Blog/China/Palestras e Assessoria intercultural/viver na China

China na minha vida – 10 anos de blog

Setembro de 2010 foi a data em que tudo começou. Para ser mais exata em 10 de setembro de 2010. Dez anos de história, 12 anos vivendo em Shanghai, 16 anos da China na minha vida.

Tempo de aprendizados, de risos e lágrimas. De descobertas, de superação. De muitas vezes pensar em desistir de tudo e de repente, encontrar ânimo para continuar e mostrar mais dessa nossa vida na China para o mundo.

Hoje olhando para trás, consigo ver quantas coisas mudaram, quantos paradigmas foram quebrados, quanto preconceito consegui deixar de lado (nem todos, confesso).

Quantas pessoas conheci nessa jornada? Não sei dizer ao certo, mas tenho certeza que cada uma delas deixou sua marca nos meus relatos, me ensinou muito, talvez tenham aprendido algo comigo.

Quantos sorrisos pelo caminho, quantas lágrimas, quantas dúvidas, quantas repostas…

Uma história que nunca contei

Um dia, logo que comecei a escrever o blog, contei sobre meu projeto a um grupo, cheia de entusiasmo e escutei de uma pessoa que todos que chegavam na China começavam um blog e diziam que iam escrever artigos, publicar um livro, fazer uma tese, e que todos, sem exceção, depois de 3 meses não tinham mais do que alguns textos publicados no tal blog que iniciaram e que se perderiam no buraco negro virtual.

Isso foi um baita incentivo (contém ironia), aquele balde de água fria no seu projeto recém iniciado. Na mesma hora, pensei: isso pode ser a realidade de muitos, mas eu farei diferente. Esse momento jamais saiu da minha cabeça e, cada vez que eu pensava em desistir, lembrava dessa pessoa, do tom da sua fala, do sorriso irônico ao final da frase.

Sempre digo que nossa cabeça é nosso guia. Nosso pensamento tem poder. E a partir daquele momento, depois do choque inicial, comecei a trajetória para seguir o caminho que havia planejado e prometi a mim mesmo que iria realizar cada sonho, cada plano traçado.

E assim foi.

Na realidade, pude perceber com o passar do tempo, que realmente muitos começavam e quase todos desistiam, a pessoa tinha razão. Ter um blog dá trabalho, gerar conteúdo requer pesquisa, tempo, dedicação e paixão.

Presenciei muitos casos de pessoas que achavam que ter um blog era sinônimo de ganhar dinheiro e reconhecimento fácil, mas depois de 2 meses, largavam, porque uma trajetória anônima requer, no mínimo, perseverança.

Por isso gosto tanto da historia do bambu e uso ela como inspiração nessa jornada. São muitos anos embaixo da terra até florescer, mas quando isso acontece, vemos uma planta forte, consistente, resiliente e capaz de enfrentar todos os tipos de condições climáticas com a mesma desenvoltura: verga, mas não quebra.

Resumo de uma trajetória

Hoje temos 820 artigos publicados aqui no blog, muitos outros em revistas online e físicas, em plataformas colaborativas e em outros blogs como convidada. Muitas citações em teses de mestrado, monografias de graduação e trabalhos escolares (que acho que tem o mesmo peso, cada um dentro da sua realidade).

Perdi as contas de quantas palestras (costumo chamar de bate-papos) fiz em escolas, universidades e empresas ou mesmo para grupos de curiosos sobre a cultura chinesa.

Conclui um MBA numa universidade chinesa (Shanghai Jiaotong University), em inglês (na realidade essa foi uma das maiores conquistas pessoais que a China me trouxe).

Prestei assessoria para famílias que estavam de mudança, para tentar minimizar o medo do desconhecido, e para turistas, que puderam ver além dos pontos citados no TripAdvisor, puderam sentir o que é a China de fato e em especial a cidade de Shanghai através dos meus relatos.

Escrevi um livro que me enche de orgulho e sensação de dever cumprido. O que aprendi com o Dragão é a ponta de um iceberg onde entra conhecimento, vivência, superação e determinação (recheado de muitas incertezas e insegurança também).

Participei como co-autora de duas coletâneas/livros (uma já publicada e outra em fase de editoração): Reedificações: histórias de mulheres que se reinventaram pelo mundo e Coletânea Mães.

A verdadeira conquista

Isso tudo é o que posso mostrar concretamente, o check list daquele desafio que me foi dado lá no inicio e que, provavelmente, a pessoa nem imagina como me instigou e me ajudou a chegar até aqui. Sou grata a ela, sim.

Agora o que me dá satisfação mesmo, o que me faz sentir realizada, é o que não posso mostrar materialmente, é o que está guardado na minha memória e no meu coração, é carinho recebido, são lembranças que papel nenhum poderá substituir.

É o que fica nas entrelinhas de uma mensagem, num abraço de gratidão, numa palavra de um desconhecido que me diz que minha escrita, meus textos e, hoje em dia, minhas redes sociais, fizeram diferença na decisão de vir para China, de aceitar e enfrentar o desafio.

