Blog/Cenas da China real/China/Curiosidades/viver na China

Censura na China

Fazendo uma ressalva neste artigo: hoje em dia o Strong VPN, que recomendo aqui, está dando muitos problemas de conexão. Troquei meu serviço para o ASTRILL. =] (agosto,2015)

Como a maioria deve saber aqui na China o acesso a certos websites é bloqueado. Isso se deve ao rígido controle do governo aos meios de comunicação em geral.

A televisão, por exemplo, tem um atraso na transmissão de aproximadamente 30 segundos. Quando ligamos a rádio Jovem Pan para ouvir a transmissão das corridas de Fórmula 1 e a TV aqui em casa para assistir a corrida, percebemos isso com clareza. É até bem interessante, pois sabemos com 30 segundos de antecedência o que veremos na telinha da TV. E o mesmo acontece com os noticiários da BBC, CNN e outras emissoras que se tem acesso na China.

Na época que estávamos em Chang Chun, era comum estarmos assistindo um telejornal e de repente a transmissão sair do ar, a tela ficava preta e em minutos começava  um filme da década de 1970.

Já na internet o maior bloqueio são para o Facebook, YouTube e vários blogs (blogger, wordpress, blogspot etc). Além de matérias que tenham no conteúdo as palavras chaves definidas pelo governo e seu exército de hackers. Se estiver tendo algum tipo de manifestação no Tibet, conseguimos até ver uma manchete num provedor brasileiro, por exemplo, mas provavelmente não conseguiremos abrir o link.

Quando mudei para Shanghai em 2009, o bloqueio a estes websites ainda não era tão rigoroso, mas no final daquele ano devido às manifestações a favor do Tibet e Myamar, tudo foi completamente bloqueado.

Para mim, a gota d’água foi quando estava pesquisando sobre as universidades no Brasil que aceitavam alunos com graduação em escola internacional (IB), por conta dos meus filhos e a página da USP e da PUC estavam bloqueadas. Provavelmente havia alguma matéria sobre um dos temas/palavras da lista negra chinesa.

Aí não teve jeito, virei uma usuária constante do serviço VPN, como a maioria dos estrangeiros que vivem aqui. A sigla quer dizer Virtual Private Network, que basicamente, é uma rede privada que usa uma rede pública (normalmente a Internet) para conectar sites remotos ou usuários. Quem tiver interesse em saber mais pode conferir nesse link da Wikipédia. Eu só sei que o VPN me permite ter um IP de algum lugar do mundo, hoje estou em San Francisco – USA, e com isso acessar o que quero na internet, como se vivesse naquele local.

chinaminhavida_VPN

Claro que isso tem um custo, para conseguir um acesso seguro. Eu optei pelo StrongVPN desde 2009 e estou muito satisfeita. Mas existe uma série de outros serviços. Até existem os gratuitos, mas o problema deles é que a rede não é forte e segura o bastante e o governo os derruba  com facilidade, além de colocar em risco seu computador porque nem sempre sabemos qual o real provedor desse serviço.

Cada máquina que você tem, precisa de um VPN próprio ou até é possível compartilhar desde que quando um estiver usando o outro não acessar. Hoje as opções já cresceram muito, os pacotes oferecem preços e serviços bem diversificados e quando alguém vem morar aqui e me pergunta sobre gastos básicos, já aviso que junto às contas de água, luz e telefone têm que adicionar o VPN. O custo desse serviço é em torno de 5 a 10 dólares/mês.

Se não fosse isso, não poderia estar usando o wordpress para hospedar meu blog, nem manter a página do ‘China na minha vida’ no facebook. Por sinal, tenho feito postagens extras lá de fotos e curiosidades. Se você ainda não conhece nosso espaço no FB, corre lá e dá um ‘LIKE’!

chinanaminhavida_pageFB

E os chineses, como fazem? Para que esses serviços de redes sociais não sejam algo proibido aqui, foram criadas várias plataformas para atender o mercado chinês, como o Weibo, YouKu, WeChat, Baidu, entre outros milhares. Então para que facebook se ninguém vai entender eles e eles não vão entender ninguém? Claro, essas redes tem toda sua plataforma em mandarim e funciona muitíssimo bem, obrigada! Na realidade foram usados em cada um deles o que há de mais interessante  nos serviços oferecidos para os ocidentais e, em alguns casos, todos foram unidos num só.

chinanaminhavida_socialmediachina

E não há nada que o jovem chinês faça ou compre, que antes ele não vá consultar a sua ‘rede’. Como já disse no post anterior, acesso a internet aqui não é problema para ninguém.

Agora o que mais me deixa intrigada é que o Facebook sabe que estou na China, e os meus advices são de locais chineses: restaurantes, lojas de decoração, clinicas médicas. E não há um só restaurante ou comércio aqui em Shanghai que não tenha na sua propaganda um enorme ‘find us on Facebook’ (nos encontre no Facebook).

O próprio jornal chinês ‘China Daily’ que tem sua versão em inglês, postou no FB que à partir dessa semana estaria colocando seus textos na rede social em inglês e mandarim para que todos tivessem acesso a noticia!

chinanaminhavida_facebook

Mas conversando com amigos a respeito disso, chegamos à conclusão que o governo faz vistas grossas, pois no final isso é uma realidade de Shanghai e de algumas outras cidades que possuam população expatriada significativa. E mesmo assim ainda somos muito poucos frente à população chinesa. Então as atividades dessa ‘bolha’ não representam números que possam assustar o governo chinês.

E assim vamos tocando nossa Rede Privada Virtual!

Zài Jiàn!

Anúncios

12 pensamentos sobre “Censura na China

  1. Pingback: China e o nosso sentido de urgência | China na minha vida

  2. Pingback: China – Oito motivos para não mudar

  3. Ola,

    Vou viajar para a China em Maio, qual melhor VPN para celular que posso utilizar, quero apenas para utilizar as redes sociais?

    Obrigado

    Curtir

  4. Pingback: Aplicativos para (sobre)viver na China | China na minha vida

  5. Pingback: Um Passeio por Xiamen, China | Trotamundos

  6. Eu consigo imaginar como deve ser difícil para alguém acostumado com a “liberdade” ocidental viver em um lugar cheio de censura, mas tomando como exemplo a mídia Brasileira, que manipula a população a ponto de tirar e colocar presidentes no poder, até consigo entender o porque do governo Chinês tomar tantas precauções. Acho que se os interesses ocidentais fossem mostrados de forma livre a China não seria a potencia que é hoje.

    Curtir

      • Lipe, não tentamos justificar nada, nem a censura e nem os hábitos estranhos da cultura chinesa. Eu tento esclarecer como é e como o chinês pensa, de que modo ele vê o mundo. A medida que se entende como a logica deles funciona, de onde vem esse ou aquele hábito, passamos a respeitar ao menos. Para se viver fora do nosso país (e até mesmo de nossa cidade natal, isso é fundamental.
        E me perdoe, mas temos liberdade de pensamento, só que uma grande parcela dessas pessoas não usa essa liberdade de forma adequada. Isso sem falar que mesmo com nossa liberdade de pensamento estamos perdendo o nosso direito de ir e vir. EStamos sem segurança nenhuma no BRasil, infelizmente.
        Isso não quer dizer que concordo com o modelo chinês, mas o nosso também não é nenhuma maravilha. Infelizmente.
        Abraço e obrigada por estar aqui. =]

        Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s