Blog/Cenas da China real/China/Cultura Chinesa/Curiosidades

Os chineses e a geração ’fast-food’

Há 2.000 anos uma publicação médica chinesa dizia que obesidade era doença causada por comer carnes gordas e grão tratados. Mas esses itens não faziam parte da dieta do chinês comum até 2 ou 3 décadas atrás. E o chinês realmente sempre teve a fama de ser um povo magro (magérrimo diga-se de passagem). Só que essa situação mudou de maneira alarmante.

Hoje a China considera que mais de ¼ da sua população adulta estão acima do peso, enquanto os dados de subnutrição no país ficam em torno de metade disso. Pensando em toda a história da China é um fato bem interessante, visto que a períodos de fome extrema é que os levaram a ter hábitos tão ‘estranhos’ na alimentação. Hoje a impressão é que eles querem comer tudo que podem antes que algo ocorra novamente e eles percam a comida. Sei lá… isso é uma divagação pessoal.

Na realidade a quantidade de comida que se tem disponível aqui é assustadora. Os chineses não deixaram de maneira geral de consumir a comida tradicional chinesa, mas incorporaram a ela a dieta ‘western’, os fast foods (que os chineses também criaram os seus) e alimentos que antes não chegavam nem perto da mesa de um chinês, hoje lota as prateleiras dos supermercados, como leite, açúcar, farinhas refinadas etc.

overweight or thin

Figura com as palavras gordo e magro em mandarim – touchchnese.com

Um bom exemplo é que há 5 anos, quando íamos em algum restaurante ‘western’ seja brasileiro, espanhol, alemão ou qualquer outro país, a proporção era de 1 mesa com chineses contra 15 mesas com ‘laowais’. Havia a questão do poder aquisitivo, que naquela época era mais baixo, mas o paladar para a comida ocidental não existia. Hoje, em algumas ocasiões, a proporção é exatamente contrária 15 para 1. Mais dinheiro na mão da população e paladar mais aberto ao novo.

O problema maior é que estão aparecendo milhares de casos de doenças relativas a má alimentação ou a falta de uma nutrição balanceada como diabetes, colesterol doenças coronárias e obesidade. A diabetes por exemplo, cresceu mais de 10 vezes dos números apontados há 30 anos. Numa população do tamanho da China, toda a proporção é gigantesca. Isso porque se 10% da população chinesa for diabética, por exemplo, isso significa um número muito maior do que a população total de muitos países da Europa juntos… OMG!

Outro fator que contribui para esse fato é o sedentarismo. Há 30 anos quem possuía uma bicicleta era considerado rico. Hoje os carros proliferam como praga nas ruas. E as pobres bicicletas estão quase se aposentando, sendo substituídas ferozmente pelas bicicletas e scooters elétricas. Fora a ampliação do transporte público que é super eficiente aqui. Resumindo, ninguém mais pratica nem o exercício básico da locomoção.

A obesidade infantil é outro dado preocupante. A educação chinesa não prioriza o esporte, e poucas são as escolas que destinam mais que duas horas semanais para atividades físicas. Não faz parte da cultura, então nem os país aprovam que seja diminuída as aulas acadêmi8cas por atividades de ‘recreação’ como são encaradas. Uma notícia que li a pouco tempo, mostra que os pais chineses, desesperados com o ganho de peso de seus filhos, mandam as crianças passar as férias de verão em acampamentos (até aí normal…). Mas esses locais são na realidade SPA’s, clinicas de emagrecimento ou coisa assim.

diet2

A coisa está tão séria que a industria chinesa de alimentos já está colocando no mercado alimentos diet e light, com menos teor de gordura, gluten free etc. Isso é algo que vem ocorrendo há menos de um ano. Quando mudei para cá era impossível se achar adoçante nos supermercados. Hoje, mesmo ainda sendo quase nada, as opções estão crescendo. Restaurantes e padarias preparando alimentos menos gordurosos e sem adição de gluten, lactose, conservantes são a febre do momento para alegria dos estrangeiros que vivem aqui).

diet

A próxima revolução, se tudo continuar nessa proporção, será a alteração da grade do vestuário. Aqui uma ocidental usar XL é super normal, mesmo usando 38 ou 40 no seu país de origem, já que o S (ou P) de confecção chinesa é para crianças de 10 a 12 anos no nosso país. Vamos aguardar!

Alguma medida deve e pode ser tomada, para a coisa não cair num nível alarmante e virar problema social em poucos anos…

Já havia escrito sobre o assunto Obesidade chinesa há 2 anos.

Zài Jiàn!

Anúncios

13 pensamentos sobre “Os chineses e a geração ’fast-food’

  1. Gostei bastante do artigo. Uma realidade triste. Nós estamos bastante acostumados com as facilidades e já estamos vivenciando as consequências. Vale investir em prevenção. Quanto menos processado, melhor.

    Curtir

    • Acho que estamos todos voltando atrás em um monte de coisas que o progresso nos deu… que na hora da euforia do novo era tudo de bom. E os chineses estão nessa fase de euforia. Sempre falo que para mim, a China é tipo o Brasil na década de 70: fumar dá status, é melhor andar de carro do que a pé, os fast-foods invandindo todos os cantos e por aí vai… Um dia eles vão voltar atrás um pouco também. =] Beijo

      Curtir

  2. Querrida, engraçado que pensei em te falar pra comentar a obesidade, qdo vi uma foto postada (acho que o assunto era o “fashionismo” das chinesas, umas adolescentes bem rechonchudas). Fiquei surpresa de ver as garotas e lembro que pensei”nossa, minha imagem de chineses era de pessoas magérrimas!). Beijos e continue firme. To “lendo” vc sempre!

    Curtir

  3. Problema sério esse!! Aqui na Alemanha você nem imagina o tanto de coisa light, diet, integral, gluten free que existe… gosto disso, mudei bastante minha alimentação, que passou a ser mais saudável do que a que eu tinha no Brasil.

    Curtir

  4. oi!
    loucura o lance da alimentação e, pensar que aqui buscamos copiar muito da alimentação deles, por conta de ser mais equilibrada e natural! Tem décadas
    que aprendi alguma coisa da macrobiótica, que tem origem por ai, sei lá! O fato é que até hoje cuido do que como, sem praticamente nenhuma fritura, gorduras e, me alimento gostoso! eventualmente quando dá vontade, nada como um pastel de pastelaria!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!rsrsrsrsrsrsrsrsr!
    Como sempre vc atenta ao dia a dia dos costumes da China! beijo grande para vc e familia!

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s