Blog/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/Viagens/viver na China

Patrimônios da Humanidade na China – UNESCO 9

Mais quatro Patrimônios da Humanidade descritos nesse post, completando 34, com dois que são quase que roteiros obrigatórios para quem vem à China: Macau, que faz parte da região de administração especial (SAR) da China, colonizada por Portugal e nos remete às cidades antigas de Minas Gerais e Salvador, além do idioma português presente em várias placas e cartazes, nos conquista na hora! E Chengdu, que ainda não tive o prazer de visitar, mas é a terra dos PANDAS, que amo… =]

Espero que vocês se deliciem com mais esses locais maravilhosos da China.

MACAU

O Centro Histórico de Macau é o fruto do intercâmbio, do respeito e da tolerância cultural entre o Ocidente e o Oriente. O seu valor não está residido só na sua infraestrutura arquitetônicas e urbanas, mas também no fato de que estas conseguiram manter o seu espírito original e as suas funções originais até aos dias de hoje.

Este patrimônio arquitetônico, predominantemente de raiz europeia, ergue-se por entre construções de estilo tradicional chinês e por entre construções modernas, causando um grande contraste na textura urbana e mostrando também a diversidade e tolerância cultural existente nesta pequena Cidade.

Até ao século XIX, os portugueses (construtores da maioria dos monumentos do Centro Histórico de Macau) eram proibidos de viver no Norte de Macau, pois eram campos de cultivo de posse dos chineses.

No dia 15 de julho de 2005, o Centro Histórico de Macau foi, finalmente, inscrito na Lista do Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO e designado como o 31º local do Patrimônio Mundial da China. Após a inclusão, houve grandes comemorações em Macau.

Quem tiver curiosidade pela parte turística, visite o esse post! =]

1266378_639705876063066_1136798121_o

1273428_639706332729687_1636658603_o

1274816_639706286063025_546852685_o

YIN XU

Yin Xu é uma antiga capital da China. Localizada perto da cidade de Anyang, no norte da Província de Henan, Yin Xu foi a capital do estado durante a última parte da dinastia Shang. As ruínas testemunham uma nova era na história da China, com economia, sistema político e militar, tecnologia e cultura desenvolvidas, no que era uma sociedade de escravos típica. Inscrições em oráculos encontrados no local representam a mais remota caligrafia chinesa conhecida.

Yin Xu foi descoberta no início do séc. XX e as primeiras escavações foram efetuadas em 1928. De 1926 a 1937, efetuaram-se quinze escavações e, desde 1950, têm-se feito múltiplos esforços no que se refere ao estudo do local. Em 1961, Yin Xu foi proclamada um local histórico protegido e em 2006 foi declarado Patrimônio Mundial da Unesco.

Na Zona do Templo de Adoração dos Antepassados do Palácio de Yin Xu existem cerca de oitenta fundações de construções antigas. Foram desenterrados cerca de 160.000 fragmentos de carapaças de tartaruga e de osso com inscrições, assim como um túmulo de um membro da família real muito bem conservado (o Túmulo de Fu Hao).

1262444_645232108843776_1614775588_o

1017024_645232052177115_386564705_n

59352_645232242177096_1112331167_n

Santuário dos Pandas Gigantes – Chengdu – Sichuan

Os Santuários dos Pandas-gigante em Sichuan, é casa de mais de 30% dos pandas do mundo, cobre mais de 924.500 hectares, com sete reservas naturais e nove parques cênicos nas Montanhas Qionglai e Jiajin.

Os santuários constituem o maior habitat contínuo ainda existente dos Pandas-gigante, uma relíquia das florestas paleo-trópicas do Período Terciário. É também o mais importante local para reprodução cativa do panda-gigante.

Os Santuários são casa para outros animais em perigo de extinção como o panda-vermelho, o leopardo-das-neves e o leopardo-nebuloso. São também uma das mais ricas áreas botânicas do mundo, com cerca de 5.000 a 6.000 espécies de flora em cerca de mil gêneros

É um Patrimônio Mundial da Unesco desde 2006.

1175398_645233498843637_255593660_n

1175436_645233462176974_1391844653_n

1231499_645238085509845_1740023511_n

1237106_645233435510310_79039474_n

Kaiping Diaolou

As diaolou são uma espécie de casas-fortes construídas com uma dupla função: como habitação e como estrutura defensiva para proteger os seus habitantes dos frequentes ataques de malfeitores.

Constituídas por vários andares, as suas paredes eram grossas, possuindo pequenas janelas (vigias) para vigilância e a sua sólida estrutura protegia-as não só de ataques, como também de inundações.

As diaolou (ou casas-fortes) que se podem encontrar na cidade de Kaiping, na província de Guangdong, começaram a ser construída na primeira parte da Dinastia Qing (1644-1912). Tornadas populares nos anos 20 e 30 do séc. XX, o número de diaolou na cidade de Kaiping ultrapassava 3000 casas.

O Diaolou e aldeia de Kaiping são um Patrimônio Mundial em Guangdong.

1273667_645916258775361_764500153_o

620906_645914778775509_409694229_o

524573_645914608775526_675548702_n

Então por hoje é só pessoal! E tem mais fotos na nossa página no FACEBOOK.

Semana que vem tem mais…

Zài Jiàn!

Anúncios

5 pensamentos sobre “Patrimônios da Humanidade na China – UNESCO 9

  1. Pingback: Moon cake Festival e Pandas chineses |

  2. Christine, espetacular esse post. Para mim foi muito esclarecedor e o seu modo de mostrar as coisas é muito didático. Eu nunca havia me preocupado com a China, a não ser as notícias ruins que a mídia nos impõe.
    Depois de ler suas postagens e ver a alegria que você tem em viver aí, tudo me chamou a atenção e acabei ficando com um carinho especial por esse povo.
    Muito bacana a sua “reportagem”, Christine.
    Um beijo,
    Manoel

    Curtir

    • Ah, Manoel… a China tem coisas lindas e boas. As ruins também existem, como em qualquer lugar do mundo…
      É uma pena que ninguém se importe em divulgar esse pais com um olhar menos pessimista!
      Abraço.

      Curtir

  3. Em 2012 estive na cidade Chengdu – Sichuan ,simplesmente amei ,Além do Santuário dos Pandas Gigantes estive nos templos Monte Emei ( chinês : 峨嵋山 é uma montanha em Sichuan província, China.Conheci o Grande Buda de Leshan é a maior estátua de Buda do mundo, com 71 metros de altura. Situa-se em Sichuan, China. Foi declarado Património Mundial da Unesco em 1996.vale apena conhecer ,,,

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s