Blog/China/Cultura Chinesa/viver na China

Artes Marciais

A China tem uma longa história de tradições marciais, que inclui centenas de estilos diferentes, cada um com seu próprio conjunto de técnicas e idéias. Há temas comuns aos diferentes estilos, que muitas vezes são classificados por famílias, seitas ou escolas. Há estilos que imitam movimentos de animais e outros que reúnem inspiração de diversas filosofias chinesas, mitos e lendas.

DSC02325

Treinamento de crianças em Kung Fu. (os ‘laowais’ são os filhos da Cristina Lasaponara, que envou as fotos)

O surgimento das artes marciais chinesas é atribuído à necessidade de auto-defesa, caça e técnicas de treinamento militar na China antiga.Segundo a lenda, as artes marciais foram criadas durante a dinastia Xia mais de 4.000 anos atrás. Diz-se que o Imperador Amarelo, Huangdi introduziu os primeiros sistemas de combate.

A divulgação internacional aconteceu com a fundação da República Popular da China em 1949, quando muitos mestres migraram para Taiwan, Hong Kong e em outras partes do mundo. Esses mestres começaram a ensinar nas comunidades chinesas no exterior, mas acabaram despertando a curiosidade e o interesse dos estrangeiros que começaram a praticar.

DSC02310

Treinamento de crianças em Kung Fu. (os ‘laowais’ são os filhos da Cristina Lasaponara, que envou as fotos)

As artes marciais chinesas podem ser divididas em várias categorias para diferenciá-las: externas e internas, do norte e do sul (se referindo a que parte da China eram), ou segundo sua província ou cidade e até religião. A principal diferença percebida entre os estilos do norte e do sul, é que os primeiros tendem a enfatizar rápidos chutes e saltos, com movimentos fluidos e rápidos. Já o estilo do sul se concentra mais no braço forte e técnicas de mão, posições imóveis e passos rápidos.

No entanto, poucos mestres experientes fazem uma clara distinção entre os estilos internos e externos, ou do Norte e do sul. A maioria dos estilos contem tanto elementos ‘duros e moles’. Baseados nos princípios yin e yang, os filósofos afirmam que a ausência de qualquer uma das categorias citadas tornaria a pratica desequilibrada ou deficiente.

O treinamento em artes marciais consiste em treinos físicos, filosofia, ética e até a prática médica. Um ditado popular diz que a formação básica em artes marciais chinesas precisa ‘treinar tanto os externos como os internos’. Resumindo: formação externa inclui as mãos, os olhos, o corpo e posturas. Formação interna inclui o coração, o espírito, a mente, respiração e força. Em muitas artes marciais chinesas, a meditação é considerada um importante componente de formação básica. A meditação pode ser usada para desenvolver o foco e a clareza mental.

 13986289850_CLqkm1

Como tudo que vem da antiguidade Chinesa, a arte marcial também é baseada no equilíbrio de corpo e mente. E é comum vermos as pessoas praticando nos parques e praças na hora do almoço ou de manhã cedo. Independente da confusão da cidade. Só com muita concentração mesmo! J

Anúncios

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s