Blog/Cenas da China real/China/Curiosidades/Viagens/viver na China

Minhas impressões sobre a Expo 2010

Esta republicação é sobre a EXPO 2010. 

Se na época, pouca gente fora da China sabia do que se tratava, imagino hoje, mas vale à pena quem não leu dar uma olhada. O evento foi maravilhoso, bem organizado e eu coloquei os dois posts que fiz na éppoca em um só. Então vamos à eles!

Provavelmente em algum momento, inevitavelmente no Fantástico, você ouviu falar da Expo 2010.

É uma mega exposição, que reúne estandes e pavilhões coorporativos e dos países do mundo. Essa exposição, que é realizada a cada 5 anos em uma parte do mundo, dura 6 meses. Na China será segundo as informações que temos aqui, a maior já realizada até hoje. Voltamos aquele velho tópico: grande, enorme, o maior, o recorde mundial… essas coisas básicas na China.

E realmente é impossível de descrever com palavras. Os números são astronômicos e os pavilhões cheios de criatividade, mostrando um pouco de cada país ou região. Os países menores se juntaram e mostraram estandes dentro de um único pavilhão. Recomendo que quem tenha curiosidade, visite o website http://en.expo2010.cn que é o oficial do evento e o do pavilhão brasileiro http://www.expo2010brasil.com.br para vocês poderem ver o que o Brasil está fazendo por aqui. (Esses websites estão desativados agora)

expoa

Em especial entrem no mapa da Expo, para terem noção do espaço, de mais de 5.000m². O governo chinês deu uma atenção mais que especial a esse evento, classificando-o como de interesse político.

Quando chegamos aqui em janeiro de 2009, Shanghai era um canteiro de obras, pois além do espaço destinado à exposição, toda infra-estrutura da cidade foi melhorada, criada e/ou readaptada para receber os milhões de visitantes esperados. Depois que a Expo começou tudo nessa cidade gira em função do evento. Não se fala em outra coisa, além de que, nós moradores, acabamos tendo alguns inconvenientes, como os preços que inflacionaram. Mas como diz um velho amigo: não se faz omeletes sem quebrar ovos! Profundo… 😛

O tema da Expo é “Better city, better life” (cidade melhor, vida melhor) e realmente todos aqui esperam que, após esse mega evento, a cidade usufrua das benfeitorias realizadas. O que implica até na educação do povo chinês para receber o estrangeiro.

Eu fui até lá ontem, antes que acabe (isso vai acontecer em 31 de outubro). Mas pretendo voltar ainda umas duas vezes: uma para ver o setor corporativo e outra durante a noite, pois me falaram que a iluminação é maravilhosa. Brasileiro sempre deixa tudo para o último minuto, não é mesmo? Gente, acho que não vi nem um terço, mas andei muito. Só entrei em 3 ou 4 pavilhões, pois as filas eram imensas (que novidade), mas só de observar a arquitetura tão diversificada já valeu à pena.

Pes

O pavilhão da China é o principal e é o único que será mantido após o fim do evento, ficando como marco.

Depois conto o que será feito com o espaço já todo urbanizado (ruas, esgoto, arborização, acesso ao metro etc) e algumas curiosidades sobre esse grandioso evento.

Minhas impressões sobre a Expo 2010

Que tudo na China é imenso e grandioso, já não é novidade nenhuma. Mas a Expo, sua organização e todo o esforço colocado para que esse evento se supere, foi algo que me marcou profundamente. Claro que não chega perto da estrutura das Olimpíadas de Beijing. Mas o espírito de integração e colaboração dos chineses com esses eventos, acredito que seja o mesmo.

Existem milhares de voluntários trabalhando para que tudo aconteça quando e como deve acontecer. A limpeza da cidade e, em especial, da área da Expo é de surpreender qualquer um. Não há um pedacinho de papel ou cigarros no chão, na realidade há lugares específicos para fumantes e nem se atreva a tentar fumar fora dali. Como eu não fumo, para mim é só um dado. Mas fico imaginando como os chineses devem sofrer quando visitam e, mais ainda, os que trabalham lá. A China é um país de fumantes. Eles fumam inclusive enquanto comem! 😛

Todos os voluntários ou funcionários estão sempre com um sorriso no rosto, fazendo o possível para te atender, tirar suas dúvidas, te ensinar um caminho. Aprenderam a falar inglês “a toque de caixa” como também as regras sociais ocidentais. Lá você não vê ninguém cuspindo no chão e os banheiros são os mais limpos que já vi, incluindo os tradicionais chineses. Realmente é um esforço conjunto para impressionar todos os estrangeiros que puserem o pé aqui. E o melhor é que isso não se resume somente ao espaço do evento. A frota de taxi foi atualizada, as estradas e viadutos renovados e construídos para agilizar o tráfego (se bem que apesar de maravilhosos e super modernos, o tráfego ainda continua difícil), as ruas estão mais limpas.

Por outro lado, têm mais chineses andando pelo espaço da Expo que estrangeiros. Mas não dá para concorrer em número com eles, né? A maioria vem de muito longe em excursões e podemos ver o orgulho estampado em cada rosto. Lógico que esse público, não foi tão bem treinado para deixar de lado os hábitos chineses de dormir nos bancos e furar as filas. O governo tem uma meta de 300 mil pessoas/dia visitando a feira. Então vamos transportar o povo para Shanghai. Simples assim! Eu tenho certeza que eles vão superar essa marca.

2expo2

Sobre nosso pavilhão vale colocar que os chineses adoram o Brasil. Sempre que falamos que somos “basi rén” eles logo nos devolvem um enorme sorriso e falam: “futbal e rrronaldinio” (desse jeito mesmo). A fila já estava muito grande quando cheguei lá às 9 da manhã (mas tudo bem, que mostrando o passaporte não tem fila), sem sombra de dúvidas a maior fila dos pavilhões da América do Sul, e na lojinha que tem na saída, todos comprando bolas de futebol e camisetas do Brasil. Já estava em outro stand quando vi duas crianças com as camisetas que haviam acabado de comprar e já haviam colocado por cima da roupa. Falei que era brasileira e tive que tirar foto com a família inteira. J

Bom, por hoje é só pessoal. Meu domingo já acabou e amanhã não é feriado por aqui! J

Abraço!

 

Anúncios

4 pensamentos sobre “Minhas impressões sobre a Expo 2010

  1. oi! bom dia! ( aqui) lembro dessas postagens e ai, a pergunta, o que foi feito do espaço utilizado, depois do término da feira?…………..
    …………………sempre te admirando! beijo grande para vc e familia!

    Curtir

    • OI Edson,
      A parte em que a exposição foi realizada se integrou ao bairro. As ruas, praças etc. Alguns pavilhões foram aproveitados e o da China se manteve como foi construido e mobiliado. Na verdade virou uma especie de museu. Os outros que eram grandes, hoje são pavilhões de feiras de negócio e exposições.
      Tudo urbanizado e funcionando! =]
      Beijo

      Curtir

  2. As construções foram enormes, inovadoras,… mais os banheiros …..típicos chineses , sem vaso sanitário; isso e o fato de td estar lotado me chamou muito a atenção . Os Chineses tiraram muitas fotos inclusive dos estrangeiros. A apresentação de Nenhum de Nos foi maravilhosa e nos brasileiros fizemos a festa !!!!

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s