Blog/Cenas da China real/China/Compras/Cultura Chinesa/Viagens/viver na China

Zhuji – a cidade das pérolas.

Nesta semana fui visitar Zhuji, conhecida como a capital das pérolas. É a Capital da Província de Zhejiang, fica a 200 km de Shanghai e 90 km depois de Hangzhou. São 3 horas de viagem de carro. Na realidade fomos conhecer um mercado de pérolas. Mas diferente de Suzhou, que já mostrei aqui, o maior foco desse polo é o atacado de pérolas em cordões, ou seja, um excelente lugar para quem faz joia e bijuterias.

No final o interessante para mim foi conhecer as fazendas de produção de pérolas. Claro que fomos às pequenas, que ainda aceitam os visitantes e onde todo o processo ainda é bem artesanal, com a mão de obra local e familiar.

Nessa primeira foto temos os campos onde se abrem as ostras e separam-se as pérolas em estado bruto. À primeira vista, quando fomos aproximando do local, me pareceu um ‘lixão’. Mas ao nos aproximarmos percebemos que aqueles montes eram na verdade sacos de ostras e milhares delas espalhadas pelo chão, onde os trabalhadores estavam as abrindo. Como o chinês tem por hábito usar a posição de cócoras para comer, descansar, ir ao banheiro, bater papo e até dormir (!!), o que nos parece incomodo, para eles é a mais confortável posição.

Slide2

Depois a Samantha, que é uma designer de joias e que organizou excursão, nos levou para abrir uma ostra. Eles abrem com uma espécie de facão, tiram a ‘carne’ e separam as pérolas. As pérolas que ficam encravadas nas paredes da concha serão usadas com a própria madrepérola e transformadas em lindos pendentes para colares. O tamanho das pérolas e a quantidade variam de acordo com o tempo de vida da ostra. E isso define o preço também, já que quanto mais perfeita a pérola (formato redondo, brilho, textura) mais cara ela será. Mas ainda assim, nada comparada ao valor das pérolas naturais, de água salgada.

Slide7

Na foto abaixo, temos as pérolas que foram retiradas de 2 conchas que foram abertas. E também o detalhe da parede da concha. As duas pérolas que estão na minha mão, foi a parte que me coube da divisão feita entre o grupo! E a última imagem é de uma fazenda de ostras.

Slide3

O passo seguinte foi nos dirigimos à casa da família, onde eles têm a oficina de ‘furar’ as pérolas. É um trabalho tão angustiante de ver, como o das pessoas abrindo as conchas. Imagine uma pessoa passar o dia todo colocando as pérolas na furadeira. E elas fazem com uma rapidez e precisão que chega a nos cegar. As duas chinesas da foto, são as donas do pedaço, me pareceu serem mãe e filha, mas a mais nova é que está à frente da organização (a menos ela não largava o celular e recebeu um monte de ligações enquanto estávamos lá).

Slide6

Agora uma coisa até engraçada é ver tanta pérola sendo tratada como milho numa colheita. Até os sacos que elas estão acondicionadas antes de furar, são aqueles que usamos para colocar farinha, grãos. E pensar que dali há algumas semanas, elas estarão nas vitrines de alguma joalheria, sendo vendidas a preços exorbitantes!

Próxima parada: o shopping. Bom, nem preciso dizer que o tamanho do local segue rigorosamente o padrão chinês: quilômetros e quilômetros quadrados de consumo! A foto da fachada foi tirada do meio do prédio. Sendo assim, essa dimensão se repete para o lado oposto, e como é quadrado, tem mais 3 lados de igual tamanho! =O

Slide4

Agora, não tivemos muito que comprar… rs. Até porque não tenho o dom de confeccionar joias. Todo o trabalho muito pequeno, minucioso, não combina comigo. Rs.

E para encerrar nosso passeio, encontramos um casal que confeccionava os ‘bichos’ de pérola. Também já havia visto esses objetos em Suzhou, mas aqui eu os vi fazendo. Usam uma base de isopor e vão costurando as pérolas e formando os desenhos e detalhes em cores diferentes. Sinceramente acho horrível (uiii), mas fiquei impressionada com a habilidade e com o trabalho artesanal desenvolvido por eles. Não dá para negar a ‘beleza’ que isso agrega à peça final.

Slide5

Agora, cada vez que usarmos um colar de pérolas, um brinco ou anel, vamos lembrar que até chegar às nossas mãos, elas passaram pelas mãos de muita gente, que trabalharam duro para possibilitar a realização do sonho de consumo de tantas mulheres pelo mundo afora!

Um brinde a elas! =]

*Vou postar todas  as fotos na página do site no Facebook, podem ir conferir!

Zài Jiàn!

Anúncios

15 pensamentos sobre “Zhuji – a cidade das pérolas.

  1. Pingback: Mercado das pérolas em Shanghai | China na minha vida

  2. Pingback: O que comprar na China | China na minha vida

  3. Pingback: Óculos chineses. | China na minha vida

    • Olá Deise, essa excursão que fui foi organizada por uma Designer de jóias que promove alguns cursos aqui em Shanghai e levou suas alunas. Como a conheço, e ela sabe do meu interesse em cnhecer coisas diferentes na China, me convidou. E eu nunca havia ouvido falar dessa cidade antes…=]
      Abraço e obrigada pela visita!

      Curtir

      • Ola Christine! Vc saberia me indicar algum contato para eu comprar pérolas no atacado? Estou comprando de um site chines, mas o ultimo lote que comprei dele veio so pérola muito defeituosa, descascada, não tinha como usar para nada, joguei no lixo tive um baita prejuízo, sempre comprei da mesma qualidade AA e AAA, agota to com medo de comprar com o mesmo site novamente… Ja cotei com a Jenstone aqui em São paulo mas é muito caro, preciso comprar direto da China para compenssar…

        Curtir

      • Olá Thais. Eu não tenho conhecimento de nnguém que faça esse tipo de exportação aqui da China. Mas posso me informar e se souber de algo te aviso, ok? E realmente é bem difícil comprar sem saber a procedência. Infelizmente, já ouvi algumas histórias como a sua de diversos tipos de produtos… =[
        Abraço.

        Curtir

  4. Adorei! Só conheci o mercado de pérolas de Guangzhou, que já era grande, mas nada que se comparasse a este! Mas ver a ostra aberta (nunca havia visto!) foi fenomenal. Uma dúvida, como tudo na China é aproveitado, principalmente para virar comida, essa “carne” retidada da ostra, é utilizada ou descartada? Parabens pelo blog, amei!

    Curtir

  5. Realmente os bichinhos são over…rsrsrs, mas eles curtem essas coisas!!!
    Mas vale pelo trabalho artesanal….mãos habilidosas demais.
    Qto trabalho e paciência….
    beijusssssssssssssssss

    Curtir

  6. Adorei o post, ver como as pérolas são produzidas. Mas os “bichos de pérolas”, concordo com vc, é feio e brega, prefiro pérolas em joias.

    Curtir

  7. Que lindo ver a ostra aberta é um milagre da natureza,fazer algo tão perfeito! A própria parede da ostra e linda.´Que bela experiência, como tudo aí da China. Baci

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s