Cenas da China real/China/Cultura Chinesa/Viagens/viver na China

Massagem chinesa com cegos

Fazer massagem aqui na China é algo quase que obrigatório. Tipo ir a Roma e não ver o Papa, como diz o ditado popular, é inconcebível.

E aí há vários tipos de massagem, objetivos, técnicas, locais e… preços. Mas sobre esse mundo à parte das massagens chinesas falo em um outro momento.

Hoje quero contar à respeito das clínicas de massagem onde as mesmas são feitas por cegos. Conhecidas pelos estrangeiros como ‘blind massage’ e em mandarim ‘Mángrén ànmó’盲人按摩.

Além da minha experiência nesses locais, não encontrei muita coisa como referência na net. Mas um artigo antigo do ‘China Daily’, jornal de circulação em língua inglesa, encontrei uma matéria de 2003, onde o título era: ‘Massagem dá a esperança para Cegos’.

E lendo o artigo completo, que relata depoimentos de cegos que se integraram na sociedade através do curso de massoterapia, arrumaram um emprego digno e hoje, tem orgulho do que fazem, chega até a emocionar.

Resumindo as informações que li, a proposta de integrar os cegos na sociedade através da profissão de massagista, surgiu com uma campanha iniciada pela Federação Chinesa de Pessoas com Deficiência.

A massagem terapêutica é utilizada como uma forma de tratamento na medicina tradicional chinesa desde os tempos antigos. Esse projeto começou no final de 1997, e cada vez mais sendo comum encontrar  massagistas cegos treinados em institutos especiais para trabalhar em hospitais, clínicas e hotéis.

blindmassage1

Foot massage ou massagem nos pés.

‘O projeto nacional tem por objetivo despertar um mercado saudável para a massagem por cegos através da criação de um sistema que envolve formação, exames de qualificação profissional, registro de clínicas e preferências fiscais, de acordo com Wang Tiecheng, diretor do Centro de Instrução de Pequim para Massagem por Cegos.’ (tradução literal).

Em 2013 já existiam mais de 40.000 massagistas cegos profissionalmente qualificados em toda a China. Desde 2002, 217 clínicas de massagem feitas por pessoas cegas foram registrados em Beijing, empregando mais de 1.000 massagistas cegos.

O curso é aberto a pessoas cegas entre as idades de 16 e 59 anos, em centros de formação locais. Há quatro níveis profissionais diferentes para classificar massagistas cegos – júnior, intermediário, sênior e master.

Ganhar a vida e respeito da sociedade

Num depoimento de um dos massagistas, ele diz que: “O que é muito encorajador é que nós podemos trazer a saúde, conforto e relaxamento para as pessoas, apesar de ser cego.”

Para quem conhece a China, sabe que a vida do deficiente aqui não é fácil, seja qual for o tipo de deficiência. E essa profissão acabou se tornando referência para os cegos e tornando-os especialistas numa atividade onde o tato, a sensibilidade de perceber o corpo do paciente é fundamental.

E os cegos fazem isso muito bem. No Brasil, há muitos anos atrás, tive uma massagista cega. Na realidade ela e seu marido, também cego, eram donos de uma clinica no canal 3, em Santos. Até hoje me lembro da capacidade dela de ‘sentir’ o que estávamos vivendo só pelo toque, pelos movimentos, pelo tom de voz. Quando as clientes abriam a porta, pela maneira como andavam ou agiam, ela sabia quem era. Sempre foi algo que me fascinou essa capacidade.

Fazendo massagem com cegos

Logo que cheguei em Shanghai, minhas vizinhas me levaram para conhecer uma clinica, próxima ao Carrefour em Gubei. Diferente dos tantos ‘SPAs’ que já visitei na China, essa não tinha nada de glamour, ambiente zen ou coisa que o valha. Mas os preços são infinitamente mais baixos, e no final o que precisamos é da massagem… Os locais são simples, limpos e coletivos.

Quando você chega, eles perguntam que tipo de massagem quer: corpo inteiro ou foot massage (massagem nos pés), a minha preferida. Esse tipo ainda inclui uma massagem no ombro e braços, que é feita no inicio do processo e te ajuda a relaxar.

Depois são 90 minutos de relax. E eles, sem enxergar e muito menos falar nossa língua, conseguem saber exatamente onde temos algum ‘problema’. Mais de uma vez, já vi o massagista, chamar a moça da recepção (que geralmente fala um inglês muito básico), quando o paciente é estrangeiro, para pedir a ela que diga o que ele está sentindo pelo toque.

blindmassage

Primeiro ombros e costas, enquanto seu pés estão mergulhados numa tina de água quente. Depois senta-se na poltrona a frente e inicia a massagem.

Por exemplo, se toca um ponto do fígado, e o paciente manifesta desconforto ou dor, ele tenta massagear o ponto para  aliviar o sintoma.

O princípio das massagens chinesas, são os mesmos da acupuntura. E durante o processo, os massagistas pressionam os pontos chaves. Isso ocorre em clinicas de massagistas cegos ou não. Só acho que os cegos, como já disse acima, tem uma sensibilidade maior para perceber as coisas.

Mas, de modo geral, a massagem vale à pena.

Para quem conhece um SPA, com meia luz, musica zen, silêncio absoluto, pode estranhar o ‘clima de festa’ dessas clinicas: janelas abertas, as poltrona lado a lado, os próprios massagistas conversando entre si. Mas mesmo assim vale à pena.

A clinica que conheço é essa em Gubei. Mas existem muitas outras espalhadas por Shanghai, e pela China!

Se estiver por aqui, não deixe de experimentar.

Zài Jiàn!

Anúncios

11 pensamentos sobre “Massagem chinesa com cegos

  1. Eu também fiz essa massagem com estas pessoas especiais!!! São seres humanos extraordinários! Uma experiência incrível é imperdível em Shanghai! Um beijo Christine adoro seu blog, face e posts!

    Curtir

  2. Adorei mais essa experiência da China… embora tenha sentido muita dor em alguns pontos (e agradeço o massagista não ter chamado a recepcionista para me alertar de algum problema mais sério… rsrsrsrs), o relaxamento e alívio pós massagem são extremamente bem vindos, ainda mais depois de tanto andar pelos caminhos chineses!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Gostei muito…mas nós aqui já tivemos realmente o prazer de ficarmos relaxadas com essas pessoas citadas, vc por pouco tempo, eu por anos.
    Tb sempre me impressionava com a capacidade deles de distinguir os inúmeros clientes até pelo andar e o interessante q as vzs pegavam algumas particularidades deles pelo nome…isso presenciei inúmeras vzs,
    Nunca mais encontrei massagistas tão especiais como eles e já se vao quase 30 anos.
    Bjs

    Curtir

  4. oi!
    bom dia por aqui!
    com certeza vc deve ter visto o noticiário e, estamos com os
    chineses por aqui e, espero que aconteçam as parcerias, principalmente a
    estrada de ferro atlantico – pacifico…………..seria fantástico toda a tecnoligia que existe por ai, dar um injeção por aqui!
    maravilhosa a matéria e a interação com os cegos é algo par nunca mais se esquecer!
    tive uma professora de ingles cega! ela só não escrevia na louza, no mais simplesmente excelente, dna yolanda ascencio, isso em são caetano do sul. infelismente já é falecida!
    ………………..beijo grande para vc e familia!

    Curtido por 1 pessoa

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s