi em 2011, o quanto as linhas de metro da cidade me espantavam:

Metro de Shanghai

O crescimento é tão acelerado, que torna-se inacreditável para qualquer brasileiro que está a gerações esperando sair uma ou duas linhas na sua cidade. E em 2014, escrevi novamente sobre o tema, e quantas linhas haviam surgido nesses 3 anos, formando um total de 12:

Shanghai e seus 567 km de metro

Mas claro, que aqui nada fica do mesmo jeito por muito tempo, e 2 anos depois (2016) do  artigo que escrevi em 2011, já tínhamos 14 linhas em funcionamento e mais 2 em construção. Fora que a maioria delas foi ampliada do trajeto que publiquei em 2014, como a linha 11, por exemplo.

Atualmente(2018), existem 16 linhas de metro de Shanghai em operação, totalizando 675 quilômetros. Ou seja,  108 quilometros construídos desde 2014.

Uma loucura!

Esse era o mapa de 2016:

subway-map_zoom_out-2016

Em 2018 temos esse mapa, que podem parecer poucas as mudanças, mas facilitam muito a vida do turista e, principalmente, de quem vive aqui.

Metro de Shanghai 2018

Sendo assim, está cada dia mais fácil ir a qualquer lugar nessa imensa cidade usando o metro. E isso é um trunfo que os turistas devem aproveitar.

Está certo que andando só de metro, se perde bastante de observar a cidade durante o trajeto. Por isso que sempre recomendo um dia de ônibus (sightseen bus) e aí, já com a cidade gravada na memória, vamos explorar o possível por debaixo da terra. É mais rápido, fácil e econômico.

Se hospedar

Quando me perguntam onde se hospedar, sempre recomendo que busquem hotel próximo a linha 2 (verde), pois ela vai de aeroporto a aeroporto (Pudong International Airport e Honqiao International Airport), estação de trem e ainda ao Maglev, para quem quer ter a experiência de andar nesse trem super rápido. Ou linha 10 (lilás), que tem uma interligação fácil com a 2 no meio da cidade.

A maioria dos voos internacionais chegam em Pudong, e em Honqiao são os domésticos, além de que em Honqiao tem a estação de trem (que muitas vezes é o melhor caminho para viajar pela China).

Além do que, essas são as linha de metro que mais tem atrativos para o turista, apesar de que a linha 2 ser uma das mais cheias nos horários de rush. A linha 10 sempre é mais tranquila.

E o turismo?

Vamos ver o que se faz em cada uma das principais linhas:

  • As estações que tem nomes específicos, vão ser citadas. As que não forem, é porque o nome da estação é o mesmo dos locais indicados.

Linha 2 – verde

  • Jin’an Temple (um dos templos mais lindos que conheço, a estação fica abaixo dele na West Nanjing Road. Em frente ao templo também tem o Jin’an Park que vale à pena visitar.)
  • People Square ( aqui tem um shopping subterrâneo super interessante, o People’s Park e o Museu de Shanghai).
  • East Nanjing Road (uma rua de pedestres, famosa na cidade desde o ínicio do século 20, e também fica a 2 quadras do Bund).
  • Lujiazui (onde estão os edifícios mais famosos da China, o centro financeiro de Shanghai – Oriental Pearl Tower, SWFC, Jinmao Tower e Shanghai Tower)
  • Science and Techology Museum (além desse museu super interessante, principalmente para quem vem com crianças, tem um ‘Fake Market’ na saída do metro e uma parte do Century Park, ótimo para caminhadas).
  • Maglev (escrevi sobre esse trem aqui, desce na estação Longyang Road para pegar o trem que vai até o aeroporto de Pudong).

Linha 10 – lilás

  • Yu Garden (o jardim mais famoso e também um bazar imperdível. Vale à pena andar em volta do complexo turístico, pois as lojinhas de rua são as melhores para pechinchar).
  • Xintiandi (um dos bairros mais charmosos e descolados – e caro – da cidade. Lá também tem o Museu do Partido Comunista Chinês).
  • Honqiao International Pearl Market (estação Longxi Road. Essa estação fica a duas quadras desse ‘fake market’, onde o forte é a segundo piso com suas pérolas. Para mim, o local mais confiável para comprar pérolas em Shanghai)
  • Shanghai Zoo (outro passeio para quem vai cm crianças. A estação é em baixo do zoológico).

Linha 9 – azul claro

  • Qibao Old City (um outro local imperdível na cidade, a vila que originou Shanghai).
  • Tianzifang ( estação Dapuqiao – já escrevi sobre esse local também, um dos meus prediletos na cidade).

Linha 1 – vermelha

  • Shanghai Circus World (o ERA, um espetáculo circense de malabarismo é sensacional. Se tiver tempo na cidade, recomendo.)

Linha 16 – verde clara

  • Shanghai Wild Animal Park (também um zoológico, mas maior, com um belo parque ao redor).

Linha 7 – laranja

  • China Art Museum ( a estação é China Art Palace. No prédio que ocupou o pavilhão da China durante a EXPO 2010, agora abriga esse magnífico museu de arte).

