brasileiras pelo mundo/China/Palestras e Assessoria intercultural/viver na China

Viver legalmente na China

Muito se tem especulado de como é viver na China, a adaptação, a cultura e os costumes. Mas existem muitas pessoas que querem saber mais: como vir para a China e viver aqui legalmente.

E a resposta é bem simples:

  • Como estudante, estando regularmente matriculado e frequentando um curso de graduação, pós-graduação ou para aprender o idioma local em uma universidade credenciada pelo governo chinês.
  • Como empregado contratado de uma empresa local ou multinacional, onde essa empresa é responsável pelo seu visto de residência – ‘residence permit’, e o visto de trabalho – ‘work permit’, bem como da família do empregado.

Mas existem outros tipos de visto?

Sim, existem vários (confira nesse link). Só que estes vistos não dão direito de exercer atividade remunerada e viver aqui. Não te dão o visto de residência e sem visto de residência, não se pode trabalhar.

Muitos acham que o visto ‘Business –  M’ ou ‘visto de negócios’  dá o direito a trabalhar na China. Mas não. Esse visto é somente para visitas de negócios, participar de feiras, visitar empresas. E só.

Cada vez mais há casos de brasileiros sendo multados e expulsos da China por essa prática, já que a polícia local costuma fazer batidas para checar, nas empresas e residências, a situação dos funcionários.

As recentes e constantes reformulações nas leis de imigração, cada vez mais restritivas em relação aos estrangeiros, nos obriga a sempre conferir nossos vistos para estar em situação legal no país.

Um alerta para quem tem filhos adolescentes, é que quando eles fazem 18 anos, mesmo ainda estando na escola, o visto deles não fica mais vinculado ao dos pais. À partir desse momento eles adquirem um visto próprio, de estudante. E, após essa mudança, as datas em que o visto expira é de acordo com o calendário escolar.

Já vi alguns casos onde esses jovens ficaram sem visto, por algumas semanas, até algo acontecer e a família ter essa surpresa. Nesse caso, se paga multa por dia de atraso na renovação, que pode chegar até RMB 5.000,00 (R$ 2.350,00 aproximadamente).

Foto de Antonio Cardoso Ferreira

Foto de Antonio Cardoso Ferreira

E quais as consequências de se estar ilegal na China?

Exercer atividade remunerada com qualquer outro visto que não seja o ‘residence permit’ – visto de residência, ou estar aqui com visto vencido (turismo, negócios etc), gera multa de RMB 500,00 por dia e detenção, que pode variar de 15 dias a 1 ano, dependendo do caso. E expulsão do país, em muitos casos.

Vejam que ‘expulsão’ é diferente de ‘deportação’. A China não deporta ninguém, pois nesse caso ela teria que assumir os custos desse ato. Já a expulsão é por conta da pessoa que está em situação ilegal.

E o Consulado brasileiro?

Muita gente acredita que os Consulados podem ajudar e resolver todos os problemas das pessoas que estão fora do Brasil. Mas isso é ilusão. Eles são tão ‘hóspedes’ aqui (ou em qualquer outro lugar do mundo que não seja o Brasil) como qualquer um de nós e não podem interferir nas leis locais.

Mas sobre atuação dos Consulados e outros esclarecimentos pertinentes a viver legalmente fora do Brasil, recomendo que leiam o texto publicado no Brasileiras pelo Mundo, nessa semana:

Imigração pelo mundo: o risco de estar ilegal.

Nesse artigo, também são dadas algumas informações relevantes sobre a legislação de imigração dos destinos mais procurados por brasileiros, como os Estados Unidos, Reino Unido, Itália, Irlanda e Austrália.

Sair do Brasil vale à pena?

No final, o que posso dizer, depois de estar tanto tempo fora do Brasil é que viver uma experiência internacional é algo imensurável. Sim, vale à pena. Aprendemos muito, passamos a olhar o mundo por um outro prisma, a buscar outros caminhos. Abrimos os horizontes.

Mas é uma escolha difícil, que exige coragem, determinação e seriedade. E para que essa experiência seja construtiva, apesar de difícil, ela precisa estar legal.

Fazer a opção de sair do Brasil com visto de turista e ‘ver no que vai dar’, é viver na marginalidade, sempre preocupado com uma denúncia, um acidente. E como consequência, arcar com as penalidades.

Imigrar é uma experiência maravilhosa, mas desde que seja feita com responsabilidade e dentro das leis do país que vai nos receber.

Zái Jián!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Viver legalmente na China

  1. oi!
    bom dia por aqui ainda, apesar do horário de verão!
    o calor já está gritante nesta primavera…
    viver fora do pais como vcs estão vivendo e aproveitando
    a experiência para desenvolverem a sensibilidade, o aprendizado,
    a cultura, crescerem como seres humanos é fantástico!
    beijo grande para vc e familia!

    Curtido por 1 pessoa

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s