Blog/Cenas da China real/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

Arte chinesa de escrever e pintar

Minhas aulas de mandarim estão indo bem. Bem…estão indo! Rs

A primeira semana foi puxada, mas com eu já conhecia a maioria das palavras e estruturas de frase apresentadas deu para me sentir super empolgada. Na segunda semana, apesar de eu também já conhecer muito do vocabulário apresentado, foi bem mais complicado. Porque uma coisa é você saber vocabulário, palavras isoladas, e outra é você juntar tudo isso em frases que representam um diálogo. Com o ‘plus’ de que ‘yuán’, ‘yuàn’, ’yuān’, e mais algumas dezenas de ‘yuans’ escritos em pinyìn da mesma forma, mas em caractere de forma completamente diferente, significam coisas completamente diferentes (desculpa a redundância, mas não consegui pensar em uma maneira melhor de explicar o inexplicável…), que vão desde jardim a injustiça! Simples assim!

Como diz o velho chavão: somos brasileiros e não desistimos nunca! Digo isso no plural, porque não estou sozinha nessa aventura. Consegui convencer a Júlia, uma brasileira que chegou aqui há poucos meses, mas que através do blog, já tínhamos contato há um bom tempo. Tá vendo o que dá ser uma seguidora fiel e vir morar na China? Rs… já está vivendo sua primeira aventura na China real!

Mas nem tudo é dificuldade nessa aventura. Também temos algumas atividades extraclasses durante a semana. Primeiro foi uma palestra sobre Shanghai, um pouco da história e os principais pontos turísticos. Somos somente 3 ou 4 alunos que vivemos em Shanghai. A maioria vem especificamente para esse curso. Ficam alojados na universidade e para muitos esta é a primeira vez que visitam a cidade. Na nossa turma têm coreanos (a maioria), franceses, alemães, israelita, mexicano, sudaneses, americano.

A segunda atividade foi sobre a história dos caracteres, sua evolução e significados (que eu escrevi no último post).

Na semana passada foram dois: o de caracteres chineses e o de pintura chinesa.

A base dos dois é o papel arroz, pincel e nanquim. Confesso que foi divertido, mas isso é mais um workshop no estilo chinês de ser: copie o que faço. Não há muita técnica nem um passo a passo de cada etapa do trabalho. Até porque a professora fala duas ou três palavras em inglês e depende de um aluno mais avançado para traduzir tudo.

O de caracteres foi mais fácil por conta do tal workshop que falei acima. Mal ou bem, sabíamos que existem traços básicos para a construção de cada ‘desenho’ e também a ordem de como eles são construídos. Isso ajudou muito e os resultados nem foram tão catastróficos! =O Ao menos meu motorista conseguiu ler, pois quando falo uma frase que aprendi na aula, nem sempre ele me entende por causa dos tons…rs

Slide4

MAterial preparado!

Slide3a

Primeiras pinceladas… o caos! Na terceira tentativa já estava aceitável!

Slide5

China e Brasil. A primeira foto com a caligrafia da professora. A segunda com a minha, claro….
Meu nome (escrito pela laoshi!) e a frase pronta (por mim… acho que ninguém notou a diferença, por isso esclareço…hehehe). ‘China e Brasil – 100 anos de amizade’ (gente não tenho mais certeza se foi isso mesmo que estava escrito, e meu conhecimento de caracteres ainda está limitado no básico!)

 

Slide3

A professora escreveu o nome chinês de todos os alunos. O meu se fala KèLìSiTing… ok! =]

Slide6

Exposição dos trabalhos e a foto da turma!

A aula de pintura já foi bem mais frustrante. Primeiro porque sou um zero a esquerda no quesito tinta, desenho e pincel. Segundo que para quem havia vivenciado a primeira experiência com nanquim há dois dias, quem disse que eu controlava força, quantidade de tinta, espaço e dimensões? Até tentei uma ‘arte abstrata’ mas não colou. Quando a ‘Lǎoshī’ bateu o olho na minha ‘obra’ veio correndo com outra folha em branco e tirou a primeira da frente dos seus olhos.rs

Bem ai está o resultado!

Slide7

Material à postos, Laoshi se preparando.
Minha tentativa criativa abstrata.
Iniciando trabalho de acordo com as instruções…

Slide8

Um trabalho coletivo: cada um deu uma pincelada…
E depois o resultado final com a interferência da Laoshi!

 

Slide9

Laoshi pintando para os alunos copiarem.
Minha obra e a da Julia finalizadas. Aceitamos encomendas….hehehe

 

Slide10

Exposição final e a tradicional foto da Turma!

E vamos as aventuras da terceira semana de mandarim intensivo!

Zài Jiàn!

E não esqueçam… a página do Facebook continua cheia de novidades! =]

 

Anúncios

4 pensamentos sobre “Arte chinesa de escrever e pintar

  1. Pingback: Foto para comprovar o quanto é simples o Mandarim! =] | China na minha vida

  2. oi!
    deliciiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! Muito bom te ver de pincel na mão!
    Tenho certeza que vc vai dominar a escrita com o pincel! É um bopm exercício de relachamento. co0ncentração, equilibrio, controle de fôrça do braço , da mão e dos dedos
    pois a tinta está só na ponta do pincel e, dependendo da pressão e movimento vc vai deixando mais fina, mais grossa…..
    tenho muita vontade de voltar a fazer as minhas aguadas com nanquin!
    Muito orgulhoso de voce, da sua persitência e dedicação!
    Beijo grande para vc e familia!……….E. MONACO

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s