Blog/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/Viagens/viver na China

Arquitetura Chinesa: Pagodas

No inicio eu chamava de ‘torres de casinhas’, pois realmente de longe parece um monte de casas chinesas empilhadas, mas na realidade essas torres chamam-se Pagodas. (gente, nada há ver com o ritmo brasileiro ‘pagode’. Qualquer semelhança é mera coincidência… rs).

Os Pagodas são elementos típicos da arquitetura chinesa. Dificilmente se visita uma cidade ou povoado onde não se aviste ao menos uma dessas construções. Mas a origem dessas ‘torres’ foi na Índia, com o nome de Stupa, que evoluiu arquitetonicamente até chegar ao Pagoda. Na realidade o marcante estilo chinês, logo se impôs e essas construções sempre remetem o espectador à China.

10032009622

Ao fundo Pagoda em Hangzhou.

Originalmente a Stupa era uma espécie de receptor de relíquias budistas, bem como uma espécie de túmulo simbólico. Mas ao se tornarem exclusivamente chinesas, os Pagodas passaram a ser usados de forma diferente. No inicio eram o centro dos templos, mas depois foram substituídos pelo Hall. O Feng Shui mostrou a possibilidade de Pagodas serem erguidos sem um templo, nas montanhas fora da cidade ou na frente de um rio para trazer boa sorte e evitar enchentes.

pagoda

Stupa

Há mais de 1500 anos as Pagodas são construídas em diferentes formatos e alturas variadas. Os materiais utilizados são madeira, tijolos, cerâmica, ferro, ouro ou pedra. Os Pagodas são mais altos que os originais Stupas. Eles podem ser redondos, quadrados, hexagonais ou octogonais. Geralmente possuem sete ou 13 andares, pois se acredita que os números ímpares são masculinos e auspiciosos.

Definitivamente os Pagodas são uma parte significante da cultura milenar chinesa, Possuem uma aparência maravilhosa, representam a religiosidade de alguma forma e são um grande atrativo turístico nos dias de hoje.

O primeiro edifício que forma o trio de Pudong (em Shanghai), chamado de ‘três irmãos’ (confira nesse link), representa o passado da China e foi inspirado num Pagoda.

Pagoda de beirais fechados são os mais antigos construídos no estilo chinês e, o mais importante deles é o Pagoda do Templo de Chongyuezi (província de Henan). Foi construído em 523DC e tem um valor imenso na história da arquitetura Chinesa. Construído com tijolos, mesmo depois de 1400 anos suportando toda a espécie de eventos meteorológicos, ele ainda está inteiro. Um perfeito testemunho da capacidade e do alto nível de trabalho dos construtores da época, que ninguém sabe quem foram!

closeeaved

O Pagoda em forma de torre é a construção desse tipo, mais comum na China. Geralmente nesses Pagodas os visitantes podem subir ao topo para ter uma visão panorâmica do local onde estão situados. O mais famoso Pagoda desse tipo é o Wooden Pagoda (pagoda de madeira) em Yingxian (província de Shaanxi). Foi construído em 1056 na Dinastia Liao e é o mais velho e mais alto no país.

wooden

O Dagoba é um Pagoda no estilo Tibetano, e o mais conhecido é o Dagoba Branco (White Dagoba) no Templo Miaoyingsi em Beijing. Quando o Imperador Shizu, Dinastia Yuan, unificou a China em 1260 resolveu construir esse Dagoba como símbolo que o regime Mongol possuía bênçãos divinas e manteria a nação em paz. A obra levou sete anos para ser finalizada e mostra bem que foi influenciada pelo vizinho Nepal.

beihai-park

Pagoda ‘Mãe e filhos’, é outro que quase não se vê mais, mas a obra mais importante são os Pagodas Brancos de Manfeilong (província de Yunnan), que foram construídos em 1204 AC. Trata-se de um grupo de nove Pagodas, sendo um mais alto (16 metros aproximadamente) no meio, representando a mãe e a sua volta, obedecendo à forma octogonal, os outros oito pagodas com altura de 9 metros cada. Olhando de fora eles remetem a florada da Lotus, quando suas pétalas abrem, segundo a minoria Dai.

mafeilong

Pagoda Trono de Diamantes, também não é comum. Originário da Índia, os melhores exemplos são o grupo de Pagodas do Templo Zhenjuesi em Beijing, popularmente conhecidos como Wutasi (Templo dos cinco Pagodas). São cinco pequenos Pagodas construídos em cima de uma alta e sólida base quadrada, chamada de ‘trono de diamante’. A distribuição é um no centro e os outros quatro em cada canto do ‘trono’.

fivepagoda

Floresta de Pagodas, sendo o Pagoda inicialmente um lugar onde se enterravam os monges budistas, a floresta de Pagodas provavelmente representa um cemitério budista. Uma das mais conhecidas ‘florestas’ é a que fica no Monastério Shaolin (província de Henan), com 220 Pagodas. Geralmente eles possuem entre 3 a 7 andares, e chegam a mais de 15 metros de altura. Esses Pagodas são uma valiosa fonte de informação sobre o Budismo Chinês, bem como um registro de valor incalculável da arte da escultura e da arquitetura chinesa por diferentes épocas.

shaolin

Para finalizar, deixo esse ‘corte’ do Pagode de Yingxian, para se ter uma ideia do que há lá dentro!

pagoda1

Foto da página do Guia Visual Publifolha – China

Zài Jiàn!

Anúncios

8 pensamentos sobre “Arquitetura Chinesa: Pagodas

  1. oi!
    muito legal o post! curto muito quando vc mosta arquitetura chinesa, da mai antiga, ao arrojado e moderno! finalmente aqui a temperatura está amena, agradável! beijão para vc e familia

    Curtir

  2. Christine, parabéns pelo blog!! Namoro um chinês que mora aqui no Brasil 🙂 No final do ano passado fui conhecer a China e fiquei encantada! Leio sempre seu blog e acompanho também pelo facebook. Quem sabe se um dia for morar ai já tenho alguém que possa me dar conselhos sobre como viver na China!

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s