Blog/Cenas da China real/Compras/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

Supermercados.

 

Supermercados são uma história à parte. E tenho que fazer uma ressalva: a experiência em Chang Chun é completamente diferente da que temos em Shanghai.

Shanghai é uma cidade cosmopolita e bem ocidentalizada. No Carrefour ou Walmart, as maiores redes na China, existem grandes espaços para os artigos importados, maior que em qualquer outro lugar. Aqui encontramos desde o macarrão italiano até o chimarrão brasileiro (por aproximadamente 100 reais o quilo, mas os gaúchos não passam mal!rs). Vinhos de todos os cantos do mundo com preços até razoáveis. Não muito diferente do Brasil. Ou seja, aqui dá para sair com o carrinho cheio sem passar pelas prateleiras chinesas. Nas lojas que ficam dentro dos redutos de estrangeiros, você é mais uma pessoa fazendo compras, se bem que eles adoram dar uma conferida no conteúdo do nosso carrinho. Mas nos mercados locais ou mesmo nos de rede internacional, mas voltados para o público chinês, (aqui tem Dia e Tescom) a coisa é diferente. O fato é que pouco vou nesses mercados, pois é mais cômodo usufruir de todas as facilidades e opções das grandes redes.

Em Chang Chun é diferente… bem diferente. As prateleiras de importados se resumem a duas ou três, bem como os rótulos de vinhos. E “Great Wall”, o mais famoso vinho chinês, não se compara nem com o “Sangue de Boi”! Fora as coisas chinesas em abundância: pilhas de focinhos de porco, cabeças de galinha e outras coisas que não sei descrever muito bem. E o cheiro? Sempre digo que a China tem um cheiro peculiar e nos locais onde se vende comida, fica mais acentuado.

04232009297

CHANGCHUN001

De um modo geral, ainda somos seres estranhos em Chang Chun. Então tudo que fazemos ou compramos é visto com muita curiosidade. Como também sou curiosa, adorava ir ao Supermercado e olhar as coisas, pegar, sentir os cheiros enfim, observar. Só que enquanto observava o todo de um local chinês, eu era a única fonte de atenção de toda a loja. E se tem uma coisa que, definitivamente, chinês não tem é discrição. Eles olham, encaram e ainda riem. Porque tudo que parte de um estrangeiro é engraçado. Então comecei a perceber que tinha alguns que me seguiam pela loja. Se eu parava para olhar alguma coisa, pegar na mão, tentar decifrar o rótulo, logo depois que colocava de volta na prateleira e dava 2 passos, olhava para trás e tinha uma meia dúzia de chinês com a mercadoria na mão. Acho que eles ficam se perguntando o que tanto a gente olha. J

Não tenho muitas fotos dentro de supermercados, mas achei uma página na net que tem “16 itens que o Walmart só vende na China”, bem legal e extremo. Essa loja, com certeza, não é em Shanghai. Podem conferir: http://www.buzzfeed.com/mjs538/16-products-they-only-sell-at-chinese-walmarts

Até!

Anúncios

4 pensamentos sobre “Supermercados.

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s