Blog/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

Sobre cuspidas, dentes e cigarros…

Gente, obrigada!

Estou super feliz com os resultados da mudança do blog. Muito mais gente acessando a página, mais interação com meus leitores, as pessoas lendo mais, pois recebem o post no seu email… tudo de bom! Por que será que tem coisas na vida que a gente demora, enrola até decidir fazer o que sabe que tem que ser feito? E depois que faz, fica se perguntando porque não fez antes?rs

Acho que tenho uma resposta (ou pelo menos uma boa desculpa…): porque as coisas acontecem de acordo com a energia, a maturidade e o merecimento. Bom, pelo menos eu acredito nisso. É bem aquele conceito básico de que a fruta tirada do pé antes de madurar é ruim, muitas vezes amarga e dura, e vai apodrecer e nunca saberá o que é ser suculenta, macia e doce. Simples assim.

HAERBIN 008

Mas voltando ao foco! =]

Recebi um email de um leitor (dos que não deixam comentário, como ele mesmo disse…), mas que aproveitou meu email de anuncio do novo endereço para tirar umas ‘dúvidas’. Como essas questões são repetidas inúmeras vezes cada vez que vou ao Brasil ou recebo alguém aqui, resolvi responder num post, assim tenho certeza que responderei a ‘pergunta que não quer calar’ de muita gente! Aí vai:

‘Como disse no email anterior que enviei pra você, as suas historias me contagiam, e me anima pra China,

Mas me diz uma coisa, referente ao comportamento desse pessoal?

Cospem no chão por todas as partes, se estão sentados na mesa de um restaurante, Escarram no chão, pode ser restaurante fino ou de becos de ruas.

Dirigem feitos uns … porque o que vejo nos vídeos, e coisa do fim do mundo.

Fumam feito uns malucos.

Só escovam os dentes quando comem areia por engano. e alguns só é possível conversar com 2 metros de distancia devido ao mau hálito, como eh isso!!!!

milionários/as tem os dentes completamente podres, mas tem usam um diamante que custa RMB 600mil ou mais –

Tem um comportamento que não tem como descrever, e dirigem BENTLEY, FERRARI e outros top.

Como você vê tudo isso?

Estou ansioso pra te ouvir.’

Bom, pessoal (e Isaías…) como já disse em vários textos aqui, a resposta é ‘sim’ e ‘não’ para quase todas as perguntas. Existem as verdades, os mitos  e os exageros. Como também os absurdos, as coisas surreais, os costumes inaceitáveis para nós. E aí que está o problema: os hábitos deles incomodam nós, estrangeiros e, em especial, ocidentais. Para eles é normal, faz parte da cultura e de milênios de história.

Sempre tentei ensinar aos meus filhos que quando formos criticar alguém, que ao menos para nós mesmos, tentemos nos colocar no lugar do outro. Isso facilita a visão e muitas vezes explica (apesar de não justificar, no nosso ponto de vista). Mas a moeda tem sempre dois lados. Já contei aqui de um caso em que meu marido ficou numa situação bem complicada na empresa, na época de Chang Chun, por que havia dado um beijo no rosto da esposa do vice dele, após um jantar em que foram feitos muitos brindes e gambeis! Para eles isso é inaceitável. Aí você está pensando: mais o que é isso frente a cuspir no chão no meio da rua? Para nós uma bobeira sem tamanho, para eles uma afronta às suas regras sociais. Deu para fazer o paralelo?

