brasileiras pelo mundo/Cenas da China real/China/Compras/Curiosidades/Palestras e Assessoria intercultural/Viagens/viver na China

CHINA – um país de leitores?

Esse titulo pode parecer estranho para se referir ao pais que há 50 anos queimou a maioria dos seus livros em atos públicos. Mas o mundo dá voltas e a China é a campeã em fazer isso bem feito. Em 30 anos esse país não deixa de nos surpreender com sua capacidade de renascer das cinzas, como fênix.

Se estão formando leitores de fato, só o tempo poderá nos dizer, mas ninguém pode deixar de perceber que o incentivo e as possibilidades concretas estão sendo dadas a todos.

WechatIMG305

Além da grandiosidade desses espaços de leitura, nota-se a preocupação com ambientes práticos, agradáveis, que inspirem e despertem o desejo de estar ali. E, assim, vamos e venhamos, já se está um passo à frente na conquista do consumidor, que nesse caso será um leitor em potencial.

Biblioteca de Tianjin

Ano passado não passou despercebido do mundo, a inauguração da Biblioteca Publica de Tianjin Binhai. Com seu design futurista e o titulo de maior biblioteca do mundo, possui cinco andares, uma área de 34 mil metros quadrados e seu acervo poderá chegar até 1,2 milhão de livros.

E, para não decepcionar, foi construída em 3 anos. Dá para imaginar isso em qualquer outro lugar do planeta que não seja a China?

Se quiser saber mais, achei bem interessante uma matéria no blog Adoro Papel. Vale conferir.

Bibliotecas e livrarias

E as obras de arquitetura impactante e acervo a perder de vista, não param por ai. Numa busca rápida na internet, encontrei mais uma dúzia de referências sobre esses projetos espalhados pelo país, sejam bibliotecas ou livrarias mesmo. Entre eles podemos citar Xiamen, Chengdu, Suzhou, universidade de Tianjin (sim, porque uma biblioteca na mesma cidade, é pouco) e por aí vai.

Aqui em Shanghai tem a Biblioteca de Shanghai e algumas livrarias bem grandes, mas não tão atraentes, como as que estão sendo projetadas nos últimos anos.

Livraria Banshan

Um bom exemplo desses espaços, é uma livraria que fica na cidade de Changzhou (a mesma do Templo Baolin, que visitei mês passado).

Como já escrevi, tenho uma amiga, a Rebecca, que mora lá e é mestre em descobrir lugares e me dar super dicas sobre a cidade. Afinal, seria impossível eu conseguir conhecer in loco todos os locais interessantes que a China tem para nos mostrar.

Assim, graças a Becca, posso mostrar para vocês um pouco dessa maravilha que é a livraria Banshan.

Para começar, ela fica dentro de um shopping e ocupa 3 dos 16 andares desse local! Sim, você leu certo e, quem me acompanha desde o inicio ou leu meu livro, já sabe que a China nos ensina de maneira ímpar a usar os superlativos. Resumindo: nada aqui é grande – é imenso, gigantesco, e por aí vai.

A livraria possui casa de chá, cafeteria, salas fechadas, local para palestras, espaço para oficinas de artesanato e coisas do gênero e uma infinidade de seções com os mais diversos tipos de livros.

Claro que a maioria das obras é em mandarim, mas tem uma boa demanda em inglês.

Outra coisa bem interessante, é que se pode ficar lá o tempo que quiser, lendo qualquer livro disponível na loja. O lugar é lindo, moderno, aconchegante. Sinceramente depois de ver essas fotos e do jeito que amo uma livraria, já quero pegar o trem amanhã para ir lá passar o dia!

Resumindo

Isso é só uma pequena amostra do que se está construindo na China em favor da educação e cultura.

Como escrevi no inicio, formar leitores exige mais do que construir prédios bonitos. Só que esse conceito de atrair as pessoas para os locais de leitura pela sua beleza e comodidade, é um belo incentivo ao prazeroso habito de ler.

E assim vamos acompanhando as conquistas desse pais.

Todas as fotos deste artigo são de Rebecca Ceccarelli Steinhoff.

Sigam a Becca no Instagram – @eunachina

E se ainda não segue a página do blog, aproveita e adiciona o @chinanaminhavida

Já visitou alguma livraria/biblioteca na China? Conte aqui nos comentários, mande suas fotos.

O blog se constrói com essas parcerias entre todos nós, brasileiros que vivemos na terra do Dragão.

Zài Jián.

 

 

 

 

 

6 pensamentos sobre “CHINA – um país de leitores?

    • Olá Rickson,
      Obrigada pelo comentário, mas editei meu livro no Brasil, então não sei te dizer sobre a edição na China.
      Abraço

  1. Chris, aqui em Huangdao também tem uma livraria enorme de três andares em um shopping! Eu acho que postei em algum Stories perdido no meu Instagram! Mas
    Vale a pena eu te enviar. Tem até bar, com cerveja artesanal. A China me surpreende a cada dia! Adorei seu post. Você é uma inspiração pra nós expatriados! Beijoca

    • OI!
      Me manda sim, se achar.
      E realmente, quase 14 anos aqui e ainda me surpreendo.
      Obrigada pelas palavras! Todos nós aprendemos uns com os outros. <3
      Beijo grande.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.