Cenas da China real/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/Dicas de Shanghai/viver na China

Shanghai e a lenda do Dragão

Como vocês já leram em vários artigos aqui, a China é um país cheio de mistérios, lendas, superstições embasadas na cultura milenar e passadas de geração a geração como um enorme tesouro.

Cada lugar tem sua história e seus mistérios, e muitas vezes vão além do que nossa lógica ou crença pode explicar.

“Há mais mistérios entre o Céu e a Terra do que sonha a nossa vã filosofia”,

já dizia William Shakespeare…

Pois bem, assim sendo, Shanghai não poderia sair dos padrões lendários desse país. Se bem que há quem diga que essa história é tão real quanto os seus olhos, que estão lendo essas linhas!

O crescimento de Shanghai

Outro assunto que sempre pauta os posts do blog é o quanto a China cresce de maneira assustadora muitas vezes, com construções de deixar qualquer um de boca aberta. O que se constrói em 10 anos em qualquer lugar do mundo, aqui se fazia em 1. Digo ‘fazia’, pois o ritmo desacelerou um pouco comparando com 10 anos atrás, mas mesmo assim ainda é mais rápido e dinâmico. E não estamos falando de recapear uma avenida. Não… aqui é tudo mega, super, gigante. Estamos falando de construir um viaduto que corta a cidade inteira, para todos os lados, em 4 anos (1995 a 1999).

E nessa fase louca de desenvolvimento chinês, o tráfego já era um problema sério. A solução então foi construir os elevados, que teriam regras de circulação e aliviariam as ruas para acesso local.

978688494040746119

Assim foi feito. Até que chegaram num cruzamento crucial de todos esses elevados, na intersecção da  Yan’an Lu com a Chengdu Bei Lu, e a obra teve que parar, pois não havia máquina que conseguisse perfurar o solo, para fazer a base da pilastra. E olha que já existiam centenas delas em pé, rasgando a cidade. Inclusive alguns a 300 metros de distância, que circundavam o cruzamento.

Mas aquele não havia jeito, nem mesmo implosões foram bem sucedidas.

Isso se tornou um problema enorme, já que ele seria o centro de tudo. A junção de vários elevados que se emaranham naquele local. Sua função era extremamente importante para a segurança de toda essa estrutura.

20140521112112744

O monge e o dragão

Como todos aqui já sabem, os chineses são muito supersticiosos. E a gente também sabe que quando a coisa aperta (mesmo no Brasil), saímos corrrendo, apelando para tudo e todos, sempre com a esperança de que uma ‘luz’ apareça para nos ajudar.

Um dos responsáveis pela obra foi então consultar um monge, que pertencia ao Templo de Longhua (um templo que nem é tão famoso por aqui), que visitou o local.

Chegando lá, sentou-se onde a terra não daria lugar a vontade do homem. Meditou dia e noite por uma semana inteira. Sem comida, sem bebida, apenas sete dias e sete noites, de introspecção.

O monge disse: “Vocês tem um dragão abaixo do solo. Vocês despertaram e irritaram ele. Ele não vai deixar vocês perfurarem esse solo”.

Atônitos com o atraso da obra, e com um fato tão inesperado, principalmente se tratando da figura de um dragão, o animal mais amado e temido por essas terras, pediram ao monge alguma solução, o que fazer.

Foi então que o monge falou que não poderia ter revelado aquele segredo, que corria riscos por ter quebrado o silêncio sobre o fato. Mas mesmo assim, avisou que eles deveriam fazer algo para satisfazer o ego do dragão, que estava nervoso por ter sido acordado. Caso contrário, esse viaduto não se completaria.

Mais uma vez, o monge ficou em estado de meditação para tentar acalmar o dragão. Depois de uns dias, disse: “O dragão está dormindo pacificamente. Agora vocês podem perfurar”.

565483228229163334

Depois de um tempo, o monge faleceu. Pode ter sido uma coincidência, mas os chineses acreditam que ele morreu por ter revelado o segredo do dragão.

Homenageando o Dragão

Enquanto o monge estava ‘acalmando’ o dragão, os engenheiros e arquitetos suavam a camisa pensando numa maneira de apaziguar os ânimos do animal.

Assim surgiu, ao invés de uma simples pilastra, um monumento em homenagem ao dragão. O mesmo foi projetado por Zhao Zhirong, artista renomado em Shanghai na época, onde aparecem nove dragões adormecidos, esculpidos em bronze. Além de que os nove dragões também tem o significado de ‘vida longa’, algo bem necessário para uma estrutura que sustenta o principal entroncamento viário da cidade.

E como num passe de mágica, as escavadeiras trabalharam sem nenhum problema, como se nada antes as tivesse impedido.

Reza a lenda que o monge deu sua vida para o desenvolvimento da cidade. Se sua explicação tinha ares de devaneios ou não, era irrelevante naquele momento.

Os fatos eram claros: antes do monge, eles não podiam perfurar a terra; após o monge, o problema foi solucionado.

Lenda ou fato?

Para a maioria dos shanghaineses isso é fato. Eles dizem que se estiver dirigindo em volta do pilar e buzinar ou piscar os faróis, vai sentir imediatamente uma sensação de paz. Se acontecer de estar de mau humor, buzine e  vai se sentir muito melhor.  Vai saber…

Para o mundo dos céticos, isso é mais uma das milhares de lendas que envolvem a história da China. Mas, depois que soube dessa história, toda vez que passo por lá me sinto, por segundos,  transportada para outro mundo onde a iluminação espiritual, o folclore e o misticismo se misturam. Nunca apertei a buzina do carro, para saber se isso nos traz a paz mesmo, mas ainda vou tentar.

20091130_733d886ab7d3cd366ee4xASGkfiieMY0

Nessas horas é que nos damos conta de que nem tudo no universo pode ser explicado, e que cada dia traz um pequeno milagre de uma forma ou de outra.

E no final, a pilastra está lá, com seus nove dragões incrustados! No mínimo, virou atração turística e deu uma certa graça aos quilômetros de pilastras cinzas espalhadas pela cidade.

Zái Jián.

Anúncios

7 pensamentos sobre “Shanghai e a lenda do Dragão

  1. Lenda linda e posso dizer a você que acredito que ela seja verdadeira e que de fato houve uma pertubação ao Dragão adormecido. Que a pilastra perdure eternamente e que esse Dragão mantenha a serenidade junto com o Monge que doou sua vida para decifrar a vontade divina. 😉

    Curtido por 1 pessoa

  2. oi!
    bom dia por aqui!
    fascinante a lenda, ou o real, enfim, aconteceu!
    buzine sim e veja o que acontece!
    beijo grande para vc e familia!

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s