Blog/Cenas da China real/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/Dicas de Shanghai/Palestras e Assessoria intercultural/Viagens/viver na China

Jinxi – mais uma cidade da Veneza Chinesa

Aqui próximo há Shanghai, existem muitas cidadezinhas recortadas por canais, onde a maior das atrações é cruzar essas águas dentro de gôndolas chinesas.

Já visitei várias delas, mas na semana passada fomos até Jinxi. Está localizada na província de Jiangsu, entre Shanghai e Suzhou. E apesar de ser mais uma `cidade das águas`, Jinxi tem seu estilo único.

Em comparação com a atmosfera comercial das outras cidades da Veneza chinesa, ela ainda não foi descoberta pelas grandes massas de turistas e acaba sendo um local pitoresco, silencioso e cheio de belas paisagens para se apreciar, seja de dentro das gôndolas ou andando pelas suas vielas.

Jinxi é uma cidade antiga com uma história de mais de mil anos. Ainda existem muitos edifícios que foram construídos nas dinastias Ming (1836-1644) ou Qing (1644-1911).

Muitos poetas antigos vieram aqui e compuseram suas poesias e poemas depois de verem a pitoresca cidadezinha.

Infelizmente não vimos tudo que a cidade tem para mostrar, por isso já estou programando uma volta num dia de sol. Estava chovendo quando fomos, e o passeio até Jinxi foi a segunda atividade do dia, já que o objetivo da excursão era de apreciarmos a florada das cerejeiras num parque em Suzhou. O parque era lindo, mas no final, a chuva atrapalhou e o inverno que não acaba nunca nesse ano, não nos deixou ver o verdadeiro espetáculo que é essa florada.

WechatIMG157O que nos confortou foi que, mesmo com pouco tempo, conhecer Jinxi foi o ponto alto do nosso passeio.

Atrações de Jinxi

Pontes

Como é uma cidade cortada por canais, as pontes são as principais atrações por aqui, além de serem parte essencial do cotidiano de seus moradores. São 36 pontes, sendo que 26 são no antigo distrito da cidade de Jinxi, dentro de uma área de 1 quilômetro quadrado. No final essa cidade tem mais pontes do que Suzhou, a cidade de canais mais famosa na China.

A ponte mais famosa é a Taiping Bridge, que está localizada no oeste da cidade, foi construído em 1552. As pessoas podem desfrutar da maioria dos chamados `8 cenários de Jinxi` dessa ponte. Entre os locais há o costume de atravessar a ponte quando há um casamento ou um funeral, com o objetivo de ganhar uma vida tranquila e boa saúde.

Eu não percebi essa ponte quando chegamos para pegar as gôndolas e, depois de muito andar pela cidade, literalmente na curva para irmos embora, me deparei com essa ponte. Sabe aquela sensação de perder a respiração, de não conseguir se mover ao apreciar tanta beleza? Foi assim que fiquei, e as fotos tentam reproduzir um pouco do que vi.

As demais pontes foram construídas durante as Dinastias Yuan (1271-1368), Ming (1368-1644) e Song (960-1279), entre outras.

Museus

Há vários museus na cidade, muitos são particulares, como o Pottery and Porcelain Museum (que não valeu a pena a visita), Red Porcelain Museum, Zhangsheng Art Gallery, Root Carving Museum e Wonder Stone Museum, Ancient Tile Museum.

Claro que é impossível visitar todos, mas o museu das telhas antigas (Ancient Tile Museum), foi muito interessante, até porque adoro os telhados chineses! É o único Museu do Azulejo antigo na China. Existem mais de 2.300 itens com alto valor histórico e artístico que cobrem 5.000 anos da historia chinesa.

Túmulo de Concubina Chen

Esse local nós não visitamos, mas depois de ler sobre a lenda, aumentou mais minha curiosidade para voltar a cidade e ver o que não foi visto.

Jinxi tem uma longa história. Foi chamada de Chenmu por mais de 800 anos. O motivo desse nome vem da remota Dinastia Song do Sul (1127-1279): para se esconder do ataque de um inimigo, o imperador Xiaozong com sua concubina Chen, fugiram e, no caminho, passaram pela cidade. A Concubina Chen se encantou com a beleza de Jinxi e não quis ir embora dali.

Infelizmente, Chen adoeceu e faleceu e o Imperador enterrou seu corpo no Lago Wubao. Ele também ordenou que o nome Jinxi fosse mudado para Chenmu em memória de sua amante. Dizem que o túmulo nunca foi submerso, mesmo quando toda a cidade estava inundada.

Somente em 1993 que a cidade recuperou o seu nome original – Jinxi.

Aí vem a pergunta que não quer calar: como não nos levaram para ver isso?

O lado bom, é que tenho motivos de sobra para voltar!

E, resumindo nossa visita, o grande atrativo dessa cidade é caminhar pelas ruelas, pontes; prestar atenção nas pessoas, nos cantinhos e becos, nas lojinhas que vendem as coisas mais inusitadas. Apreciar a comida local (mesmo que não tenha coragem de comer) e se deliciar com a beleza natural desse lugar.

Vamos continuar descobrindo a China e seus encantos…

Zài Jián!

9 pensamentos sobre “Jinxi – mais uma cidade da Veneza Chinesa

  1. Olá Christine! Vou fazer uma viagem e passarei 1 dia em Xangai em uma conexão. Pesquisando sobre a cidade, cheguei até seu o seu blog! Parabéns pelo seu trabalho! Ele é lindo assim como as fotografias!
    Em uma das suas postagens, li informações que diziam que na China não conseguimos utilizar a maioria dos nossos apps, como Google e Google maps. Isso acontece somente em Xangai ou em toda China? Pergunto isso pois em novembro de 2016, tb tive uma breve passagem por Pequim e utilizei os apps do Google de forma normal! Sem precisar instalar app adicional de VPN. Estou um tanto quanto preocupada por não saber se conseguirei andar em Xangai como fiz em Pequim por conta dessa restrição da internet. Se puder me responder sobre o assunto, agradeço profundamente.

    • Olá Daniela,
      Sim, aqui na China inteira o Google é bloqueado. Se vc usou talvez foi porque a rede que estava utilizando já tivesse VPN instalado no roteador.
      Hoje em dia o Google translator está liberado, mas o mapa e email como o Gmail, somente com VPN.
      Tem alguns que são gratuitos como o Betternet, ajudam bastante.
      Como tenho Iphone, uso o Maps do IOS sem problemas, e para pesquisa use o BING ao inves do Google.

      Obrigada pela visita e o comentário ao Blog. Muito bom receber um feedback !

      Boa viagem!

      • Entendi! Muito obrigada pelas dicas e pela atenção, Christine! Mal posso esperar para ver pessoalmente algumas das maravilhas que seu blog sempre traz! Gratidão! 🙂

  2. Ja está no meu caderninho de lugares que quero conhecer, estou pensando em aproveitar o feriadão para ir na Veneza Chinesa. 😍
    Cris, consigo ir de metrô ou ônibus?

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.