Às respostas:

Cuspir no chão: sim, cospem mesmo, principalmente se você sai da ‘bolha’  internacional de Shanghai. Mas temos que dar o crédito, que após às olimpiadas de Beijing e à EXPO 2010 em Shanghai isso melhorou muiiiiiiito. E não, em restaurantes finos, ao menos nos que frequento, eles não fazem lá dentro. Mas basta chegar na porta… Bom, confesso que de todas as coisas malucas que vemos por aqui, essa é a que mais me incomoda até hoje. Não há uma única vez que alguém faça isso ao meu lado que eu não faça uma bela careta e emita um ‘nojo’ em alto e bom som. É involuntário, juro! quando vi, já fiz! rs

Dirigir: sim, eles são completamente malucos no trânsito (por isso nem tento viabilizar a minha habilitação aqui), mas o ‘não’  vai porque descobri que as leis são tão ou mais malucas que os motoristas. Então chegamos naquela duvida existencial: quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha? Gente, aqui faixa de pedestre é decoração, até porque quando o sinal fica vermelho, se você vai virar à direita e está na faixa da direita, você PODE virar, assim, sem parar. O pedestre que se cuide. Se precisa virar a esquerda, tem que se parar na faixa central e esperar a centésima fase do sinal; quando os carros nas faixas a sua esquerda pararem, você atravessa a frente deles para entrar a esquerda. E vou parar por aqui, por que alguém pode achar que eu enlouqueci. Por isso que quando olhamos um video das ruas chinesas entramos em parafuso.

Fumar: SIM! e só sim para essa. Escrevi há pouco tempo, são os maiores consumidores de tabaco do mundo. Em qualquer hora e em qualquer lugar. Costumo dizer que nos restaurantes eles seguram o chopstick cm uma mão e o cigarro com a outra e vão revesando qual mão que vai à boca! O governo tem tentado restringir, mas aqui o fumo ainda é muito ligado a poder e status.

Dentes: sim, são horriveis, nojentos e com aqueles pontinhos (ou crateras) pretas entre eles. Ainda não encontrei explicação para isso, mas vou achar, porque esse é um comportamento da sociedade, então tem que existir um passado. Escovar os dentes também é algo bem complicado, e que, junto com os dentes completamente cariados, resulta no mal hálito. E sim, isso não tem classe social, os milionários com suas Audi A6, rolex no pulso e vestidos de Armani da cabeça aos pés, tem os dentes comprometidos. O não fica para a nova geração mais internacional (vejam bem, em Shanghai) e mais preocupada com aparência, e em ser aceito pelo mundo, literalmente.

Como vejo isso? Bem já falei no inicio: tento entender, pois se há alguém ‘fora dos padrões’ aqui, com certeza esse alguém sou eu, né? Aqui temos uma cultura cheia de paradoxos e excentricidades, de sofrimento e respeito a pátria, de aceitação, obediência e ao mesmo tempo capazer de dar ‘nós em pingo d’guá’. E ainda há muitas outras coisas que poderíamos listar aqui. Inúmeras na realidade!

E como já escrevi outras vezes: entender não quer dizer concordar. Isso me torna capaz de aceitar e conviver, já que escolhi viver aqui. Caso contrário, é melhor eu fazer minha malinha e voltar para o Brasil, certo?

E aí que está a grande sacada de viver no mundo globalizado, de ser estrangeiro, de se aventurar em outras culturas: estar aberto a reconhecer que o que é certo para uns, nem sempre é para os outros! E deixa eu ir que já escrevi demais!

E você, o que acha disso?

Zài Jiàn!

Anúncios

18 pensamentos sobre “Sobre cuspidas, dentes e cigarros…

  1. Oi gostei muito do seu blog parabéns, meu sonho e fazer minha pós na china, e tenho muitas duvidas mais seu blog me ajudou muito brigada 🙂 bjos

    Curtir

  2. Chris,

    Achei um nao pro topico “Fumar”. Eh sim para os homens, aqui eh super dificil ver mulheres fumando e bebendo (como os homens).

    BeiJing,
    Bru

    Curtir

    • Concordo Bruna, eles não gostam muito de mulheres fumando. Na realidade eles não gostam de mulheres se destacando…rs
      Mas sabemos que boa parte das maiores fortunas da China estão nas mãos de mulheres! a vigança do sexo rosa choque! =]
      Beijo.