São os amigos que fiz pelo caminho, que saíram desse mundo virtual e estão presentes na minha vida real.

Isso é o que realmente vale a pena, o que me mostra todos os dias por que a China entrou na minha vida e eu na vida de tantas outras pessoas.

E seguimos para um novo ciclo

Gratidão é a palavra de ordem em minha vida já faz muito tempo, mas hoje ela tem um significado que não consigo traduzir em palavras.

Sou grata a todos, sem exceção, que me ajudaram a chegar aqui. Seria impossível citar, mas tenho certeza que cada um que ler esse texto vai saber do seu papel nessa jornada.

E seguimos para mais um ciclo, para mais uma reinvenção desse espaço, porque uma coisa que a China me ensinou foi que todos os dias temos que nos reinventar.

E assim traçamos nosso caminho, nossa história, nossa marca no mundo em que temos o privilégio de viver.

Para quem ficou curioso sobre o primeiro post do blog:

Por que decidi escrever

Obrigada!

Xie xie!

Para celebrar essa data, tenho feito várias lives no Instagram e estão todas salvas no IGTV, na série CHINA NA NOSSA VIDA. Passa lá para comemorar conosco.

Zái Jiàn!

18 pensamentos sobre “China na minha vida – 10 anos de blog

  1. A China para mim é um mistério, desde pequeno sempre ouço o conceito de que é um Pais de gente perversa, do mal e que querem dominar o mundo, hoje com nosso novo mandatário e o efeito da Pandemia, parece que esse tema ganhou amplitude, estamos vivenciando um temor de que China finalmente tomará conta até dos EUA. Acho isso tudo um grande equívoco. Se possível gostaria que comentasse alguma coisa a respeito desse temor apocalíptico. Grato

    Curtir

    • Olá Sergio,
      Geralmente, a maioria das pessoas que “pregam” essas ideias, nunca pisaram na China, não conhecem a história, a cultura, o caminhar dessa civilização. A China tem seus defeitos sim, nenhum lugar no mundo é perfeito, mas tem muitas coisas boas.
      Abraço.

      Curtir

  2. Oieee…
    Só posso parabenizar!🥂🍾
    Vc merece tudo q conquistou com seu otimismo e persistência, como vc mesmo mencionou.
    É seu e ngm lhe tira isso!!!
    Bjs❤️❤️❤️

    Curtido por 1 pessoa

  3. Por 4 anos, encontrava com meu marido a cada 3 ou 6 meses, apesar de falarmos todo o santo dia. Hoje sei o quanto vale um passeio de mãos dadas pela praia, um café no shopping nas tardes de sábado, um domingão em casa de pijama o dia todo na companhia de quem você ama. São coisas que o dinheiro não pode comprar, mas valem uma fortuna imensa.

    Amo vc, o que posso dizer alem de muito obrigado por ter vindo??

    Ma

    Curtir

  4. Parabéns Chris e muito obrigada pela sua dedicação ao blog que tanto nos ajudou (já perdi as contas de quantas vezes visito seu insta ou seu blog pra ler algo que não sei sobre a China). Pois a gente sabe que por mais que você ame, há toda uma dedicação e esforço para mantê-lo. Todo sucesso do mundo pra ti 👏👏👏

    Curtir

  5. Olá Christine:
    Planejei uma viagem à China em dezembro de 2017/janeiro de 2018.
    Meus filhos me apoiaram .
    Viajei sòzinha.Só peguei uma excursão às muralhas,distante 100km de Pequim.E um tour para assistir à ópera de Pequim.
    Foi um desafio!
    E…à parte uma gripe fortissima em Pequim – que também foi experiência interessante( consulta médica,funcionamento de médicos e hospital,prescrição e medicamentos) a viagem foi maravilhosa.
    Sou testemunha da importância de seus comentários e sugestões.Imagino que ,como eu,muita gente mais…
    Lhe sou muito grata pelo apoio .
    Muito obrigrada!
    Parabéns!Sucesso!
    Claudete R.Trojbicz

    Curtir

    • Olá Claudete!
      Que delicia de comentário. É bem isso que falo que não tem preço. Esse carinho, as pessoas que de alguma forma me acompanham nessa jornada. Sou imensamente grata a você, a cada um que incentivou meu trabalho. ❤

      Curtir

  6. Parabéns Chris seu blog é um exemplo de determinação, paixão e respeito pelos chineses e por nós leitores . Sucesso minha amiga 🥰😘

    Enviado do meu iPhone

    Curtir

  7. Fico muito feliz por você! Vou tomar como um exemplo a ser seguido, pois meu Caminho certamente passa pela China. Não dizer ao certo porque, mas desde a minha infância eu vislumbro a mim mesmo diante de uma de seus vales montanhosos e florestas de bambu, tentando entender qual o propósito da minha vida.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s