Cenas da China real/China/Palestras e Assessoria intercultural/viver na China

Jiayou (Força) China!

Hoje esse artigo é uma reflexão e um desabafo.

Para quem segue o blog sabe que a China está na minha vida há muitos anos. Desde 2004 temos história para contar. Minha gratidão e amor por esse país são imensas.

Chegamos em Shanghai em janeiro de 2009, final do ano rato, onde a China iniciava um novo ciclo. Para quem quer entender clica nesse link que explico sobre o zodíaco chinês e seus ciclos.

Sempre acreditei que não iriamos embora dessa cidade, antes de fecharmos um ciclo completo. E aqui estamos, entrando no ano do rato. Em janeiro de 2021 completaremos um ciclo na China, sem interrupções e nem idas e vindas como no inicio (2004 a 2008). Se tiver que ir, já estou me sentindo com a missão cumprida.

Dentro dessa ideia, outro dia comecei a refletir que nossa passagem por aqui nos mostrou tanta coisa, somos testemunhas vivas da transformação desse país. Em 2004 mal conseguíamos nos comunicar por telefone. A única opção online era o Skipe, não havia internet na rua e todos nossos conhecidos achavam uma loucura vir para a China quando a SARS ainda era uma sombra real.

Presenciamos a transformação da China para receber as olimpíadas de 2008, a chegada dos smartphones, a internet móvel, os tradutores online, a explosão do taobao, o wechat revolucionando a comunicação, o reconhecimento facial nas ruas da cidade, a quase extinção do papel moeda no país que o inventou.

Aprendemos a conviver com as diferenças culturais, a ter mais paciência, a mudar nossos conceitos de multidão e de urgência. Percebemos, como brasileiros que somos, que é possível ter segurança e andar pelas ruas despreocupados. Foram tantas vivencias e aprendizados, momentos maravilhosos e perrengues inimagináveis, que é impossível descrever num só texto.

Tudo isso estava na minha lista para fechar um balanço do tempo de China e do ciclo se fechando em Shanghai.

O que não contávamos nessa celebração era que viveríamos uma situação como a de hoje, de emergência, quarentenas, vírus, medo de estar infectado, incertezas de como será amanhã. Desde do dia 21 de janeiro, nossa vida deu uma virada assustadora, inimaginável. O ano novo chinês, uma data sempre cheia de curiosidades e festas, foi de reflexão e recolhimento.

E aqui estamos nós, vivendo na China do Coronavirus. Realmente hoje posso dizer que se tiver que ir embora amanhã, vivemos tudo que a China poderia nos mostrar.

Arrependimento? Nenhum. Muito pelo contrário: vendo todas as ações que estão sendo tomadas pelo governo chinês, a maneira como o povo está lidando com as restrições impostas, o sentido de coletividade, tudo isso me faz admirar e respeitar esse país que nos acolheu.

Fiz duas publicações no Instagram @chinanaminhavida que queria deixar registradas aqui. Foram escritas num momento de desabafo, sem nenhuma pretensão, mas que se espalharam e mostraram que não precisamos de pânico, de sensacionalismo, de desespero.

Precisamos de bons pensamentos, fatos verdadeiros, cuidados com a situação (que é séria), otimismo e mostrar o que realmente estamos vivendo.

Sempre preferi ver o copo meio cheio, e não será diferente agora.

Minhas reflexões

Num momento tão delicado como o que estamos passando aqui, me deparei com essa foto e me perguntei: como pode isso acontecer?

As vezes parece algo tão longe da realidade, outras temos a impressão que está batendo na nossa porta. Sentimentos confusos entre medo de que piore e a esperança de que tudo ficará bem.

Vamos lá China, corre atrás desse vírus, dá a volta por cima.

Estamos aqui torcendo por esse país que nos abriga, nos dá sustento e uma excelente qualidade de vida.

Não é hora de jogar pedras, buscar culpados. É hora de unir forças para que tudo se resolva o quanto antes. Cada um fazendo sua parte, sem pânico, sem desespero.

Estamos aqui, todos torcendo para que a vida volte ao normal e essa bandeira possa voltar a tremular cheia de orgulho e vontade de continuar crescendo.

Tenho fé, acredito, que isso vai passar. Minhas orações estão todas voltadas para que se encontre o melhor caminho é que todos, estrangeiros e chineses, possamos tirar algum aprendizado desse tempo.

Wuhan, Jiayou!
China, Jiayou!

Jiayou é uma expressão comum na China, que tem o sentido de ‘vai’, ‘enfrenta’, ‘força’. É usada em situações de incentivo.

E essa expressão foi usada em uníssono pelos chineses que estão de quarentena em Wuhan, que saíram à janela de suas casas para expressar sua força.

Como já escrevi no stories, nós estrangeiros, estamos todos receosos, precavidos, mas se quisermos pegamos um avião e vamos ‘para casa’.

O chinês está em casa, não há nenhuma outra opção para eles além de enfrentar, lutar e mostrar sua garra.

Admiro ainda mais esse país, sua força e garra. Admiro esse povo que já passou por tantas dificuldades, guerras, fomes, situações limítrofes e estão aí, levantando a sua bandeira com orgulho e determinação!

E vamos continuar na luta!
Jiayou, China!

E a vida segue…


Continuarmos por aqui, com a certeza de que tudo se resolverá muito em breve!

Estamos bem, dentro do possível

Para terminar esse registro, gostaria de pedir a todos que estão lendo essas linhas, que não acreditem em tudo que veem na internet, nas redes sociais, nos jornais sensacionalistas.

Aqui não está faltando comida, não tem pessoas se batendo em supermercados por conta de um pé de alface, não há pessoas caindo mortas na rua, nem ninguém comendo sopa de morcego.

