Blog/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/Viagens/viver na China

Torre de Porcelana de Nanjing

A Torre de Porcelana de Nanjing, que está junto ao Grande Templo Bao’em, foi uma pagoda construída no século 15 durante a dinastia Ming, mas completamente  destruída no século 19 durante a rebelião Taiping.

Para reparar essa perda, na forma de homenagem ao local histórico impossível de ser reerguido, uma réplica em tamanho natural dele foi construída em vidro e porcelana.

Em 2010, Wang Jianlin, um empresário chinês, doou um bilhão de renmembies (US$ 156 milhões) para a cidade de Nanjing para sua reconstrução. Esta é relatada como a maior doação pessoal já feita na China. Em dezembro de 2015, a réplica moderna e o parque ao redor foram abertos ao público.

Templo Bao`em

No final, apesar de toda imponência dessa pagoda, a visita ao templo é de tirar o folego. Além de toda a parte histórica, que mostra um vídeo com a antiga Pagoda nas épocas de glória, as escavações e objetos encontrados no local preservadas, todo o cenário construído em suas salas são de tirar o fôlego.

As imagens não mentem.

E no Instagram, basta clicar nesse link, tem os vídeos da visita salvos no destaque.

Um pouco da história

A Torre de Porcelana de Nanjing foi projetada e construída durante a época do Imperador Yongle (1402–1424) no século 15.

O local foi descoberto pelo mundo ocidental quando viajantes europeus visitaram, listando a pagoda como uma das Sete Maravilhas do Mundo. Após esta exposição ao mundo exterior, a torre foi vista como um tesouro nacional para os habitantes locais e outras culturas ao redor do mundo.

Em 25 de março de 1428, o Imperador Xuande ordenou que Zheng He e outros assumissem a supervisão da reconstrução e reparo do Grande Templo Bao’em, que foi finalizada em 1431.

Em 1801, a torre foi atingida por um raio e os quatro primeiros andares foram derrubados, mas logo foi restaurada. O livro de 1843, The Closing Events of the Campaign in China, de Granville Gower Loch, contém uma descrição detalhada da torre como ela existia no início da década de 1840.

Na década de 1850, a área ao redor da torre entrou em erupção em uma guerra civil quando a Rebelião Taiping atingiu Nanjing e os rebeldes tomaram o controle da cidade. Eles destruíram as imagens budistas e a escada interna para impedir que a torre se tornasse uma plataforma de observação.

Em 1856, os Taiping destruíram a torre completamente e não se sabe se foi para evitar que ela fosse facilmente usada como alvo para o inimigo bombardear a cidade ou por medo de sua história budista que já havia sido danificada (afinal, já escrevi diversas vezes que os chineses sempre foram muito supersticiosos). Depois disso, os restos da torre foram recuperados para uso em outros edifícios, enquanto o local ficou adormecido até uma onda recente para tentar reconstruir o marco.

A torre era octogonal com uma base de cerca de 30 metros de diâmetro. Quando foi construída, a torre era um dos maiores edifícios da China, atingindo uma altura de 79 metros, com nove andares e uma escada no meio, que subia em espiral por 184 degraus. O topo do telhado era marcado por um abacaxi dourado.

Existem apenas algumas pagodas chineses que ultrapassam sua altura, como a Pagoda Liaodi do século 11 em Hebei ou a de Chang’na, que possui 100 metros, datada do século 7 e é de madeira.

Imagem do site BBC Travel

A torre atual foi construída com tijolos de porcelana branca que refletem os raios do sol durante o dia, e à noite 140 lâmpadas iluminam e proporcionam um espetáculo sem igual.

A pagoda é onipresente no complexo e até na loja de souvenirs, existe a réplica da pagoda antiga em forma de bule de chá!

Realmente, a China surpreende.

Zái JIàn!

2 pensamentos sobre “Torre de Porcelana de Nanjing

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s