Blog/Cenas da China real/China/Curiosidades/viver na China

Trânsito chinês: o caos organizado!

O trânsito na China, é um capítulo à parte. Mais uma vez, para nós, a lógica não existe e os mais desavisados quando chegam aqui, acham que vão ser atropelados a cada passo que dão. Isso na calçada, pois atravessar a rua é outro desafio, que só a prática diária te dá confiança de fazer sem medo (ou com um sentimento de pânico menor…rs).

Já escrevi alguma coisa sobre isso no passado, mas sempre há o que contar, um fato a esclarecer ou uma aventura vivida no meio do caos que é chamado de tráfego de veículos na China.

Calçada

Esqueça o que você entende por segurança de andar a pé nas calçadas. Na realidade pouca diferença faz se você andar pela calçada ou pela rua. Em alguns locais acho que é até mais seguro andar na rua.

Aí você pode estar se perguntando: Mas os carros trafegam na calçada? Às vezes sim, mas sinceramente eu via isso acontecer mais no interior. Aqui em Shanghai é menos comum esse tipo de coisa.

Então qual é o perigo? As bicicletas e scooters.

248136_369767386416006_1796059169_n

Ela também quer atravessar na faixa! =]

Ninguém tem noção do que é isso até vir para cá. Elas andam por todos os lados, parecem enxames de abelhas que foram cutucadas e saem em disparada, derrubando tudo e todos. E nada as detém: é o dedo no botão da buzina e saia da frente quem tem juízo e amor à vida. As scooters elétricas são outro pavor, pois tem mais velocidade e são silenciosas. Impossível se desviar pelo barulho, que não existe.

E você pensa que o chinês se incomoda? De jeito nenhum. Pulam para o lado e continuam a caminhada. E se você não sai da frente, além de ser atropelado, ainda é xingado pelo motorista, afinal você estava atrapalhando o caminho dele na calçada de… pedestres! Mero detalhe.

Faixa de Segurança

Aqui tem a função decorativa. Não pense que algum carro vai te respeitar só porque você está atravessando a rua com o sinal de pedestres aberto (sim, parece uma incoerência, mas eles existem aos montes), andando em cima da tal faixa listrada.

Primeiro, porque aqui, mesmo com o semáforo fechado para o motorista, se ele vai virar a direita, não precisa parar. Então eles não param, mesmo com 100 pessoas tentando atravessar a rua. Ou param (se tem um guarda) no meio da faixa e os pedestres que se virem.

TATINACHINA 531

Ops… para onde vou?

Reconheço que o governo tem feito bastante esforço e ações educativas para educar as pessoas a respeitar o sinal de pedestres, usar a faixa de segurança etc. Mas ainda está longe disso obter o resultado satisfatório, pois eles não conseguem cobrir tudo. Isso existe só nos pontos críticos, que para nosso olhar poderiam ser todas as esquinas da China. Mas aqui o senso de necessidade e perigo é outro… Então, vamos esperar a consciência coletiva despertar no povo chinês.

Atravessar a rua

Essa é a tarefa mais perigosa de se fazer na China. Primeiro pelo que comentei acima sobre a faixa de segurança. Segundo que nem todos os locais tem as faixas e, mesmo que tenha elas não são respeitadas, se não há o guarda ou então as grades na beira das calçadas e no meio das grandes avenidas. Se bem que no Brasil, ao menos onde eu vivia também era mais ou menos assim, essa coisa de ter que impedir fisicamente o cidadão para que a regra seja respeitada. Bom, mas esse não é o foco do artigo…rs

IMG_1680

Atravessar as ruas. Sempre uma emoção…

Eu tenho a minha teoria, minha técnica para atravessar a rua em segurança. Meu marido diz que sou louca, sangue frio e kamikase… Mas já comprovei isso e falando com alguns chineses, eles mesmo riram e me deram razão.

Mas como é isso?

Vocês sabe que aqui vivem milhões de pessoas, tem outros milhões de bicicletas e scooters e mais outros milhões de carros trafegando pelas ruas… então é um tumulto só e cada um tem que usar as armas que pode.

No inicio da minha vida na China, fui atropelada por uma bicicleta ao tentar atravessar a rua. Fiquei esperta e decidi que grandes ruas movimentadas só atravessaria enroscada no meio de um monte de chineses. Coisa fácil. É só parar na beira da calçada que em um minuto tem mais dezenas de pessoas ao seu lado. Aí você dá uns passinho para o centro do grupo e quando eles começam a andar você vai junto, até alcançar a outra calçada e poder sair do tumulto.

Mas nem sempre isso é possível, pois tem ruas que nem são tão movimentadas assim, ou que justamente na hora que você quer atravessar, não tem muita gente para ser solidária ao laowai (estrangeiro). Aí comecei a observar a reação dos pedestres e dos motoristas. E, para meu espanto, percebi que quanto mais você chama a atenção do motorista para tentar atravessar, com mais certeza ele vai em sua direção para não te deixar passar…

Já os pedestres, quanto mais atenção tem para atravessar a rua, mais confusos ficam. Os que se dão bem, são os que não olham, e vão em frente. Isso mesmo… Decide que vai e vai sem hesitar…

Entenderam porque meu marido me chama de louca?