      Curtir

    • Oi Regina,
      Me desculpa. Realmente eu vi seu email e deixei para responder com calma… bom, sabe como é isso!
      Quanto as mulheres, sim, elas também cospem. Sinceramente acho que não tanto como os homens, mas já cansei de ver nas ruas.
      Terrivel, né? hehe
      Beijo e obrigada pela visita!

      Curtir

  3. Chris,

    Como tudo está lindo aqui, amei a transformação. Acho magnífico os relatos do cotidiano e digo que de fato você vive uma experiência única. Penso que vc está certíssima, nas nos cabe julgar, e todos esses hábitos vem de alguma tradição. Acho que me perderia na China tamanho o encanto que ela é. Beijos

    Curtir

  4. Chris. gosto demais dessa sua “missão” cultural: insistir em vários posts que as diferenças culturais tem que ser respeitadas, mesmo que nos provoquem “nojo”. Aliás, o que é nojento pra nós não são as mesmas coisas que pra outras culturas. Meu filho esteve num país da Africa e, conversando com um nativo, ele explicou que eles estranham o cheiro da pele dos brancos, consideram muito ruim.
    Viva a diversidade!
    Beijos

    Curtir

  5. Chris, realmente o novo Blog tá show!!! Super fácil de navegar e o visual bem harmônico! Agora, lendo sobre as cuspidas, ontem estava andando numas ruelas da Guilin Lu, aqui em ChangChun, e não foi que uma senhora abriu uma porta do nada e soltou uma escarrada daqueeeelas, a milímetros de mim?!! hahaha…na hora me senti com muita sorte de não ter sido o alvo, mas aqui, principalmente nas ruas mais populares sempre se corre um certo “risco”, né?! Estava com uma colega chinesa da minha escola de Mandarim, e realmente pra nova geração, mesmo aqui em ChangChun, isso é inaceitável! Acho que daqui uns anos as coisas mudam! Tomara!rss. Beijossss e saudades!!!

    Curtir

  6. Oi…mesmo sabendo de tudo isso por vc e detalhes em outros post’s…me diverti bastante, é meio sem nexo tudo, mas é o jeito de ser deles e como vc bem disse: Se ñ conseguir conviver é fazer a malinha e voltar.
    Outro dia aqui passou uma reportagem do transito na China…parecia um programa humoristico, vc ñ sabia quem vinha, ia ou dava preferência,caos completo…rsrsrs
    Beijussssssss

    Curtir

  7. oi! o mais importante realmente é saber que vc é o estranho no ninho e, estar disposto a observar, tentar entender, sentir o que o outro é. É por ai mesmo e, com certeza vc cresce a cada dia Christine! Beijo grande para vc e familia!

    Curtir

  8. Presenciei as cusparadas em restaurantes quando estive em Shanghai, numa das situações o homem tirou ranho do fundo da alma e cuspiu no saquinho dos talheres bem na minha frente. Foi impossível permanecer ali. Em outra situação, uma garota arrotou em alto e bom som tranquilamente. Ficamos assustados sim. Apesar de ter ouvido falar a respeito, sinceramente não esperava. Quanto ao transito de fato e maluco, um dia fiquei mais de hora observando e não vi sequer um acidente. Eles de fato se entendem naquele emaranhado. Realmente nota-se a internacionalização da imagem dos homens e mulheres dali.

    Curtir

    • Olha, usei um termo errado no texto quando disse restaurantes finos, quis me referir a restaurantes internacionais, nada especial no final. Mas mesmo assim, aqui em Shanghai, acredite, é bem mais light do que em qualquer outro lugar na China. E quanto ao arroto é sinal de satisfação, estomago cheio. Lembra que fazemos isso com nossos bebes? Enquanto não arrotam depois de mamar não sossegamos? É a mesma coisa transportada para a vida toda…rs. Meio nojento, concordo. Mas ces’t la vie in China! rs
      Qto ao transito eu também já reparei isso. O numero de acidentes comparado com o caos reinante é insignificante….rs eles se entendem!
      Bj.

      Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s