China/Compras/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

China: curiosidades que não te contam

Que a China é cheia de curiosidades todo mundo já sabe. Aqui no blog mesmo deve ter dezenas de artigos sobre esse tema, que parece inesgotável.

Só que quando se vai à China, existem coisas da vida prática que acabam ficando de fora da lista de curiosidades e informações básicas.

Aqui vou listar apenas algumas delas, mas tenho certeza que existem muitas outras a serem colocadas, então, aceito colaboração.

WI-FI

Sim, existe wi-fi disponível em praticamente todos os lugares, mas o que não te contam é que se não tiver um chip local, dificilmente conseguirá acesso, já que muitos enviam um código por SMS para validar a conexão.

Foto por NOHK em Pexels.com

Hotéis para estrangeiros

Quando se está em cidades grandes, na tal bolha internacional, isso é mais difícil de acontecer, mas quando se vai para o interior, precisa ficar atento pois muitos hotéis não aceitam estrangeiros.

Mais comum ainda acontecer isso em albergues e hostels. E não tem o que faça a situação mudar, pois esses locais não possuem autorização do governo para cadastrar os estrangeiros como hóspede.

Sempre bom se informar quando reservar o local, mesmo por aplicativos como Booking e Trip. Enviar um email para certificar a reserva deixando claro que é estrangeiro é o mais seguro.

Redes sociais

Já escrevi diversas vezes aqui sobre o bloqueio das redes sociais e que o acesso só é possível através de um app VPN.

O que muitos não sabem, é que o Google Translator é a única ferramenta da Google que é liberada na China. E isso já ajuda muito na comunicação.

E tem muitas outras dicas para viajantes por aqui.

Foto por Tracy Le Blanc em Pexels.com

Contato físico

O povo chinês não tem o costume de fazer contatos físicos em público. Aquela coisa de cumprimentar com abraço, tapinha no ombro, deixa o chinês constrangido e assustado algumas vezes (dependendo de quão efusivo é seu interlocutor). Beijo então, nem pensar! Os nossos famosos beijinhos no rosto… esquece!

Tem uma história daquelas “depois que passa, a gente ri” sobre nosso perrengue com um beijo dado sem perceber! Confere: O Beijo da Discórdia.

Não é comum nem ver namorados abraçados ( se bem que já foi mais difícil ver isso no passado, hoje há uma flexibilidade maior de costume), muito menos em cenas de “love total” nas ruas e praças.

Falar inglês

Não gente, nem todos os chineses falam inglês e quanto mais fora da tal “bolha internacional” você for, mais dificuldade terá para se comunicar.

Ai é a hora de usar o Google Translator!

Cartão Internacional

Não é tarefa simples usar um cartão de crédito internacional na China. Poucos lugares aceitam e, quando o fazem, sempre é estressante, devido a pouca experiência das pessoas em receberem por esse meio de pagamento.

Claro que cidades como Shanghai e Beijing, entre outras que tem um fluxo de estrangeiros mais consistente, é muito mais fácil. Em hotéis de rede internacional e restaurantes também é possível usar seu cartão, mas saiu da “bolha”, fica muito difícil.

Dinheiro vivo

Outro desafio nos dias de hoje na China: pagar com dinheiro, em cash.

Parece loucura, mas o pagamento via QRCODE se tornou tão comum, que quase ninguém carrega dinheiro na carteira… carteira? O que é isso? Na China só se anda com o celular, pois ali temos tudo que precisamos!

Claro que eles não vão deixar de vender se a pessoa entregar uma cédula, mas que va6o estranhar, vão. E muitas vezes não terão troco para devolver e ai vão pedir para enviar por Wechat ou Alipay, os aplicativos mais usados para pagamento.

Agora, em locais que vendem comida, principalmente as barracas de rua, não aceitam, pois não querem mexer com o dinheiro, já que geralmente não tem um funcionário para o caixa. o QRCODE substituiu essa função.

A revolução do dinheiro chinês, um artigo que explica melhor essa transição.

Foto por Miguel u00c1. Padriu00f1u00e1n em Pexels.com

E como fazer?

Essa é a grande duvida: sem aceitar cartão de crédito ou dinheiro, como faz o turista?

Pode baixar o Alipay e cadastrar seu cartão de crédito internacional para pagamentos via QRCODE, mas isso é melhor se for feito antes de chegar a China.

Esse vídeo da Dani Tassy, explica como fazer.

O que você não sabia quando chegou na China? Conta para nós.

Zái Jián!

5 pensamentos sobre “China: curiosidades que não te contam

  1. Conteúdo riquíssimo e válido para qualquer pessoa que for a China. Eu mesmo tive um perrengue com a história de chip e hotel que não hospedavam estrangeiro . Que outras pessoas possam usufruir de toda essas informações riquíssimas que você nos proporciona.bjs Chris

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s