Blog/Cenas da China real/China/Curiosidades/viver na China

Taxi em Shanghai

Andar de taxi aqui na China é a coisa mais comum do mundo. Os próprios chineses fazem dele seu meio de transporte usual. É muito barato comparando com quase todos os lugares do mundo (a bandeirada é cerca de R$4,50) e a quantidade de carros é enorme, afinal tem que atender um público ainda muito maior que a frota.

Mas, como tudo na China, nada é tão simples assim para os laowais (estrangeiros)! Taxis imundos são comuns por aqui, se bem que em Chang Chun era infinitamente pior, por conta das condições climáticas da cidade aliada à falta de limpeza que o condutor promovia. Eles não conseguem nos entender – devido à característica do idioma a diferença de acento entre falar ‘Dóng’ e ‘Dòng’ é algo que nossa capacidade auditiva não alcança. E isso pode nos levar para o outro lado da cidade, fácil, fácil.

Quando mudamos para cá morávamos num bairro chamado ‘Xinqiao’ e uma vez uma vizinha foi parar em Pudong, no bairro ‘Jinqiao’. Isso porque quando chegamos não conseguimos distinguir a sutil diferença entre esse ‘x’ e esse ‘j’. Esqueça qualquer comparação com o português. É mais ou menos como se falasse /ch/ e o outro /tch/. Bom, mas voltando aos taxis!

Uma dica é sempre ter o cartão do local que você vai, em mandarim, porque pinyin nem todos conseguem ler. Se bem que depois do aplicativo HI SHANGHAI (que já escrevi sobre ele), tudo ficou ao menos 90% mais simples.

Chinanaminhavidaexpotaxi

Shanghai EXPO Taxi

Depois do endereço explicado e entendido, ainda corremos o risco de que o motorista esperto nos leve para dar uma volta um tantinho maior (mas isso é a saga do turista em todos os lugares do mundo, só que aqui o estrangeiro sempre será turista, dá para entender?), malcriação por parte do motorista que fica resmungando o tempo todo como se fôssemos culpados de algo, rádio ligado no último volume (e claro que ai é que ele não vai te entender mesmo, quando se pede para abaixar o volume) ou, o que é pior, acende um belo cigarro e o carro inteiro fica banhado a fumaça e aquele cheiro impregnado nas roupas. Fora aqueles que olham para sua cara e mandam você descer, que eles não vão te levar.

E como fazer para minimizar isso? A tecnologia a serviço da vida prática é um grande aliado. =]

Aqui os taxis são todos do mesmo modelo, com exceção da frota formada para atender a EXPO 2010, mas as cores diferenciam a empresa e acabaram categorizando o serviço também. O HI TAXI SHANGHAI, aplicativo irmão do HI SHANGHAI, tem uma lista com todas as empresas e a classificação do serviço oferecido e conservação dos carros.

chinanaminhavidahitaxish

Segundo essa lista, os melhores são o azul claro e o amarelo. O verde é bom, o branco também, mas tem uma frota mais antiga. O vermelho é ‘ok’ e o marrom e azul escuro são os menos recomendáveis (mas em dia de chuva e horário de rush, duvido que alguém pense muito nisso!). Os taxis da EXPO2010 são tipo van e os motoristas receberam treinamento e noção de inglês (não que isso faça a diferença, nem adianta se animar…).

A mais nova ‘arma’ que temos para tentar minimizar os problemas com motoristas descuidados é outro aplicativo: TAXI CRAB. Com ele, podemos digitar o numero da licença do motorista que sempre está fixada no painel, e saber como ele foi avaliado por outros usuários. Claro que no final da viagem, fazemos a nossa avaliação sobre o motorista também. Os itens são o itinerário feito, limpeza do carro e do motorista, como dirige etc.

chinaminhavidataxicrab

E para nos safar dos caminhos ‘estranhos’, a melhor dica é ligar o GPS do seu celular e ir acompanhando o trajeto. Isso os deixa malucos, quando mostramos que sabemos exatamente onde queremos ir! BINGO! =]

Mas vocês podem estar pensando: ok, mas quem não tem esses celulares/smartphones com internet? E eu respondo: isso praticamente não existe aqui. Além dos famosos Iphone e Galaxy, a China tem uma infinidade de marcas nacionais e opções de modelos, que deixariam todos de queixo caído. E o serviço é quase de graça! Eu gasto por mês com meu telefone, SMS e o acesso 3G cerca de R$ 85,00 (não usamos telefone fixo em casa, nem sei o número dele). Fora que a cidade é repleta de acessos WiFi.

