Cenas da China real/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

Zuò yuè zi – tradição chinesa pós parto.

Os chineses são craques em tradições e em segui-las à risca. Não importa a onda de tecnologia e progresso que envolve esse país nas últimas 3 décadas, os costumes da época do Império (leia-se 5 mil anos atrás) permanecem, quase intactos.

Como a tradição nos impõe uma série de regras e rituais para enfrentar o inverno, a mulheres após o parto precisam seguir as regras da cultura chinesa também. O interessante é que eles ficam apavorados quando se deparam com uma ocidental grávida ou no pós parto, usando salto, se maquiando ou mesmo comendo certas coisas que não são aceitas pelas tradições daqui.

Mas o que é o  Zuò yuè zi – 坐月子?

Traduzindo literalmente, significa ‘reclusão’. Mas a tradução popular para essa expressão é ‘mês sentado’.

113139628

“Enquanto estiver no ‘mês sentado’, que você não pode ser muito ativa, você deve deitar na cama e descansar, você não pode tomar um banho, lavar o cabelo ou comer frutas …” By Living a dream in China

É o período de um mês contado à partir da data do parto, em que a mãe tem que ficar em descanso total. Não pode fazer nada, nem mesmo o banho é permitido. Lavar a cabeça então é um ato de loucura. Sair de casa, nem pensar… Mas como sempre escrevo, as tradições são tradições e cada lugar nesse mundo tem as suas. Na época das minhas avós, também existiam muitas restrições para a mulher após dar a luz. É que isso não faz mais parte do nosso dia a dia.

Só que na China, tradição é tradição, a Medicina Tradicional Chinesa é respeitada e não é esquecida jamais!

Os chineses acreditam que tudo que você faz durante o primeiro mês após o parto, afeta sua saúde para o resto de sua vida. Ir para a cama sem secar o cabelo, por exemplo, fará com que você tenha dores de cabeça na velhice (sim, isso mesmo… as consequências serão na sua velhice). E sobre a real necessidade desses hábitos, há quase uma unanimidade – “Algumas regras são questionáveis, mas é melhor seguir isso, apesar do desconforto, por um mês e evitar graves problemas de saúde no futuro.”

E além da mãe ter que seguir uma lista infinita de regras (vou listar algumas abaixo), o bebê também não pode sair de casa. Li num post de uma finlandesa casada com um chinês, que teve bebê há pouco tempo, sobre sua experiência quando foi passear com sua filhinha de 2 semanas num parque da cidade. Ela deve ter causado a maior discussão entre as avós chinesas que encontrou, até porque ela não vive em Shanghai. Se quiserem ver a experiência da Sara, em inglês, este é o link.

Regras do Zuò yuè zi

Li e vários locais uma série delas, e coloquei algumas aqui. Mas vale lembrar que, de província para província, as regras podem ser diferentes. Isso depende da realidade do local.

  • Imediatamente após o parto, deve-se cobrir a cabeça para mantê-la aquecida.
  • Quando o parto é cesariana a mãe não pode sair da cama por um mês, exceto para ir ao banheiro (OMG! Eu tive duas – ainda bem que foi bem antes da China na minha vida!)
  • Para parto normal, o ideal é que fique o maior tempo possível na cama, mas é por menos tempo a restrição total.
  • Não importa se é inverno ou verão, as mãos e os pés devem ficar cobertos.
  • Lavar o cabelo – proibido por, no mínimo, 3 semanas; banhoproibido por, no mínimo, 2 semanas. Como???
  • Beber chá não é permitido porque pode prejudicar o bebê e fazê-lo chorar, sem qualquer razão visível. E durante a gravidez também não permitem que as mulheres tomem chá.
  • Se a mulher não ficar na cama durante todo o mês (e em alguns casos pode ser repouso de 45 dias) e/ou fizer qualquer tipo de exercício – pode resultar em problemas do útero.
  • Devem usar uma faixa especial (mais de 10 metros de comprimento e 30-40 cm de largura) para envolver o ventre para que a barriga fique plana novamente. Isso se compara às cintas que muitas mulheres ainda usam no pós parto ocidental.
  • Como não podem tomar banho, usam para a higiene água quente, álcool e sal. Uma toalha é mergulhada na mistura e passada pelo corpo.
  • Não basta tomar água quente (isso até eu faço hoje em dia!), ela é usada também para escovar os dentes ou lavar o rosto.
  • Não só o ar condicionado e ventilador são proibidos – não se pode sequer abrir a janela. Quebrar essa regra significa que  na velhice você vai ter artrite e enxaqueca. (Estou perdida!)
  • Nesse período elas não podem amamentar sentadas. Em vez disso, deitam de lado e o bebê é colocado próximo ao peito da mãe.
  • Não deve abraçar  muito bebê, pois irá incentivar dependência e os ‘ossos moles’ do bebê podem não se desenvolver direito (!).
  • Todas as atividades de lazer, como ler ou assistir TV são limitados. Forças a vista com essas atividades pode significar problemas nos olhos na… velhice, claro!
  • Também não é recomendado chorar! Além de prejudicar a visão, podem afetar emocionalmente o bebê.
  • As visitas são proibidas. Somente a sogra (que é quem cuida da mãe e do bebê) e a mãe da parturiente que podem vê-la.
  • Há também muitas restrições alimentares: comida fria nem pensar. Nenhum alimento azedo. Alguns excluem até  vegetais crus e frutas.

