Asia/Blog/brasileiras pelo mundo/China/Viagens/viver na China

China para Filipinas – Enfim o paraíso – Boracay.

E continuando nossa aventura pelas Filipinas.

Boracay é uma pequena e comprida ilha localizada a aproximadamente 315 km ao sul de Manila e a 2 km ao largo da ponta noroeste da ilha de Panay. Boracay Island e suas praias receberam prêmios de numerosas publicações de viagens. A ilha é administrada pela Autoridade de Turismo das Filipinas e do governo da província de Aklan. Além de suas praias de areia branca, Boracay também é famoso por ser um dos principais destinos do mundo para relaxar e aproveitar a vida noturna. Em 2012, Boracay foi premiada como a melhor ilha do mundo da revista de viagens internacional Travel + Leisure.

boracay-map

A ilha é formada por praia dos dois lados, com uma imensa rua no meio. Essa rua é uma verdadeira zona organizada. Como na China (e acho que isso acaba sendo uma característica dos asiáticos), a bagunça faz parte do cotidiano deles. No final eles se entendem e deu! Na ilha existem pouquíssimos carros movidos a gasolina e/ou diesel. A grande maioria possuem motores elétricos. Não se consegue chegar lá de carro, os que vem, chegaram de barco para servir a ilha. Todo o suprimento da ilha é feito através de barcas.

IMG_2924

Foto tirada com um iphone, sem filtro nenhum… o mais lindo por do sol que já vi!

IMG_3039

Praia onde passamos a maior parte do tempo…

IMG_2940

Achei tão lindo esse pendente de palha no meio das árvores…

IMG_2934

White Beach – Boaracay

Nosso hotel fica na White Beach – Praia Branca. Essa é a praia mais popular e cheia de restaurantes e lojinhas para turistas. Entre os hotéis e lojas e a praia, há algo semelhante a uma rua, mas de areia. Ali passam em harmonia as motos-carretos que suprem o comércio e os milhões de turistas que vão e vem 24 horas por dia. Uma festa.

Exatamente assim: Boracay é uma praia com clima de festa.

Durante o dia os restaurantes e bares não podem usar a faixa de areia da praia, mas depois do por do sol, está tudo liberado, e eles montam mesas, decoram e promovem uma série de shows para atrair atenção dos turistas.

Os preços são o que há de melhor, mas assustam no inicio, pois tudo custa mil, dois mil pesos. São tantas notas e tantos zeros que até a cabeça se familiarizar a gente fica confuso.

Slide3

Atrações noturnas na praia.

Nossos companheiros de viagem!

Nossos companheiros de viagem!

No que diz respeito a comida, uma das grandes atrações são os mercados de peixes que vendem camarões do tamanho de lagostas e lagostas de 5 kilos vivos. Se compra o que quiser e depois vai num dos restaurantes locais que circundam o mercado e eles preparam da maneira que você pedir. Bem legal isso.

Os passeios

Não fizemos passeios de barco, pois ainda estava recente minha cirurgia e não queria abusar da sorte…rs

Numa das tardes, alugamos um tuc tuc elétrico e fomos visitar alguns poucos pontos turístico da ilha: a praia PUKA e também subimos num morro onde havia um mirante que permitia ver quase todos os limites da ilha.

O nosso tuc tuc: elétrico e novinho em folha... um luxo só!

O nosso tuc tuc: elétrico e novinho em folha… um luxo só!

Slide1

Slide2

Infelizmente vimos muita pobreza. As crianças, que sempre me chamam muito atenção (até porque passei grande parte da minha vida no Brasil trabalhando com elas e por elas), dormindo nas calçadas enquanto centenas de pessoas vão passando ao lado, como se fossem invisíveis para a maioria. Fora as que estavam trabalhando e pior, se prostituindo. Isso é uma característica dessas cidades praianas e de clima tropical, não é? Uma triste realidade que muito se assemelha ao Brasil.

Slide5

Em sentido horário: crianças de uniforme escolar, a rua que corta a ilha, o hospital local (sim, pedi à Deus que nos poupasse de um acidente!) e o trânsito de tuc tucs.

220px-Boracay_Tricycles

Os ‘tuc tuc sidecar’ que circulam pela ilha… Agora imagem um congestionamento disso!

Os chineses

Esse artigo não ficaria completo se eu não falasse sobre a China, certo? Pois é… eles estavam aos montes por lá (e onde eles não estão nos dias de hoje, né?). Geralmente em grupos enormes, com suas super câmeras e roupas para se esconder do sol. Aparecendo sempre no final do dia na praia, quando o sol já estava dando adeus.

