China/Curiosidades/Dicas de Shanghai/Viagens/viver na China

A Torre de Pérola de Shanghai

Hoje vou escrever um pouco sobre a minha grande paixão em Shanghai, pois estava preparando um texto para colocar no Instagram, e me dei conta que nunca havia escrito um artigo exclusivo sobre esse ícone da cidade, que eu tanto admiro.

Não sei dizer quantas fotos tenho dessa torre, mas toda vez que a vejo, seja de Puxi ou estando ao seu lado em Pudong, descubro um novo angulo para a foto perfeita. Coisas de fã mesmo.

Oriental Pearl Tower

A Oriental Pearl Radio & TV Tower é uma torre de transmissão de TV e rádio, como o próprio nome diz, e um dos pontos principais do turismo em Shanghai. A torre fica ao lado da margem do rio Huangpu, ao lado de Lujiazui, em Pudong.

Desde sua inauguração em 1994, ela se tornou o ícone da cidade. Afinal Shanghai é conhecida como a “Pérola do Oriente” e nada como a Torre de Pérola para ilustrar esse titulo tão charmoso.

Ela possui 468 metros, é a 3ª estrutura mais alta da cidade. Até 2008 foi a estrutura mais alta, titulo que durou 16 anos. Mesmo assim, ainda atrai mais turistas do que as demais torres que formam a Skyline de Shanghai – Jinmao Tower, Shanghai World Financial Tower e Shanghai Tower. Sobre elas, tem uma história bem interessante sobre a concepção desse projeto, chamado de “Três Irmãos”, clica aqui.

A Pearl Tower é composta em grande parte por estruturas de esferas, os topo das duas maiores esferas são respectivamente nas alturas de 300 e 120 metros, a esfera superior tem 45 metros de diâmetro e a inferior é ligeiramente maior com 50 metros de diâmetro. E há uma esfera muito menor, conhecida como cápsula espacial a 350 metros do solo, com apenas 14m de diâmetro. Há também 5 pequenas esferas entre as duas grandes e cercadas por 3 grandes colunas que conectam as duas esferas.

Além disso, cada uma das 3 colunas de suporte sob a esfera grande inferior também possui uma esfera pequena.

Essas esferas se assemelham a uma série de pérolas de tamanhos diferentes. Reza a lenda que esse design foi inspirado num poema da dinastia Tang, em que há uma frase que diz: “grandes e pequenas pérolas caindo sobre um prato de jade”. Mas na minha busca, li relatos de que essa história foi inventada, que a verdadeira inspiração era unir a modernidade da torre com algum elemento da tradição chinesa e da cidade. Vai saber…

As funções da Torre vão além da transmissão de rádio e TV. Ela tem vários andares sendo usados ​​como decks de observação. Como os pisos no interior das esferas são redondos, a esfera principal superior possui um restaurante giratório, que leva uma hora e meia para um giro completo, a uma altura de 267 metros. A esfera grande inferior possui muitas instalações de entretenimento, como consoles de jogos e uma pequena montanha-russa. Na base da torre há um museu sobre a história de Shanghai, com fotos muito interessantes do desenvolvimento da área de Lujiazui, onde está a torre.  Cabe lembrar que quando sua construção foi iniciada, aquela área era formada por pequenos sítios, completamente sem estrutura de cidade. E, em menos de 30 anos, se transformou completamente. Só de poder comparar essas fotos, a visita já vale muito!

O deck de observação principal é conhecido como andar de turismo, ocupa dois andares dentro da grande esfera superior a 263 metros e 259 metros. O deck mais alto possui um piso de vidro transparente, onde é possível caminhar por ele, como se estivesse flutuando sobre a cidade. Eu adoro essas aventuras, mas muita gente nem chega perto.

O deck de observação mais alto fica a 351 metros, é chamado Space Capsule ou Space Module, e exige que os visitantes paguem uma taxa adicional para acessar.

Sendo um dos destinos turísticos mais populares de Shanghai, a fila para adquirir o ingresso e entrar na torre pode ser longa, ainda mais no final da tarde, porque é a melhor hora para subir (em qualquer uma das torres), apreciando a cidade de dia, o entardecer e a deslumbrante vista noturna.

A torre pesa 120.000 toneladas, possui 7 elevadores, que percorrem 7m por segundo e é considerado muito rápido para uma torre construída na década de 1990.

Resumindo…

Ela é linda, charmosa, um glamour como tudo nessa cidade.

Como já escrevi, sou a louca da Torre de Pérola, coleciono centenas de fotos dela de vários ângulos, horários, estações. Com chuva, com sol, com e sem luz. Ahhh… ela iluminada é algo indescritível.

Quem mais é fã incondicional desse ícone da cidade de Shanghai?

Zái Jiàn!

6 pensamentos sobre “A Torre de Pérola de Shanghai

Deixe uma resposta para Carla Monteiro Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s