Cenas da China real/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

Negócios na China também tem suas regras

Já escrevi aqui sobre etiqueta à mesa e regras sociais. Todas elas são usadas no dia a dia e também nos negócios.

Na realidade o chinês não separa muito o público do privado, o particular do comercial. A privacidade aqui é um conceito bem ambíguo, se comparado ao nosso conceito ocidental.

Mas as regras são muitas. Algumas por uma questão de cultura, outras completamente embasadas na superstição desse povo. Já escrevi que posso escrever centenas de artigos somente sobre esse tema!

O que vestir:

Houve o tempo em que a questão do que vestir na China era algo bem complicado.

Por exemplo:

  • as cores tinham que ser sóbrias;
  • os homens deveriam usar terno e gravata para uma reunião social/comercial;
  • mesmo a roupa casual, não poderia ter muitas cores;
  • decotes para as mulheres, nem pensar…

Lembro bem em Chang Chun que um dia sai com uma camiseta com decote V, super comportada, mas deixava o colo à mostra. Gente, voltei para casa. Em compensação, as fendas das saias e o comprimento dos shorts nunca foram problema no vestuário chinês. As pernas são livres!

Mas isso foi lá em 2004. Como vocês sabem, muita coisa mudou por aqui… e muito rápido!

Hoje em dia, a questão do vestuário é algo tão ambíguo quanto a privacidade. Na realidade virou a maior bagunça e diversidade fashion aqui não é problema. Muito pelo contrário: quanto mais melhor!

As roupas com brilhos são usadas de dia ou de noite; babados, rendas e flores são basicamente o básico. Só que convém, num ambiente de negócios, se prezar pelo ‘menos é mais’. Então se tiverem alguma reunião comercial/oficial na China, especialmente se for com o governo ou alguma empresa ligada a ele, o clássico é sempre uma boa pedida.

Os homens de terno ou um casual sóbrio e as mulheres continuem tomando cuidado com os decotes.

Como se comportar:

Aqui é que as coisas se confundem entre cultura e superstição milenar.

E como as roupas, na vida cotidiana do chinês muita coisa mudou. Mas regras aqui são coisas muito duras e fazem parte da história deles. A mudança será lenta, se houver…

  • Evite gesticular demais quando fala. Eles acham que é uma maneira de distrair o interlocutor. Os italianos aqui devem penar… Mas os hábitos formais chineses são bem contidos.
  • O apontar, dedo em riste, aqui é tão ou mais insultante do que no ocidente. Todo o cuidado é pouco.
  • Contato físico se resume ao aperto de mãos para cumprimentar. E nem mais um dedo. Nada de abraços efusivos e batidinhas no ombro e nas costas. Isso para eles é considerado invasivo.

business-in-china

  • Inclinar a cabeça ligeiramente à frente é o cumprimento comum deles.
  • Os presentes tem sido banidos das relações do governo, por conta de uma ação para diminuir a corrupção. Mas quando é uma delegação de outro país, presentes ou mimos, que não tenham valores exorbitantes, são aceitos. É interessante oferecer ao grupo todo ou, caso seja somente para uma pessoa do grupo, entregar num momento a sós. Nas relações comerciais da iniciativa privada, isso não é problema e os presentes são uma forma de demonstrar seu apreço ao cliente/fornecedor/parceiro.
  • Sobre presentes, o que pode e não pode, dêem uma conferida nesse artigo. Mas basicamente não ofereça nada embrulhado em papel branco, que tenha alguma relação com o número 4 ou chapéus verdes!
  • A pontualidade chinesa é britânica! Na realidade eles sempre chegam alguns minutos antes do horário. E se atrasar é algo muito deselegante na China.
  • Cartão de visita é algo obrigatório. E se vier à China, encontre a maneira de escrever seu título e mais algumas informações em mandarim. Os cartões são impressos dos dois lados aqui: um lado em inglês e outro em mandarim. Entregue-o com as duas mãos.

china-business-culture

  • Algumas pessoas buscam colocar seus nomes em mandarim. Mas sinceramente é melhor manter seu nome ocidental. A escolha de um caractere errado, pode colocar você numa situação constrangedora.

chinese-business-cards-sample1

  • Use todos os títulos e credenciais que tiver. Isso é muito importante aqui. A hierarquia é seguida à risca.
  • Os chineses não tomam decisões sobre pressão. Tenha isso em mente e não pressione seu parceiro. Quanto mais pressão, mais difícil será.
  • Não esqueça dos conceitos de guanxi关系 e não os faça perder a face.
  • Por fim, evite entregar documentos ou marcar datas em que os números não sejam auspiciosos. Para não errar fique com 6, 8 e 9 (16, 18…). E tente usar esses números para tudo: desde a quantidade de convidados na mesa até para os presentes que por ventura tenha que enviar.

Nada tão difícil de seguir, não é?

Você já passou por algum aperto nas relações com chineses?

Conta para nós!

Zài Jián!

Anúncios

6 pensamentos sobre “Negócios na China também tem suas regras

  1. Bom dia

    Gostei muito das informações culturais que você passa. São fundamentais para evitar gafes e inconvenientes em reuniões.

    Gostaria apenas de mais uma informação sobre roupas. Já separei um terno preto e uma camisa clara, tudo bem sóbrio. Mas que gravata usar? Uma com cores escuras para manter a sobriedade ou algo com dourado, visto que eles tem esta cor como sinônimo de prosperidade?

    Agradeço contato.

    Obrigado

    Curtir

    • Olá Gilson,
      Algo que vá para o dourado/amarelo é muito bom. Mas o vermelho ganha em disparada. Se você prestar atenção, em fotos de solenidades chinesas, os homens sempre estão de gravata vermelha. Não precisa ser toda vermelha, mas algo que destaque o tom.
      Abraço.

      Curtir

  2. oi!
    boa tarde!
    por aqui muita chuva, depois de tanta seca!
    gostei da parte de presentes nas relações com o governo, exemplo que
    precisamos por aqui!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1
    gostei do artigo!
    beijo grande para vc e familia!

    Curtir

  3. Olá Christine, tudo bem?

    Muito interessante essa parte de negócios, detalhes diferentes do ocidente. Adoro seu blog e seus conteúdos, te acompanho a uns 3 meses, desde que achei um conteúdo sobre o Guan Yu no blog, pois gosto muito das histórias e lendas sobre ele.

    Estou te escrevendo, para te perguntar sobre um tema até então desconhecido pra mim: 49 dias.

    Vi um filme com este mesmo nome no youtube, e assisti sem saber do teor, e fiquei instigado sobre “como nunca ouvi falar disso antes?” – normal quando envolve China, claro –

    Se puderes um dia escrever algo sobre isso, agradeço, acho que será bem interessante.

    -Sobre mim: Sou o Rodrigo Dal Moro, tenho 26 anos, gosto da cultura e história da China. Do Brasil, prazer em conhecer xD

    Abraços
    Rodrigo Dal Moro

    Curtir

    • Oi Rodrigo!
      Obrigada por seguir a página.
      Olha, como você eu me surpreendi com essa história dos 49 dias. Vou procurar o vídeo e pesquisar sobre o assunto. Nunca ouvi falar. Tem a dos 100 dias de celebração do nascimento dos bebês, o tempo de luto que também é mais flexível hoje em dia… mas, aqui sempre tem alguma descoberta nova…rs
      Abraço e obrigada pela dica!

      Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s