Blog/Cenas da China real/China/Curiosidades/Livros/viver na China

Chinglish: uma língua criada pelo tradutor eletrônico.

Hoje resolvi escrever um post mais descontraído, com coisas que só a China pode nos mostrar. Afinal, a vida é séria, mas precisamos nos divertir…

Há algum tempo atrás escrevi alguma coisa sobre esse ‘idioma’ estranho e que diverte muito as pessoas por aqui: O Chinglish.

Que nada mais é do que uma tentativa de traduzir o mandarim para o inglês com a ajuda do google translator ou outro tradutor on line qualquer.

Se quiser, confere aqui o post que citei. Tem até livro publicado sobre isso.

E porque é divertido? Porque as traduções são hilárias, completamente absurdas e ‘no sense’.

E porque isso acontece com tanta frequência? Por dois motivos básicos, no meu ponto de vista:

1- Porque as palavras no mandarim, para se adaptar ao vocabulário moderno, muitas vezes são a união de duas palavras (ou caracteres) que vão formar a nova. Um exemplo desse tipo de adaptação do idioma é a palavra ‘telefone’ que em mandarim é 电话 –  Diànhuà – algo como ‘eletrônico que fala’ numa tradução literal, ou seja, analisando caractere por caractere. Claro que um tradutor eletrônico, quando tem que fazer a tradução de uma frase inteira não vai tentar entender o que a pessoa que digitou quer dizer exatamente, aí traduz de acordo com seu banco de dados.

2- Porque a maioria dos chineses ainda não conhece o alfabeto romano, e aí o que o tradutor der para ele, é o que será usado. Simples assim. Ele não tem conhecimento para questionar uma tradução do Google, porque simplesmente não conhece aquele monte de ‘desenhos estranhos’. Lembrem-se que tudo é relativo nessa vida, então olhem pelo lado de um chinês comum, na faixa de uns 35/40 anos, que foi completamente alfabetizado em caracteres. Pense como você olha para os caracteres e chama de ‘desenho estranho’… (só para fazer um contraponto, né?).

Bom, então, partindo dessa minha teoria, baseada somente na experiência de viver na China, sem nenhum estudo aprofundado, podemos dizer que a maioria, nem sequer faz ideia do que foi colocado naquela placa ou no cardápio do seu restaurante.

Só que quando vemos uma placa com aberrações de tradução num aeroporto, num parque público, ou numa rede de lojas internacionais, aí acho um pouco de falta de cuidado. Afinal existem pessoas que falam inglês fluente nesses locais e poderiam cuidar de evitar esses ‘tropeços’. Já aquele chinês que tem seu restaurante, que percebeu a invasão de turistas estrangeiros e, por conta e risco, decidiu ‘inovar’ e colocar uma tradução no seu cardápio, temos que relevar. (E lembrem-se que essa situação pode – e tenho quase certeza que vai – acontecer no Brasil durante as olimpíadas e a copa do mundo. Se estiver errada no meu julgamento, me avisem…rs)

Mas de todo o jeito, não deixa de ser divertido.

Então coloco para vocês as ‘pérolas’ que encontrei navegando por aí e muitas que amigos, super colaboradores (o que seria da minha vida sem eles, diga-se de passagem), me enviaram.

Marcelo Machado Yinchuan

Essa foi num restaurante no aeroporto de Yinchuan, enviada pelo Marcelo Machado.

A tradução é de algo com ‘cheiro de urina’. Uiiiii

Tati sato guangzhou

Foto da Tati Sato no aeroporto de Guangzhou.

Esse é: ‘Dica quente: fumar é perigoso à saúde’.

P1100414

Foto da Tati Sato no aeroporto de Guangzhou.

O que ele quis dizer (acho…) era que não se pode vender produtos a base de tabaco, cigarros, a menores e mulheres grávidas (!). As grávidas que tiverem juízo não compram, né?

Essas fotos à seguir, são exemplos claros de que um tradutor eletrônico trabalhou duro:

adilson1

Foto do Adilson Palumbo Carvalho, de um cardápio de restaurante chinês (claro).

você pode pedir um ‘macarrão dan dan da área de trabalho’… a escolha é sua.

adilson2

Foto do Adilson Palumbo Carvalho, de um cardápio de restaurante chinês (claro).

Literalmente é ‘cebola explode o carneiro’… OMG!!!

adilson

Foto do Adilson Palumbo Carvalho, de um cardápio de restaurante chinês (claro).

Esse é um ‘sortimento de óleo frito a nível da área de trabalho’, confere produção?

adilson3

Foto do Adilson Palumbo Carvalho, de um cardápio de restaurante chinês (claro).

‘Ele é um vinho de 3 e 5 anos’. Ok!

1235467_684105504951669_651547745_n

Foto encontrada no Google ( se alguém souber a fonte exata, por favor, avise para que possa dar os créditos).

Prefiro não comentar…

44562_10151205519036030_185467554_n

Foto encontrada no Weibo ( se alguém souber a fonte exata, por favor, avise para que possa dar os créditos).

Essa estava num banheiro…e só pode ser uma pegadinha…

11376_10151419845851030_105039867_n

Foto encontrada no Google ( se alguém souber a fonte exata, por favor, avise para que possa dar os créditos).

