Blog/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

Unhas compridas.

Entre os muitos costumes chineses, tem um que me chama a atenção faz tempo, mas não tinha entendido no inicio: as unhas compridas dos homens, principalmente.

Como tudo na China, esse costume tem sua explicação em séculos e séculos de história, mas para resumir os homens usam as unhas compridas para mostrar que tem uma condição de vida melhor, que são prósperos e por isso não precisam fazer trabalhos pesados. Claro, um lavrador não conseguiria manter as unhas das mãos compridas. Então isso é um símbolo de prosperidade e riqueza.

1797067_n - CopyEsse pequeno hábito da cultura chinesa, simples e comum para eles, se mantém por séculos por conta da necessidade desse povo de mostrar o seu status aos que estão ao seu redor. Desde as épocas mais remotas da história chinesa, sempre houve a hierarquia e um sistema extremamente rígido que distinguia as pessoas e suas classes sociais. O Imperador, autoridade máxima dentro do país e considerado até uma ‘divindade’, alguém que mantinha contato direto com o céu, ou mesmo que era o deus na terra, possuía dentro da sua ‘redoma’ uma legião de serviçais, familiares e ‘amigos’ que lhe distraiam e serviam. Essas eram pessoas respeitadas por terem mais acesso ao imperador. Depois vinham os cidadãos comuns, que também davam continuidade a essa pirâmide, terminando com os trabalhadores braçais e lavradores.

Esses últimos tinham as mãos mais rudes e judiadas e não conseguiam manter as unhas sequer limpas, o que dirá grandes. E daí surgiu uma identificação que limitava ainda mais as duras condições de vida desses homens. Não se sabe exatamente quando esse ‘código’ foi criado, mas as mulheres usavam todas as unhas grandes e os homens, principalmente, as dos dedos mínimos e polegar. E para proteger as unhas que lhes davam o status de prósperos, usavam unhas decorativas de ouro, prata ou bronze. Isso os levava a outra avaliação dentro da sociedade próspera: o seu protetor de unhas indicava quão rico era.

As imperatrizes possuíam seus conjuntos de jóias, composto de brincos, pulseiras, anéis, colares e protetores de unhas que podiam ser simples com alguma gravação ou cobertos de rubis, pérolas e diamantes. Dá para entender de onde saiu essa febre de unhas decoradas que se espalhou pelo mundo!

O mais interessante é que esse código ainda vale nos dias de hoje e, algumas vezes, chega a ser uma coisa que agride o olhar do estrangeiro, tanto pelo tamanho como pela falta de higiene. Além disso, não são os ricos que dão tanto valor para isso nos dias de hoje, mas sim aqueles que conseguiram galgar alguns degraus na pirâmide social e fazem questão de mostrar isso aos outros.

Os motoristas são um bom exemplo disso. Quase todos que conheço têm pelo menos um dedo mínimo com a unha grande. Apesar de ainda serem trabalhadores e precisarem do salário mensal para seu sustento, já estão acima dos que precisam trabalhar na terra, em obras ou nas ruas. Eles têm um trabalho ‘limpo’ que os permite manter as unhas intactas e grandes.

Então tá! Mas que é estranho, isso é!

Zái Jián!

Anúncios

Um pensamento sobre “Unhas compridas.

  1. Pingback: As unhas das Imperatrizes Chinesas | China na minha vida

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s