Blog/China/China na NOSSA vida/Curiosidades/viver na China

China na NOSSA vida – CAMI LI VO – dois amigos no YouTube

E estamos aqui novamente com mais uma postagem do China na NOSSA vida. Para quem não sabe, é uma tag que coloquei no blog, falando da experiência de outras pessoas. Colocando #chinanaNOSSAvida na busca, vocês encontrarão esses depoimentos, ou cliquem nesse link para ver todos eles!

Coincidentemente, os últimos que fiz foram sobre pessoas que possuem canais no YouTube contando um pouco de como é a vida deles na China. E hoje teremos o quarto artigo de YouTubers na China.

CAMI LI VO

Hoje vamos falar sobre o canal da Camilla e do Ivory, dois brasileiros que, depois de algumas voltas pelo mundo, se encontraram na China em 2014, através de uma amiga em comum, e nunca mais se largaram – tipo amigo de infância! E eu posso dizer para vocês, com muita propriedade: em termos de amizade, o que a China uniu, o mundo não separa.

Eles dividem o apartamento em Shenzhen, cidade onde moram e trabalham, e criaram o canal CAMI LI VO.

Esse nome pode parecer estranho para um canal de vídeos, mas na realidade é a junção do nome dos dois: CAMILla e IVOry. Eles acharam bom separar a ultima letra usada do nome da Camilla e a primeira do nome do Ivory, formando uma nova sílaba, o que deixou a junção bem engraçadinha, parece mesmo um nome chinês: CAMI LI VO (ao menos foi essa impressão que tive na primeira vez que me deparei com o nome do canal, antes de identificar o nome deles).

A ideia de fazer um canal no YouTube sobre a China, se concretizou em meados de 2016, mostrando as coisas que vivemos aqui por uma perspectiva positiva e divertida, já que, um dos objetivos do canal, é desmitificar alguns estigmas sobre esse país, as diferenças culturais e as inúmeras possibilidades de se apaixonar pela China.

Com uma linguagem simples e divertida, já que são super simpáticos e carismáticos, eles mostram aspectos culturais interessantes, lugares bonitos e pessoas. A diversidade de assuntos é grande, como: culinária local, os diferentes (e exóticos) prédios na cidade de Shenzhen, e a intrigante arquitetura chinesa, diferentes máquinas que fascinam pela funcionalidade e que pouco se vê no Brasil, coisas interessantes que podemos encontrar no supermercado, métodos da medicina tradicional chinesa, entre outros tópicos. Vocês sabem que nessa terra o que não se esgota são assuntos para a gente mostrar e, no meu caso, escrever.

Além disso, eles também usam o canal para mostrar os lugares por onde andam, mesmo que seja fora da China, como Tailândia e Dubai.

Segundo os amigos, “o feedback positivo inicial dos amigos e familiares impulsionaram a vontade de fazer um conteúdo de qualidade, que ao mesmo tempo que informa, também diverte. E agora já contamos com mais de mil inscritos em menos de um ano de canal no Youtube”.

Uma das melhores coisas para eles é ver/ler os comentários de pessoas que nunca viram antes, elogiando os vídeos ou mostrando interesse pelo conteúdo que criam. E vou complementar: para nós que geramos conteúdo, seja ele qual for, o retorno que vocês nos dão é a maior recompensa. Eu também compartilho dessa sensação a cada artigo publicado e vibro com os ‘likes’, compartilhamentos e, principalmente, os comentários e contatos inbox!

Mas vamos conhecer um pouco da história pessoal de cada um deles?

Ivory Junior é de Santa Maria no RS, tem 31 anos, formado em Relações Públicas pela UFSM. Após se formar, trabalhou por alguns anos para juntar um dinheiro e ir fazer um intercâmbio no exterior. Desde o início já sabia que não queria ir para os lugares em que a maioria dos intercambistas vão, como Estados Unidos e Europa, então começou a fazer algumas entrevistas de vagas pela AIESEC para países como Índia, China, Emirados Árabes etc. A ideia era fazer um intercâmbio profissional de um ano para depois voltar ao Brasil.

Mal sabia Ivory Junior o que estava por vir. Em 2012, foi chamado para trabalhar em um hotel 5 estrelas na China e ficou muito feliz com a oportunidade, mas ao chegar em Shenzhen, se deparou com um trabalho que não batia com a descrição da vaga que estava no sistema e que foi informada nas entrevistas por Skype. Chegou a pensar em voltar  ao Brasil antes do esperado, mas, como queria continuar na China, resolveu procurar alguma oportunidade que poderia ser do seu interesse por aqui. Nessa busca,  encontrou uma empresa de biotecnologia, chamada Beike, que estava a procura de um brasileiro para trabalhar na área de marketing e vendas. E é nesta empresa que trabalha até hoje, divulgando e vendendo tratamentos com células-tronco.

Ivory ama morar na China e acredita que este encantamento se deu pelo fato de vir com a cabeça muito aberta para aprender com uma cultura diferente e respeitar as diferenças.

WeChat Image_20170705175800

Camilla Macedo também é gaúcha, natural de Pelotas, tem 25 anos e é formada em Design de Moda pela UCPel. Desde pequena ela sempre teve muita curiosidade pelo exterior. Com 19 anos realizou seu sonho e fez seu primeiro intercâmbio voluntário para a Sibéria, na Rússia.

A partir daí foi como se as portas do mundo tivessem sido abertas para ela, e cada vez mais surgiram oportunidades de morar em outros países. Enquanto estudava sua pós-gradução no Brasil, Camilla aproveitou as férias letivas para participar de um projeto voluntário em um orfanato na Argentina e em uma escola de idiomas na Turquia. Cada vez que fazia um intercâmbio, o network de voluntários internacionais se expandia, e foi assim que, em 2014,  ficou sabendo de uma vaga para trabalhar como professora de inglês em um jardim de infância na China, por um ano.

Após um ano, de China, apaixonada pelo país e pela cultura, Camilla percebeu que estudar mandarim poderia se tornar um diferencial na hora de encontrar um emprego. Com isso, decidiu ficar por mais 2 anos no país estudando mandarim e ao mesmo tempo dando aulas de inglês, português e espanhol para crianças chinesas para bancar seus gastos.

Ao se formar no curso de mandarim, decidiu seguir morando na China. Foi então que ela encontrou a Uatt?, empresa brasileira de presentes criativos que tinha um escritório na cidade de Shenzhen, onde ela mora. Hoje ela não consegue se imaginar indo embora da China tão cedo.

 

Querem conhecer mais sobre esse simpático casal de amigos ‘inseparáveis’? Acompanhem os vídeos no canal do Youtube e nas redes sociais Facebook e Instagram.

Gostaram? Deixem seu comentário e curtam a postagem. Como escrevi acima, a gente ama!

Zài Jiàn!

O livro China na minha vida – o que aprendi com o Dragão, pode ser adquirido nesse link.

 

 

Anúncios

5 pensamentos sobre “China na NOSSA vida – CAMI LI VO – dois amigos no YouTube

  1. Oieeee…adorei o post e justamente o nome q eles usaram, foi o q chamou mais atenção.
    Assim como vc muitas gente encontrou na China, seu “lar doce lar”…rsrsrs
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s