Linha 11 – marrom

  • Shanghai Disney (estação Disney Resort. Te leva para onde? Para ver o Mickey que chegou em Shanghai! Sem mais explicações, certo?)

Linha 17 – marrom clara

  • Zhujiajiao – uma famosa cidade antiga (que hoje faz parte da grande Shanghai) e também está no grupo das cidades que integram a Veneza Chinesa, por seus canais que cortam a cidade. Acreditem ou não, eu nunca fui lá.
foto by pixabay.com

foto by pixabay.com

Comprando as passagens

Geralmente um trajeto de metro fica em torno de RMB 3,00 a 4,00 (cerca de R$1,50). Com essa tarifa você anda muito. Mas se for para descer em uma estação, RMB3,00 é o minimo cobrado. Por um trajeto de até 6 km. Depois disso entra o valor de RMB 4,00, para trajeto de até 16km. Depois disso é cobrado RMB 1,00 por cada 10 km.

Existem as máquinas de auto atendimento (com mostrador em mandarim e inglês) que são super fáceis de administrar. Mas o bilhete comprado tem que ser usado em 3 horas, depois disso, perde a validade.

As outras opções são o passe de um dia (24 horas), que sai por RMB 18,00 e o passe de 3 dias (72 horas), com o valor de RMB 45,00. Mas eles somente são vendidos em algumas estações de maior tráfego, como a People Square.

Utilizando o mapa

Em quase todas as estações tem mapas do metro em inglês.

Mas, eu recomendo baixar um aplicativo chamado MetroMan. Ele te mostra o mapa e também tem a opção de se colocar a estação em que se está e a do destino final, e ele te mostra todas as opções de conexão de linhas, o tempo que vai levar a viagem e o valor da mesma. E o melhor: funciona off-line.

220817220622396963Esse aplicativo também tem as opções de todas as cidades cidade chinesas (e algumas de fora da China) que possuem metro em atividade.

Uma outra função interessante desse aplicativo é que ele mostra, nas linhas cinza bem claras, em marca d’agua) as linhas de metro que estão em construção. E eu só fiz o print de metade do mapa!

WechatIMG347

Com isso vocês podem perceber que, em breve, teremos que atualizar esse artigo novamente!

Construa seu roteiro

Agora você já pode fazer seu roteiro de metro pela cidade e aproveitar o que ela tem para oferecer. E ainda, olhando o mapa com cuidado, você verá que existe muita coisa interessante que não está nesse roteiro, como museus e estádios, por exemplo.

Tem alguma outra dica?

Deixe nos comentários.

Zái Jián!

16 pensamentos sobre “Metro de Shanghai 2018 – Pontos Turísticos

  1. Adorei estas dicas, me ajudaram muito em Shangai, o metrô é super tranquilo de andar, comprar bilhetes e conexões ❤️❤️❤️

  2. Pingback: Rota 71 em Shanghai | China na minha vida

  3. Olá! Obrigada pelas suas dicas sobre Xangai. Foram extremamente úteis em nossa viagem.
    Sucesso!
    Super bj

  4. Pingback: Transportes públicos na China | China na minha vida

  5. Infelizmente, nem em SP temos esse avanço, mas p quem nem imagina dá certo tb, além de ser muito melhor do q enfrentar o trânsito caótico.
    Tvz logo conheça…rsrsrsrs
    bjs

  6. Estou preparando minha viagem para China e devorando seus posts. Muito melhor que usar guia turistico, me sinto papeando com uma conhecida. Obrigada, Chris.

  7. Ola Christine,
    Bom Dia (Noite BR), hahaha…. de fato, como comentou outras vezes….isto é muito louco mesmo… desejar Bom Dia quando aqui (BR) é noite….hahaha.
    Bom vamos lá, sim Shanghai é bastante interessante e muito boa para “turistar”, todos os lugares que indicou sao bastante interessantes e com peculiaridades diferentes entre eles, mesmo com tempo curto, tem que arrumar tempo para visitar alguns e aí sim estaremos entendendo o modo de vida chines, numa cidade conectada com o mundo.
    Sim, metro em Shanghai é de se espantar, sempre comento quando estou lá, nossos admistradores publicos e nossos responsaveis pelo sistema viario teem que visitar Shanghai para aprender um pouco…e os viadutos então….
    Bom estou falando, ou melhor escrevendo muito, mas gostaria de deixar uma contribuição, um aplicativo que me ajudou e me ajuda muito é o “Explore Shanghai”, mostra o melhor percurso para ir-se a um lugar de onde está pelas linhas de metro, indicando as conecções que se deve fazer e tambem o preço, trabalha em off-line o que facilita muito o passeio.
    Grande Abraço
    Ramon

    • OI Ramon,
      Muito bom ter outras opções de aplicativo. Esse Metro Man que indico é igual, tenho usado bastante e não me decepcionou. Mas vou testar a sua indicação também!
      E sim, o Brasil teria muito que aprender com a China.
      Abraço.

  8. oi!
    pois é, se nossa são paulo fosse assim, que maravilha!
    infelizmente não verei!
    muito legal o post!
    amanhã vou andar de METRO, vou até SP.
    beijo grande para vc e familia!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.