Essa também era num banheiro masculino. Mas tenho certeza que as mulheres vão adorar (principalmente as que tem homens em casa): ‘fique perto do urinol para uma vida melhor’.

942169_10151614364066030_627044451_n

Foto encontrada no Weibo via Shanghaiist ( se alguém souber a fonte exata, por favor, avise para que possa dar os créditos).

É, seu inglês deve estar bom… é isso mesmo: ‘Fxxx o pato até explodir’… e com preço em EURO!!!

E para finalizar, e para comprovar a minha tese (rs):

wikipedia

Foto encontrada no Google ( se alguém souber a fonte exata, por favor, avise para que possa dar os créditos).

O tradutor escolhido foi o da wikipédia! Não disse?!?

Espero que tenham gostado!

E se cuida Brasil, já pensou se inventam o portinglish????

Zài Jiàn!

Anúncios

16 pensamentos sobre “Chinglish: uma língua criada pelo tradutor eletrônico.

  1. Pingback: Restaurante chinês – como fazer seu pedido? | China na minha vida

  2. Pingback: Dirigir ou não dirigir na China. Eis a questão! | China na minha vida

  3. Oi Christine
    Lembro de ter visto nos cardápios escritos em alfabeto latino muitos erros de concordância, trocas de “n” por “m”, “p” por “b”, palavras escritas com letras na ordem errada, “sauce” trocado por “salt”…
    Acho que para eles é tão difícil escrever no nosso alfabeto quanto para nós escrevermos com os caracteres deles.
    O intérprete que nos acompanhou na visita a algumas fábricas praticamente desenhou o endereço de e-mail dele para nós. E olha que ele morou mais de dez anos no Brasil, foi casado comum uma cearense e tem até filha brasileira. Ele disse que entendia muito pouco as nossas letras.
    Abraço

    Curtir

  4. Aliás, vou contar um caso às avessas… Conheço uma menina japonesa que mora em Barcelona há vários anos. Um dia, ela postou no FB dela uma história…

    Ela caminhava na rua e vou uma tatuagem que era um símbolo japonês que queria dizer “panela de pressão”. Ela sempre encontrava o mesmo rapaz e se perguntava se ele sabia o que a tatuagem dele significava. Se sabia, a “panela de pressão” poderia simbolizar algo muito profundo em sua vida e ela não queria ser meter. Mas… E se não soubesse? De repente, seus amigos poderiam achar a tattoo linda e fazer uma igual… E, no fim, haveria, em Barcelona, uma gangue de “panelas de pressão”. =) #FicaaDica

    Curtir

  5. ….oi! boa tarde aqui!…..realmente muito divertido! com certeza deve ser muito complicado! Acredito que por aqui o pessoal que vai lidar com os turistas esteja se
    preparando para tal.
    ……………..beijo grande para vc e familia!

    Curtir

  6. Christine, kkkkkkk! Isso , de certa forma é um descaso para com o sentido das palavras ou ícones. Tudo que se traduz ao pé da letra não dá muito certo, rs…rs. Eu já estou meio acostumado com isso porque trabalho com informática software e hardware. Como o hardware na sua maior parte é fornecido pela China, os manuais técnicos acompanham os produtos e vem em português. A gente lê umas 10 vezes e não consegue entender o que quer dizer uma frase qualquer. Por exemplo: Um amortecedor pode ser traduzido como almofada(de sofä), como travesseiro,…, e por aí vai. Por isso que o curso de tradutor é de nível universitário. Para a pessoa pensar e saber as características do texto. Imagina a nossa fruta manga, manga de camisa…
    Enfim, acaba dando certo. Adorei o post.
    Um abraço grande para vocês aí,
    Manoel

    Curtir

    • há, Manoel… Então vc entende perfeitamente o que disse no post…. Hahaha.
      Mas tradutor formado custa caro e as fábricas pequenas de suprimentos acham que o Google da jeito em tudo. Isso é China. Um toque do jeitinho brasileiro…. Rs
      Abraço.

      Curtir

  7. rsrs bem divertido mesmo. Certamente se repetirá aqui, os restaurantes maiores em Cuiabá já firmaram convênio com as escolas de inglês para disponibilizar aos turistas uma pessoa fluente e facilitar a comunicação. Alguns estrangeiros que vem para conhecer Pantanal, costumam contratar tradutor para acompanhá-los sempre.

    Qdo estive em Yiwu, procurava o shopping de roupas e fui pedir informações para um rapaz numa loja pequena. Tentei em inglês, não deu certo, apelei para o português, piorou, então fiz mimica. rsrsrs No fim, conversamos utilizando o google no celular dele. Conseguimos nos entender e cheguei ao lugar que precisava. Foi bem engraçado! Porém era uma situação informal, estava passeando então o que valia era a diversão. Se fosse formal, seria tenso. A mensagem que fica é que sempre há um jeito de nos entendermos. Mesmo com tropeços da linguagem.

    Abração. Sempre bom ler seus posts.

    Curtir

    • Obrigada Shirley!
      E aqui é assim mesmo, digo que smartphone com acesso a internet não é luxo, é necessidade! O tradutor é a salvação, mas que comete umas gafes, isso comete. E como vc falou, para o turista, ou a busca de uma informação no dia a dia, tudo bem. Mas fazer negócio utilizando o google translator eu diria que é no minimo, arriscado! Beijo

      Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s