Blog/Cenas da China real/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

Aprender Mandarim

Este post é uma republicação de 2010. =]

Algumas pessoas têm mandado e-mails perguntando como está meu chinês, até porque tenho colocado algumas palavras e sua tradução nos posts.

Bom, para ser bem sincera está péssimo. Poderia dizer que quase nulo.

Estou fazendo aulas desde maio, então o que realmente consigo hoje é entender algumas palavras no meio de milhões e identificar melhor a escrita em “pinyin”, que usam letras ocidentais. E com isso torna-se mais fácil a busca de uma palavra no dicionário, por exemplo. Como conheço um pouco melhor como “funciona” o idioma fica mais fácil entender e aprender.

Consigo falar pequenas frases e palavras soltas, que acabam ajudando no dia-a-dia, por que, na realidade, a língua chinesa praticamente é formada da união de palavras. Como o Ganbei do post anterior.

Mas isso não quer dizer que eles entendem o que eu falo, e aí é que começa a confusão!

O idioma é pautado em 4 tons e o neutro, que mudam completamente o sentido da palavra. Meu teclado não permite fazer esses acentos, com exceção do acento agudo (2° tom) e da crase (4° tom), mas a semelhança termina aí, no signo. Não pensem que o som é igual! Por isso, muitas vezes escrevo as palavras para vocês terem uma idéia do vocabulário, mas não consigo mostrar o tom correto.

chines

imagesCA56KOTD

Para que possam entender melhor, fica assim: xián – salgado e xiàn – linha, fora os dois outros tons que não consigo escrever. Resumindo, se não usar o tom corretíssimo, você pode falar “o arroz está muito salgado” e eles entenderem “o arroz está muito linha”. Me digam se não é para enlouquecer? Porque isso não acontece só com uma ou duas palavras… mas com TODO o vocabulário chinês.

E não para por aí, porque depois disso ainda tem as centenas de dialetos que existem nesse país. Em Shanghai eles usam o Shanghainês e quem é do norte não entende exatamente tudo o que eles falam aqui. Ufa… O governo está investindo muito para unificar a língua como mandarim, mas sabemos que todo o processo de mudanças culturais exige tempo e adaptações.

imagesCABBSE4S

Em compensação a gramática é quase nula. Se traduzirmos ao pé da letra uma frase, fica meio como “índio”!  “Wo men Huijia” – Nós voltar casa. As duas letras vermelhas são 3° e 1° tom, respectivamente.

Os verbos só têm o presente. O passado é definido através do classificador “Le”: zhù – desejar / zhù Le – desejei. Só que nem todos usam essas pequenas regras e às vezes eles mesmos se atrapalham.

Existem milhões de curiosidades sobre essa língua que, como seu povo, é diferente de tudo que conhecemos. Mas acho que já dei trabalho demais para meus leitores num domingo!

Na real, de tudo o que aprendi a frase que mais uso ainda é: “wo ting bú dong” – Eu não entendo!  E depois que falo eles morrem de rir.

E vamos em frente que atrás vem gente, e aqui na China é muita gente!

Até…

Anúncios

6 pensamentos sobre “Aprender Mandarim

  1. Pingback: ‘Causos’ reais de quem vive na China com o mandarim | China na minha vida

  2. Pingback: China – Estudar Mandarim

  3. oi!
    hoje, está um calor arrazador! Demais!
    ……………..pela data do texto, com certeza hoje vc já se sai bem melhor e,
    por outras postagens recentes!
    Voce com certeza vai dominar e, o que já disse noutro comentário, vai falar, ler e
    escrever com pincel!
    ……………………………….nunca deixe essa perseverança acabar!
    …………….Beijo grande para vc e familia!

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s