Mas o negócio é que isso funciona. Tem que parar na calçada e analisar a situação. Se você percebe que tem uma brecha para atravessar, mas tem carro vindo, ponha o pé na rua, olhe para o lado oposto (os chineses costumam usar o celular digitando algo enquanto atravessam) e vá em frente. Sem titubear.

Quando o motorista percebe que você não está olhando ele pára, gente! É meio doido, mas real. Se ele vê que você está atravessando, meio hesitante e olhando para o carro, ele não para. Toca em frente e você fica perdido no meio da confusão.

Vejam bem: não estou aconselhando ninguém a fazer o que faço, mas que é assim que atravesso as ruas, isso é.

Caso contrário, para cada rua que você for atravessar vai levar uns 15 minutos…rs

Mas viver na China é assim. Uma aventura a cada esquina, uma surpresa a cada dia. A rotina aqui é meio fora dos padrões para quem quer se aventurar.

gabriel peixoto1

Uma panorâmica das ruas de Shanghai. Foto do Gabriel Peixoto.

E no final eu adoro tudo isso. È uma questão de se acostumar e se adaptar às situações cotidianas, não é mesmo?

No Brasil temos que aprender a lidar com as balas perdidas, os assaltos à mão armada… até que lidar com o trânsito maluco da China não é tão mal assim. =[

E aí? Teriam coragem de me acompanhar numa caminhada por Shanghai?

Zái Jiàn!

Anúncios

17 pensamentos sobre “Trânsito chinês: o caos organizado!

  1. Chorando de rir aqui!!! Lembrando de suas recomendações quando chegamos à China e comentamos sobre o caos do trânsito… e não é que vc estava certa o tempo todo? A técnica “kamikaze” acaba sendo a mais adequada (se eu fingir que não os vejo, eles terão que me ver e parar!). Ao menos, saímos todos vivos da China, mesmo após atravessar muitas ruas… kkkkkk

    Curtir

  2. Pingback: O trânsito na China - Blog CEABS Serviços

  3. hahah só de ler o título já comecei a rir! Eu morei em Shenzhen e acho que lá o trânsito era um pouquinho mais tranquilo do que em Shanghai. Os motoristas até que respeitavam bastante o sinal, o problema é que em uma esquina tinham vários sinais e uns abriam enquanto os outros fechavam. O resultado é que, mesmo com o verdinho dos pedestres, havia o verdinho para carros vindo do outro lado também 😦
    E aquelas e-bikes andando na calçada e buzinando alucinadamente… Aahh, isso me da raiva só de lembrar haha!
    Mas como vc disse, no final sempre dá tudo certo! China e suas loucuras ❤

    Curtido por 1 pessoa

  4. Pingback: O Trânsito chinês Ilustrado | China na minha vida

  5. Kkk! Adorei a técnica de atravessar embolada nos chineses, é tipo uma gaiola de proteção 😄. Lembro que esse caos no trânsito me chamou muito a atenção quando estivemos aí. Achei que eles buzinavam muito também. Mas, engraçado, tive a impressão que, no fim das contas, se entendiam bem. Vai ver que é porque cada um desenvolve sua técnica pra encarar a situação, como a tua kamikase.. Hahaha! Beijos, Chris 😙💋

    Curtir

  6. Oi Chris!!..Eu vou fazer igualzinho como vc mencionou, quando eu for atravessar as ruas chinesas, mas com uma diferença: Vou virar um corisco ao atravessar…kkkkkkk..
    Frente as balas perdida e assaltos à mão armada, atravessar as ruas chinesas passa a ser até divertido..Minhas malas já estão prontas…. Vc já começou a fazer as suas para o Brasil?Abraços para vc e família.
    Obs: Como faço para colocar minha foto aqui?? Tentei , mas não descobri como fazer isso..

    Curtir

    • hahaha Izabel você tem toda a razão… qtos dias vai ficar? Pq depois de um tempo vc se especializa! hahaha. Mas no começo sugiro entrar no bolo de chineses…hahaha. Ainda não. Vou começar ver isso semana que vem! E não lembro… preciso dar um olhada nas configurações para colocar foto! rs
      Beijo

      Curtir

      • Oi Chris! Somente 16 dias ..Mas se eu gostar eu vou voltar. Uma vez uma amigo me disse que os chineses do campo passam por muitas dificuldades… Tenho um dinheiro que ganhei em um inventário ( não faz parte do meu orçamento) e então penso em fazer algum trabalho voluntário utilizando este dinheiro e aproveitar para aprender o mandarim.. Bjs pra vcs!

        Curtir

  7. oi! bom dia por aqui! ainda muito calor, nada de chuva…………..
    realmente, é analisar, buscar entender e mandar ver! observar o comportamento das pessoas e assim aprendemos! de qualquer manira não bobeia, por favor! por aqui, sair na rua já dá medo, insegurança………….sempre escrevendo gostoso! beijo grande para vc e familha

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s