Os bloqueios foram feitos com intuito de conter a contaminação, de evitar que num país de 1 bilhão e 400 milhões de pessoas, a coisa se tornasse incontrolável, que os números fossem realmente alarmantes. Temos que lembrar que quando tudo começou, estávamos as vésperas do Ano Novo Chinês, onde acontece a maior migração do planeta.

Todos sabem que o vírus tem tempo de incubação e muitos casos ainda vão surgir, mas não há o descontrole.

Temos fé, temos esperança, temos confiança que tudo irá se resolver.

Temos certeza que muito vamos aprender com tudo isso, em especial que o mundo está muito pequeno para pensarmos individualmente.

Espero que em pouco tempo esse texto seja só um testemunho de um período turbulento, que terminou sem nenhuma catástrofe irreparável.

Deixo minha solidariedade as famílias das vitimas fatais, às pessoas infectadas e a todas que se curaram. Minha gratidão a todos que estão orando pela China e pelas pessoas que estão nesse país, sejam chineses ou não. Meu carinho e admiração a todos que estão aqui se ajudando para que essa fase seja menos penosa possível.

Meu respeito a China e a esse povo guerreiro.

Lembrem-se que não é tempo de julgar, mas de ser solidário e caridoso com o sofrimento humano.

Jiayou China!

35 pensamentos sobre “Jiayou (Força) China!

  1. Boa noite , vivo na china a tres anos , e tenho acompanhado sempre as tuas publicação e gosto muito e também me fazem aprender muito , é bom ver a forma como você mostra o teu amor pela china , pois eu também amo muito este pais , só tenho um problema não consigo acessar o meu whtissapp e nem outras redes socias , gostaria muito que você me encina _se , por favor .

    Curtir

  2. oie querida

    Maravilhoso texto e sabedoria em viver na China !!! Fui a tão sonhada China e realizei meu sonho, nossa!!! Amei e amo este pais. Espero que em breve venha mais textos que me fazem viajar e delirar para voltar.

    Márcia Silva

    Curtido por 1 pessoa

  3. Amei este texto, morei por 8 meses na China e trouxe dela as mais belas lembranças. Todos os dias tento desmentir nas redes sociais as fake news, as verdadeiras barbaridades que tanta gente está difundindo, seja por desconhecimento, seja por má fé. Parabéns por este belo blog.

    Curtir

  4. Meus pensamentos compartilham com os seus!!!!!!! Coragem….é tudo que eles precisam…..Obrigada Cristina pelas suas palavras, sou brasileira que moro no Brasil, mas,admiro. muito esse povo chinês..essa nação grandiosa. Jiayou!!!!!!♥️🙌

    Curtir

  5. Ola Christine, suas palavras comovem. Só que já viveu varias experiencias pela China pode entender esse seu sentimento. Nunca morei na China, mas em nove anos estive por doze vezes deste fantástico país, tendo a oportunidade de conhecer varias cidades, mentre elas Wuhan em 2012.
    Aprendi a entender a China, respeitar e amar esse povo que luta a cada dia pela sobrevivência em uma sociedade muito desigual.
    Deus os proteja do vírus e do preconceito.

    Curtir

  6. Querida, você transmite uma energia que nos acalma mesmo com a consciência do perigo. Meus pensamentos e minhas orações estão em vocês, sua família e esse povo que você descreve lindamente. Vai ficar tudo bem….
    “Paz e Bem”

    Curtir

    • Como sempre palavras que tocam a alma!!!!
      Me orgulho de ter te „conhecido“ e poder compartilhar momentos que você descreve com tanto sentimento e ternura.
      Sao poucos os dias em que não comentamos: „olha! A Chris falou isso no livro Dela!“ ou: „é assim mesmo como a Cris comentou!“
      Gratidão eterna por ter me acolhido quando cheguei, perdida, sem rumo.
      Estamos juntas em oração. Tudo Vai sair bem.
      Jiayou China!

      Curtir

  7. Excelente texto Chris.

    Muito oportuno pro instante de desinformação que vivemos na era da informação!
    O mundo se tornou pequeno e vulnerável, não pela ameaça do vírus, mas pq somos vítimas de pessoas irresponsáveis q multiplicam fake news e aterrorizam os q não conseguem discernir entre o real e imaginário.

    Curtir

  8. Esta com certeza foi uma das malhores análises que ja vi nesses ultimos dias sobre o que este vírus. Estarei sempre acompanhando você aqui no blog. Aqui,estamos todos em oração para que tudo se acalme em breve. Um abraço! Já estou ancioso pela próxima postagem.

    Curtir

  9. Sou novo por aqui no blog,mas vou continuar sempre acompanhando as suas postagens! Este com certeza,foi uma das melhores análises que vi nesses últimos dias sobre o que está acontecendo na china! Aqui,estamos em oração,na esperança de que tudo irá se resolver em breve! Um abraço e já estou ancioso pela próxima postagem.

    Curtir

  10. Ótimo texto! Fico triste de ver este gigante passar por esta situação. Mas me faz admirar ainda mais este país, que enfrenta os desafios e luta bravamente. Vejo um povo ordeiro e engajado em resolver o problema. Tenho certeza que vencerão mais este desafio! Força China!
    Saudações de Tianjin!

    Curtir

  11. Querida amiga, muito grata pela sua força e amor para China. Com certeza absoluta China vai vencer essa batalha mais uma vez. Veja quantos países podem construir um hospital com mais de mil lentos em 10 dias! Todos nós imigrantes chineses no exterior estamos fazendo doação comprando os suprimentos médicos para Wuhan. Muitos máscaras, luvas e outros suprimentos foram enviados para Wuhan. Vamos vencer essa guerra! Wuhan , jiayou! 加油!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Carmen Licia Palazzo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s