China/Cultura Chinesa/Curiosidades/Viagens/viver na China

Nanjing Fuzimiao

Esse é o último artigo sobre Nanjing, uma cidade que não está na rota turística convencional, mas realmente tem muito a oferecer, uma boa estrutura de hotéis e restaurantes e lugares incríveis para conhecer. 

Lembrando também que Nanjing tem um papel muito importante na história da China. No final desse artigo, vou colocar todos os links referentes as duas visitas que fiz e aos locais que visitei em cada uma delas. E o mais impressionante: não visitei tudo que há para ver na antiga capital da China! 

Mas vamos ao tópico desse artigo. 

Fuzimiao

Fuzimiao (夫子庙) que literalmente quer dizer Templo de Confucionismo, é um templo a Confúcio (claro) e antigo local dos tão temidos exames imperiais. Fica localizado no sul da cidade de Nanjing, às margens do rio Qinhuai. 

Hoje em dia é uma atração turística popular, com ruas comerciais para pedestres ao redor dos edifícios restaurados do templo e da Sala de exame imperial. 

Em Fuzimiao fica também o famoso muro dos dragões, e além de comprinhas básicas, tem a opção do passeio de barco pelo rio (que não fizemos).

História 

No primeiro ano do reinado de Jianwu da Dinastia Jin (317 DC), a Universidade Imperial de Nanjing foi fundada, inicialmente na margem norte do rio Qinhuai, e no terceiro ano de Xiankang (337 DC) o campus se estendeu até a margem sul. 

O Templo de Confúcio foi construído pela primeira vez em 384 DC, mas o local foi posteriormente destruído. Durante a Dinastia Song (1034 DC), o Templo de Confúcio foi reconstruído no antigo local da universidade imperial e foi chamado de área Fuzimiao. 

O local tornou-se Universidade Imperial novamente em 1365 no início da Dinastia Ming, e dezesseis anos mais tarde foi recuperado.

Durante a Dinastia Qing, havia dois Xianxue 显学(escolas municipais famosas de Shangyuan e Jiangning) na área de Fuzimiao. 

Os edifícios atuais datam do século XIX, da Dinastia Qing, com modificações feitas desde então. 

O templo perdeu todo o apoio financeiro do estado como resultado do fim do Império em 1911. Durante o final dos anos 1920 a 1931 e novamente em 1932, foi usado como quartel do exército para as tropas do regime do KMT (kuomitang) que deixou o local destruído. Em 1985 a área de Fuzimiao foi restaurada.

A Jiangnan Gongyuan perto do Templo Fuzimiao, é a maior sala de exame imperial nas dinastias Ming e Qing. E hoje conta com um museu e exposições que reconstituem cenas da época imperial.

Ao longo de sua história, o templo, junto com a área ao redor, tem sido um local para o estudo do confucionismo. Um lugar para adorar e consagrar Confúcio, o grande filósofo e educador da China antiga. 

No Instagram tem um destaque com todos os vídeos desse local.

Endereço

128, Zinyhan Road

Para andar pela região, no calçadão e a parte comercial não há custo, mas para visitar o templo de Confucio e o local de exames precisa comprar ingresso (RMB 30,00 e 50,00 respectivamente).

Principais atrações de Nanjing

Como citei no inicio, seguem os links de todas os locais que visitei em Nanjing ( e ainda ficaram alguns pontos interessantes que não conseguimos ver).

Nanjing – uma das mais antigas capitais da China

Nanjing – A China antiga e moderna no mesmo local

Nanjing – A China antiga e moderna – Parte 2

Nanjing – Memorial das vitimas do massacre

Nanjing – Montanha Niushou

Nanjing – Torre de Porcelana

Como sempre digo, a China tem tanta coisa interessante, que nesses 16 anos que estou aqui, minha lista só cresceu!

Zái Jiàn!

2 pensamentos sobre “Nanjing Fuzimiao

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s