Mas eram tantos que o próprio hotel mantinha um salão para o café da manhã dos chineses. Até porque a comida que eles costumam degustar nesse horário é completamente diferente da nossa. Na realidade não era exclusivo dos chineses o tal salão. Mas acabava sendo, sabe?

Slide6

Na realidade os chineses estão numa fase de abertura e de fortunas crescentes pipocando por todos os lados. Daí eles resolveram conhecer o mundo, literalmente. Há até um boato que hoje em dia eles nem estão tão radicais na questão dos banhos de sol, pois o bronzeado é sinal de que se visitou uma praia e como a China não tem muitas para oferecer, principalmente no inverno, quem está com o tom de pele diferente é porque viajou para o exterior. E isso é status.

O que nos encantou

Chegamos por volta das 13:00, deixamos as coisas no quarto e fomos reconhecer a área. No final sentamos nas cadeiras da praia para encontrar com a família que havia reservado o hotel junto conosco. A praia já estava um pouco vazia, cadeiras sobrando de todos os hotéis, quase sem barcos navegando. O sol não estava assim tão forte e nem o céu tão azul naquele dia.

Mas para nossa surpresa, quando foi 16:30 começou um movimento crescente. Mais e mais pessoas chegavam à areia e queriam um bom lugar. Vimos os barcos começarem a navegar, veleiros, lanchas, barcos de madeira. Os fotógrafos de plantão iniciaram a montagem dos seus tripé, buscando o melhor ângulo. As 17:00 o céu começou a alaranjar…

O que vimos depois disso, é algo que não conseguirei descrever aqui nem com mil palavras: os tons do céu e da água foram se mesclando num cobre, o sol (que achei que nem estava disponível) como uma grande bola de fogo pendurada por um fio invisível e os barcos fazendo a sombra e o contraste na sua frente.

Slide4

Sim, o por do sol mais lindo que já vi na vida!

Esse é o encanto de Boracay. É o que atrai mais e mais turistas em cada feriado para lá.

E voltamos TODOS os dias para nos deliciarmos com esse espetáculo da natureza. E todos os dias saíamos de lá maravilhados e gratos pela oportunidade de contemplar aquilo. A sensação é algo que vai além dos nossos sentidos. E, como tantos outros locais que a Ásia tem para nos mostrar, nenhuma descrição, nenhuma foto vai dar a verdadeira dimensão do que vimos.

Já nos disseram que depois de conhecer o por-do-sol de Boracay, nunca mais veremos outro igual. Sei lá. O mundo é imenso e tem belezas em todos os lugares, mas que realmente esse foi um dos presentes que recebemos nessa viagem e uma lembrança eterna fotografada pela memória, não posso negar.

IMG_6045

Eu e Tati – do Brasileiras pelo Mundo para a vida real! =]

Para finalizar com chave de ouro, A Tati Sato foi encontrar conosco no paraíso! Rs.

Espero que tenham gostado da viagem.

Além do blog da Tati, que já citei, tem mais informação sobre as Filipinas nos Brasileiras Pelo Mundo. Se ficou curioso, confere lá.

Zái Jiàn! Afinal voltei foi para a China! =]

Anúncios

17 pensamentos sobre “China para Filipinas – Enfim o paraíso – Boracay.

  1. Pingback: Afinal, asiático é tudo igual? | China na minha vida

  2. Oi Christine! Tudo bem? Muito bom o seu blog!
    Sempre quis ir para China e finalmente este ano estou realizando esse sonho.
    Consegui um emprego na minha área e estou de mudanca em Dezembro.

    Qual cia aérea vc recomendaria para ir a Boracay?

    Abs!
    Talita.

    Curtir

  3. Oi Christine! Td bem?
    Estou me mudando para a China em Dezembro, pois consegui um trabalho ai.
    Gostaria de saber qual cia aérea vc recomendaria para ir a Boracay.

    Obrigada!
    Talita.

    Curtir

  4. oi!
    realmente um belo lugar e, o por do sol magnifico! pena o homens não pararem de verdade pra contemplar a grande magia da natureza, a grande obra de Deus, dos deuses……..e me repetindo vc escreve, descreve, narra, expressa os sentimentos e sensações de forma incrivel…………………………estou aguardando!
    beijo grande para vc e familia e, estou aguardando as outras viajens!

    Curtir

    • Aos poucos vou colocando Edson… é que na realidade não quero desfocar o blog da China que é meu maior interesse. Mas achei interessante começar a contar um pouco das experiências que estar na China tem me proporcionado. Beijo grande.

      Curtir

  5. Parabéns pela viagem e pelas fotos. Fiquei com água na boca!!!!! Continue viajando e nos mostrando as maravilhas do outro lado do mundo. BJS

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s