Blog/China/Compras/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

Os rolos de Jade chineses

Sei que isso é a febre do momento no Brasil, e aqui, por coincidência foi assunto na minha aula de medicina chinesa.

Sim, isso mesmo: o rolo de jade faz parte da milenar cultura chinesa e sua medicina que cuida do corpo, da mente e da beleza (das mulheres em especial).

Escrevi aqui sobre o Jade, pedra supervalorizada na China, que traz consigo mais do que beleza. Seus significados ultrapassam o entendimento ocidental. Outro queridinho das chinesas que também estourou no Brasil, foi o pó de pérola, e vocês podem conferir minhas descobertas nesse link aqui.

Rolinho de Jade

Será que faz milagres? Sinceramente não acredito. A mesma coisa com o pó de pérola: milagre não faz. Creio que tudo que fazemos com frequência, que tornamos um hábito, acaba com o tempo revertendo a nosso favor (ou não…). Então acredito que esses rolinhos sejam assim.

Seu uso pode sim promover alguns benefícios a nossa pele, mas nada de acabar com rugas, com bolsas embaixo dos olhos, rejuvenescimento instantâneo. Se alguém aqui ainda acredita em Papai Noel, talvez faça sentido essa promessa dos rolinhos de jade.

Vejam bem: não sou da área de estética, dermatologia ou coisas do gênero, muito menos blogueira de beleza, mas como esse instrumento do desejo é algo que está intimamente relacionado com a China e a medicina chinesa, resolvi dar uma pesquisada e, claro, comprar um para mim.

Então para que usar?

Segundo o que li por aí, e nas conversas com minha professora de medicina chinesa, Dra. Eva (que também é minha acupunturista), cheguei a algumas conclusões.

  • O seu uso se originou na China, onde era conhecida por curar e purificar.
  • Por ser uma pedra, fresca, acalma o inchaço e a vermelhidão, quando combinado com movimentos de rotação para cima e para fora, e ajuda a transportar os produtos de skincare para a pele com desperdício zero.
  • Fazer a massagem com o rolinho antes de dormir, por alguns minutos, é meditativo e relaxante.
  • Li em alguns sites que se pode usar todos os dias, mas Dra. Eva recomendou no máximo 3 vezes por semana.
  • Os rolos tradicionais chineses são feitos de jade, mas também existem de outras pedras preciosas como quartzo rosa. Novamente, segundo a Dra. Eva, para a pele do rosto o jade é muito melhor. Ela não recomenda usar o de quartzo rosa no rosto, pela questão da energia da pedra (ai entram as coisas que só quem começa se inteirar na medicina chinesa pode entender).
  • Como a massagem pode agir como uma drenagem facial, relaxante, não deixa de ser um carinho para seu rosto. E nessa fase em que todos estamos buscando mais e mais o autocuidado, podemos dizer que é um ritual, um momento em que podemos nos conectar com nós mesmo.
  • Os principais benefícios da automassagem usando um rolo de jade são os da drenagem, como forma de incentivar o processo natural de desintoxicação do sistema linfático e, aumentando a circulação e o fluxo sanguíneo, confere um brilho visível.
  • Como usar o rolo para massagear é um assunto amplo e achei muitas técnicas milagrosas, mas o mais constante foi que o melhor é usar em movimentos para frente e para trás, para cima e para baixo e para os lados (eureca!), trabalhando em torno dos contornos faciais, sem esquecer da região do pescoço.

Não existem estudos clínicos que provem que o rolo de jade ou a massagem com gua sha (um tipo de espátula usada na medicina chinesa e, em alguns casos, são vendidos em conjunto com o rolo de jade), têm efeitos benéficos para a pele.

Algumas dicas interessantes

Apesar de não haver as tais comprovações cientificas, a pele da Dra. Eva, que já passou dos 60 anos é divina! Pelo sim e pelo não, e já que estou nessa vibe de medicina chinesa e seus benefícios, vamos fazer bom uso do que temos em mãos.

Estou tentando fazer o uso do rolinho um hábito, como o de passar protetor solar e escovar os dentes, e algumas dicas foram bem interessantes para me estimular no uso continuo.

• Guarde o rolo na geladeira. As pedras de jade são naturalmente frias ao toque, mas geladas pode-se obter um frescor adicional e suave na pele (mas só farei isso no verão).

• Usar o rolo de jade para acomodar a máscara de folha, essas que vendem em sachês, que são imersas em cremes, gel ou óleos. Os rolos ajudam a folha a aderir melhor à pele e, em consequência, na absorção do produto.

• Limpar regularmente seu rolo. Como estão sendo usados em seu rosto, podem espalhar bactérias com facilidade, limpe com água morna e sabão após o uso e guarde em um local limpo e seco. Básico, mas não custa lembrar.

Abaixo estão as instruções de massagem que vieram junto com meu rolinho e que fiz a tradução da imagem (só para facilitar…).

Resultados

Bom, ainda não sei sobre isso, mas que esse rolinho deixou todo mundo em polvorosa, isso deixou mesmo.

Como disse no inicio, acho que o uso constante vai acabar trazendo algum beneficio para minha pele, nem que seja a maciez e a minha sensação de estar cuidando de mim mesmo com carinho (atitude que reflete diretamente na nossa autoestima e pele, certeza!).

Se alguém tiver alguma experiência interessante, manda seu relato aqui ou no Instagram (@chinanaminhavida). Adoro compartilhar e aprender com novas experiências.

Zài Jiàn!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s