Cenas da China real/Curiosidades/Dicas de Shanghai/Viagens/viver na China

Shanghai – de táxi ou metrô? As opções de locomoção na cidade.(2)

Continuando a série de dicas sobre Shanghai, vamos falar de mobilidade na cidade.

A melhor forma de se locomover em Shanghai é usando o transporte público, principalmente metro, táxi e andar a pé. De fato, o metro em Shanghai é pontual, confortável e muito prático! Mas as distâncias são longas e quando temos que fazer uma troca de linha, às vezes se gasta 10 minutos andando da saída de uma linha até a entrada de outra, na mesma estação.

Aqui coloco os meios de transporte que conheço e uso. Alguns amigos me disseram que os ônibus também funcionam bem, mas eu nunca peguei um. Acabo sempre optando pelo metro.

Transporte público

Metro

Metro é rápido, seguro, confortável ​​e conveniente meio de transporte para se locomover em Shanghai. As principais atrações, centros de transportes e áreas comerciais, como o Bund, Nanjing Road, Huaihai Road, People Square e Xujiahui são servidas por várias linhas de metro.

metrosh

A cidade tem 14 linhas de metro em operação, totalizando 525,2 km (cerca de 326 milhas), excluindo a linha Maglev e as seções compartilhadas por Linha 3 e Linha 4. Logo que chegar, consiga um mapa do metro de Shanghai (versão Inglês-Chinês) para sua referência, geralmente os hotéis disponibilizam e existem vários app para smartphone (aliás, um smartphone aqui vai dar uma mobilidade mais fácil para vocês, sempre digo que ter smartphone na China é quase necessidade básica).

Todas as estações são super limpas e bem sinalizadas em inglês. O ticket custa em torno de RMB 3,00 (até 6km de trajeto) e RMB 5,00 (6 a 16km), depois disso é RMB 1,00 por cada 10 kilometros. Quando se compra o ingresso nas máquinas (disponíveis em inglês), deve se indicar o ponto de partida e o destino final, assim já é emitido o cartão com valor total da viagem. Também é possível comprar um cartão de transporte, que explico mais para frente.

Taxi

Taxi também é uma opção boa e barata por aqui. A bandeirada sai por RMB 14,00 (cerca de R$ 5,00). Nem todos os taxis são limpos e falar inglês não é uma opção de comunicação. Mas se vocês tiverem o endereço de onde querem ir em mandarim, beleza! Geralmente os hotéis ajudam a buscar um taxi e se vocês pedirem eles escrevem o nome do local e falam com o motorista. Mas como é necessário voltar, sempre carreguem alguns cartões do hotel. Mais uma vez, recomendo os app para Smartphone, que ajudam muito.

Os taxis também podem ser pagos com o cartão de transporte (mesmo usado no metrô).

Infelizmente, pelo taxi não ser um transporte muito caro na China, a demanda é menor que a procura. Por mais que eles estejam ampliando e renovando as frotas, ainda fica muito a desejar. Uma boa saída é o aplicativo do bom e polêmico UBER. Hoje há a opção de você solicitar um motorista que fale inglês. Então se não tem, baixe esse aplicativo para uma hora de desespero…rs. Dias de chuva, por exemplo, são os mais difíceis.

Aluguel de carro

Podem ser alugados em diversas locadoras, mas nem todas falam inglês, então recomendo optar por uma das redes internacionais. Das redes locais que tem atendimento em inglês, recomendo a Jasmine Car Rental – é pequena, mas tem um bom padrão de atendimento. O aluguel por dia de um carro sedan com motorista sai em torno de RMB 650,00/8hs e 100km (R$ 230,00). Além desse período é cobrado cerca de RMB 50,00/hora + RMB 3,00/km (incluindo o motorista). Mas aqui você também encontra representantes da Hertz e outras redes de aluguel de carros.

Esqueçam a carteira de motorista, mesmo a internacional. Aqui não vale. A única opção é alugar o carro com motorista. Mas é super comum e todas as empresas já oferecem o pacote fechado.

A vantagem de se alugar um carro é a comodidade. E se está num grupo de mais de 3 ou 4 pessoas, vale à pena, pois o preço acaba ficando diluído. E se pode alugar as Buicks L8, que possuem 7 lugares. Para quem quer ir às compras, eu recomendo.

Aluguel de bicicleta

Existem alguns pontos onde vocês podem pegar uma bicicleta na rua, usar e devolver em qualquer ponto da cidade. Aqui, só o cartão de transporte é válido para pagar.

bicish

A pé

Dependendo de onde vocês querem ir (em termos de distância) andar a pé é viável e seguro. O interessante disso é que vocês podem conhecer locais, becos e as peculiaridades da vida cotidiana chinesa, que andando de carro ou metro não percebemos.

Onibus de City Tour

Existe o ‘City Sightseeing Bus’ que têm pontos na People Square, no Bund e em Pudong (Pearl Tower). Guias de áudio estão disponíveis no ônibus e oferecem informações de locais de interesse da cidade em 8 idiomas(Inglês, Alemão, Francês, Espanhol, Japonês, coreano, russo e chinês). É possível parar em qualquer estação e subir de volta em outro ônibus da linha. O bilhete é válido por 24 horas no custo de RMB 30,00 a 50,00.

sightseeingsh

Cartão de transporte

Shanghai Public Transportation Card pode ser usado em qualquer tipo de transporte publico em Shanghai, inclusive em taxis. Vocês podem comprá-los em guichês dentro das estações de metro. O custo dele é de RMB 20,00. Mas se vocês devolverem antes de partir, o dinheiro é devolvido, bem como os créditos que estão válidos.

Para usar nos táxis, tome cuidado para que não troquem seu cartão cheio, por um outro sem crédito. Para evitar isso, cole alguma etiqueta adesiva, uma marca com caneta, algo que identifique seu cartão dos demais.

Como vocês puderam notas, as opções são muitas e bem viáveis para se locomover em Shanghai.

É só vir e aproveitar!

Zài Jiàn!

Anúncios

5 pensamentos sobre “Shanghai – de táxi ou metrô? As opções de locomoção na cidade.(2)

  1. Metrô de shanghai em uma palavra: fantástico!!!

    Fiquei impressionada com a quantidade de trens, a limpeza e iluminação das estações, todas, TODAS, as placas sempre com traduções para inglês. Os guichês de auto-atendimento práticos, Tb em inglês, e das (poucas) vezes que precisamos de auxílio de algum funcionário, demonstravam-se extremamente solícitos e dispostos a entender nosso inglês-feat-mímica!!! Kkkk

    Tivemos algumas dificuldades em conseguir táxis… Como vc já me disse, às vezes tenha sido pela localização menos turística do nosso hotel.

    Deu tudo certo!
    Foi ótimo 😉

    Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: Shanghai – dicas para facilitar a vida do turista (4) | China na minha vida

  3. eita nóis!…..fico fascinado com a quantidade de linhas de metro disponíveis….
    aqui na baixada o VLT, NUM PERCURSO MÍNIMO, está parado por demandas jurídicas, sei lá a quantos anos! os viadutos para acabar com os cruzamentos, na imigrantes, tudo parado e fica combinado assim!
    é uma pena isso tudo!
    gostei do post! beijo grande para vc e familia!!!!!!!!!!!!!!!
    ps.: o frio está´terrível, foi derrepente!

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s