Blog/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/Viagens

Patrimônios da Humanidade na China – UNESCO 5

E vamos para mais 4 locais maravilhosos que a China possui e são considerados patrimônios da humanidade pela UNESCO.

Cada vez que paro para buscar as fotos nos álbuns da Ana Cristina, mais maravilhada fico. Nos de hoje, o que mais me chamou a atenção foi a cidade de Ping Yao. Talvez porque ela tenha todos os ícones que mais me encantam na China.

De verdade, minha vontade era de pegar o primeiro trem com o destino Ping Yao que eu encontrasse… Mas infelizmente não será possível hoje. =]

Mas ainda temos muitas maravilhas para ver aqui. Por mais algumas semanas vocês continuarão recebendo essas dicas e ai podem se animar para fazer o roteiro na China.

Espero que estejam gostando e, como eu, se surpreendendo a cada descoberta!

Lembrem que há muito mais fotos na página do blog no Facebook, confiram!

Temple and Cemetery of Confucius, e the Kong Family Mansion

O templo, cemitério e mansão da família do grande filósofo, político e educador Confúcio, está localizado na cidade de Qufu da província de Shandong.

Destruído e reconstruído ao longo dos séculos, o templo erguido em sua memória no ano de 478 AC , tem hoje mais de cem edifícios. O cemitério contém o túmulo do filósofo e os restos de mais de 100.000 de seus descendentes.

A casa primitiva da família Kong se converteu com o decorrer do tempo em uma mansão aristocrática de enormes proporções, das quais restam 152 edifícios. Os monumentos de Qufu mantiveram seu caráter artístico e histórico único, devido à devoção dos sucessivos imperadores que detinham o poder na China há mais de dois milênios.

Foi declarado Patrimônio Mundial da UNESCO em 1994.

1146744_627244980642489_121166102_n

995788_627244923975828_885516106_n

526451_627244943975826_763865863_n

 

Mount Emei Scenic Area, incluindo Leshan Giant Buddha Scenic Area

O Monte Emei é uma montanha em Sichuan, China. É a mais alta das montanhas sagradas budistas. Foi declarado Patrimônio Mundial da UNESCO em 1996.

O Monte Emei também é notável pela vegetação muito diversificada, variando de florestas sub-tropicais a sub-alpinas. Algumas das árvores têm mais de mil anos de idade. O primeiro templo budista da China foi construído no século I, sobre o Monte Emei. A adição de outros templos transformou o local num dos principais lugares santos do Budismo.

A estátua do Buda gigante foi construída na dinastia Tang. Inicialmente, um monge, chamado Haitong, que visitava a província de Sichuan, decidiu construir a estátua para evitar as cheias dos rios. É a maior estátua de Buda do mundo, com 71 metros de altura.

Haitong passou a pedir esmola em todo o país para conseguir construir o Buda. Quando voltou à montanha, ele foi extorquido por um funcionário local e depois de construir a cabeça da estátua, o monge morreu. Com os esforços das duas gerações, depois de mais ou menos 90 anos, a construção do ídolo finalmente terminou.

1098422_628207583879562_1507303616_n

1009523_628207477212906_1362173245_o

920907_628207617212892_37312719_o

543426_628207567212897_628420352_n

Lushan National Park

Lushan ou Monte Lu é um dos centros espirituais da civilização chinesa. — in Jiujiang, Jiangxi.

Templos budistas e taoístas, junto com marcos do Confucionismo onde os mestres mais eminentes ensinaram, misturam-se numa paisagem notavelmente bela, que inspirou artistas, que desenvolveram a aproximação estética com a natureza encontrada na cultura chinesa. Situa-se a sul da cidade de Jiujiang, em Jiangxi, perto do lago Poyang. O seu ponto mais alto é o Pico Dahanyang. Foi declarado Patrimônio Mundial da Unesco em 1996.

1174574_628919163808404_578392336_n

1097013_628919110475076_1070747456_o

1093940_628919250475062_1579845442_o

995965_628919137141740_1592567016_n

 

Ancient City of Ping Yao

Pingyao é um condado da província de Shanxi, da República Popular da China. Fica a cerca de 720 quilômetros de Pequim e 80 km da capital provincial, Taiyuan. Durante a Dinastia Qing, Pingyao foi um centro financeiro da China. Sua história remonta há 2.700 anos, e é conhecida como uma das cidades antigas melhores preservadas em todo o mundo. Ele ainda possui 50 mil habitantes e é conhecida pela sua muralha da cidade antiga também bem preservada, além disso, é um Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1997.

Pingyao ainda mantém seu layout de cidade das dinastias Ming e Qing, em conformidade com um padrão típico Bagua. Mais de 300 locais em, ou perto da cidade, tem ruínas antigas. O condado tem um número próximo de 4.000 residências preservadas no estilo Ming e Qing. As ruas e lojas, ainda em grande parte, conservam sua aparência histórica.

As muralhas da cidade de Pingyao foram construídas no terceiro ano de império de Hongwu (1370). As paredes têm seis portões. Os lados norte e sul tem um portão cada um. Os lados leste e oeste têm duas portas cada. Este padrão é semelhante ao de uma tartaruga (a cabeça, a cauda e quatro patas), por isso Pingyao ganhou o apelido de “Cidade Tartaruga” (tourtle city).

As paredes medem cerca de 12 metros de altura, com um perímetro de 6.000 metros. . Além das quatro torres estruturadas nos quatro cantos, há também 72 torres e mais de 3.000 ameias. Em 2004, parte das paredes do Sul entraram em colapso, mas foram reconstruídas. No entanto, o resto das muralhas da cidade ainda está em grande parte intacta e são consideradas entre as muralhas mais bem preservadas. Isso faz com que as paredes da cidade sejam peça central do Patrimônio.

Desde 2007, a organização sem fins lucrativos ‘Global Heritage Foundation’ (GHF) tem trabalhado com o Governo de Pingyao para proteger a cidade contra vários problemas, tais como turismo em massa e desenvolvimento descontrolado. O objetivo declarado pela GHF para o projeto é a de melhor preservar a herança cultural de Pingyao em abordagens mais abrangentes e sistemáticas, como parte de um programa integrado de planejamento, conservação e desenvolvimento, preservando a arquitetura vernacular, revitalizando e estimulando as artes tradicionais e estabelecendo zonas históricas especiais.

10873_629709623729358_2144918139_n

13560_629709540396033_63721580_n

582293_629710350395952_336232866_n

1185337_629709763729344_1035788423_n

Semana que vem tem mais!

Zài Jiàn!

ET: para não dizer que não avisei: o sorteio do calendário irá acontecer dia 30 às 9:00 (horário do Brasil) e 22:00 (horário da China). Vou gravar e coloco na página do blog no Facebook, alé de tentar colocar o vídeo aqui no blog.

Quem ainda não deixou seu comentário corre nesse link e deixe um ‘olá’! =]

Anúncios

7 pensamentos sobre “Patrimônios da Humanidade na China – UNESCO 5

  1. Pingback: Visitando o Leshan Giant Buddha – China | China na minha vida

  2. Pingback: Chengdu – China: além dos pandas… |

  3. Pingback: As Montanhas Sagradas da China | China na minha vida

  4. Pingback: Confúcio – um marco na história da China | China na minha vida

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s