Bom, mas de verdade, quando estou sem carro, ainda prefiro usar o metro! Mais tranquilo e sem nenhum stress!

Zái Jiàn!

Anúncios

8 pensamentos sobre “Taxi em Shanghai

  1. Oi Christine

    Quando estive em Shanghai até que achei os taxis bons (a maioria era de VW Santana), mas também preferíamos o metrô. Como todo estrangeiro também passamos uns perrengues nos taxis chineses por causa da comunicação. É difícil explicar para onde queremos ir. A melhor coisa é ter o cartãozinho com o destino escrito em mandarim (tinha vários deles nas recepções de todos os hotéis por onde passamos). O problema é quando acabamos de chegar, depois de 30 horas de viagem, e ainda não temos o tal cartão.

    Em Beijing tivemos a experiência de um taxista que deu umas voltas a mais para nos deixar no parque olímpico (aliás, nos deixou bem longe dele e tivemos que caminhar embaixo de um sol escaldante para chegar no bendito ninho do pássaro).

    Em compensação, também em Beijing, estávamos perdidos no meio da noite tentando ir à pé à Shichahai Lu quando resolvemos pegar um taxi. Um risonho taxista foi muito legal com a gente ao se negar a nos levar dizendo que era muito perto, que não precisava ir de taxi (falou em mandarim e gestos, mas entendemos a mensagem). Ele sabia que estávamos perdidos e podia ter nos enganado dando voltas, mas preferiu nos indicar por onde tínhamos que ir.

    No fim das contas nem vale a pena se estressar pois mesmo quando eles pegam um caminho maior ainda fica muito barato. Não vale o estresse de tentar discutir com alguém que só fala mandarim…

    Escrevi um relato dia a dia dessa minha viagem à China no meu blog meusplanosdeviagem.wordpress.com.

    Muito legal seu blog. Parabéns! Estou lendo há alguns dias. Conheci por meio do blog da Christiane Dumont e já estou seguindo.

    Abraço

    Curtir

    • Olá Arnóbio,
      Obrigada pela visita e fico feliz que tenha gostado dos textos.
      Como sempre digo: depois que passa a gente ri!
      E motorista de taxi tentando enganar turista tem em qquer lugar do mundo, não é mesmo?
      O negócio é quando a gente mora aqui e somos vistos eternamente como turistas, pessoas diferentes.
      Aqui nenhum estrangeiro ocidental consegue se passar por local…rs
      Só os que tem descendencia asiática…
      E as vezes isso cansa e nos estressa, porque todos temos os nossos dias de mal humor, nossos problemas urgentes para resolver, coisas que passamos em qualquer lugar do mundo.
      E a comunicação é um grande impecilho para as coisas ficarem mais fáceis…
      Mas, mesmo assim vale à pena. Depois de 9 anos por esses lados, aprendemos a conviver e tentar driblar as coisas com bom humor!
      Vou te visitar logo!
      Abraço!

      Curtir

  2. Ahhh os taxis!! Sempre lembro daqueles que tem as capas branquinhas amarradas sobre os bancos, que muitos nem se prestam a lavar e fica pior rsrsrsrs. Beijos querida, saudades (sempre né!)

    Curtir

  3. Haha! Amo ler seus textos porque (01) voce escreve super bem (02) eh impossivel nao fazer uma comparacao com as Filipinas… Varias vezes que leio alguma coisa, penso “nas Filipinas eh assim… Soh que pior!”! Haha! Quero dizer, aqui, o sistema eh bem mais atrasado e nao temos os aplicativos para comparar os taxis (existem tres companhias boas e as outras… Bem, aih depende do motorista). Alem disso, lembro-me que quando estava para me mudar, tentava desenhar as rotas pelo Google Maps e ele nao conseguia (sim, pasme!!!)! Hoje, consigo acessar o Google Maps e ate que funciona bem…

    Taxis sujos… Isso eh outra historia! Quase sempre pegamos taxis com algum papel amarrotado no “puxador” da porta (o que eh nojento!)… Jah peguei taxi com barata (uma vez, eu fiquei observando uma pequena barata que caminhava na camisa do motorista… Ate que ela se meteu DENTRO da camisa dele! Quase morri! Outra vez – essa quase infartei mesmo – senti algo nas pernas e – SURPRESA! – uma mini barata subia… Aff)…

    Bem, eh isso!!! Mas que aventura eh essa de viver na Asia, Chris! Pelo menos, temos varias historias que contar!

    Curtir

  4. oi!
    bom dia!
    Muito bom te ler! Seria maravilhoso se os taxis custassem isso por aqui e o mesmo com os serviços de telefonia!……….beijo grande!

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s