 

Existem muito mais regras, algumas super estranhas de verdade. E num dos sites que eu li, uma moça dizia que não teria outro filho, não por causa das dores do parto ou da criança, mas sim pelas regras duras e difíceis de seguir que existiam durante a gravidez e o pós parto chinês!

O que vocês acham disso tudo? Deixem seu comentário aqui. Adoro interagir com cada um de vocês!

Zái Jián!

 

Anúncios

37 pensamentos sobre “Zuò yuè zi – tradição chinesa pós parto.

  1. Ola, eu conheço bem este tratamento. Eu estou pessoalmente fazendo o tratamento, e eu gostaria de saber se voce conhece alguma pessoa em Lisboa que sabe sob este tratamento que eu posso me referir? Eu fiz o tratamento que voce menciona pos parto, por 4 semanas, com as herbas e tudo me enviado pessoalmente de uma amiga em Singapore, mas gostaria de continuar por mais um tempo como tive casaria, eu preciso de mais tempo no tratamento. Também tenho algumas perguntas para uma especialista. Estou especificamente buscando as herbas, os chás específicos, e alguém que sabe as massagens requeridas. Muito obrigada em antecedência. – Sharon

    Curtir

  2. Que bacana! Regras duras , porém tem sua razão de ser. Vejo mães brasileiras com bebês recém nascidos vestindo roupas muito frescas, passeando pelos shoppings gelados, sem uma manta, sem proteção na cabeça, nem nada. A criança até roxa…. morro de dó…

    Curtir

  3. Sabe que a coisa do banho é preocupante. Mas o resto, sabe que são dicas bem legais? Tipo amamentar deitada, só soube que podia depois que minha filha tinha quase 1 ano. Quanto cansaço teria sido evitado. Sair na rua eu concordo, evita infecções. E sogra e mãe cuidando, isso parece tão bom? E proibido visitas? Adoro, o puerpério é tão cansativo, as pessoas vem nas horas improprias, sujam a casa, passam doença pro bebe, ninguém te ajuda em nada… eu tive um puerpério muito dificil, só recebi contaminação que levou minha filha pra uma UTI e quase matou minha filha e muitas críticas. Ajuda, comidinha, loucinha lavada? Muito pouco. Tinha visitas que vinham só pra acordar minha filha, outras só pra criticar ou dar pitacos furados…

    Curtir

  4. Achei muito interessante tudo! Gosto muito dessas outras possibilidades quando se trata de oriente. Uma característica interessante que vi nas minhas viagens por América do Sul, África e Europa é que brasileiro é muito um caso a parte, especialmente em relação aos valores de higiene (interessante que alguns europeus que conheci tiveram muita tranquilidade em questionar o quanto somos “frescos” em diversos aspectos). Entretanto, sendo nossa cultura como é e sendo limpeza um assunto sensível, sei como é extremamente desconfortável agir diferente do que aprendemos e gostei bastante de sua postura de demostrar alguma perplexidade mas sem julgar ninguém.
    Tenho uma dúvida: você sabe alguma coisa sobre brasileiras que pariram na China? Tenho pesquisado sobre gestação ai. Mas não encontrei ainda nenhum relato sobre parto ou pré-natal de brasileras que moram nesse país. Conhece algum? Tem algum link para compartilhar?
    Obrigada pelo site! Várias informações interessantes

    Curtir

    • Olá Debora,
      Obrigada pelo contato e comentário ao blog.
      Concordo com vc. Não andei por tudo isso, mas a vida na China nos dá oportunidade de conviver com diversas culturas ( a comunidade estrangeira em Shanghai é imensa), e podemos ver claramente as diferenças culturais e em relação a higiene. Uma vez me perguntaram porque todo o brasileiro come sanduíche com um guardanapo…rs
      Sobre brasileiras que tiveram seu parto na China, conheço muitas. Mas a maioria foi em hospital internacional, onde as regras são mais ocidentalizadas. Tanto para o parto como para o pré-natal. Algumas tiveram seus filhos em hospitais chineses, e as experiências também foram boas, até onde sei.
      Vou conversar com algumas e ver se escrevo um post sobre isso.
      Agora te digo, as ocidentais deixam as chinesas loucas…hahaha.
      As mulheres usam salto, maquiagem e muitas não deixam de tomar uma taça de vinho numa celelebração, por exemplo. FOra que após o parto saem com seus rebentos com 1 semana, tomam banho e lavam a cabeça…rs As chinesas não entendem essa postura do ocidente.
      Como não entendemos a postura delas por aqui, né?
      E sempre tento ponderar mesmo… afinal, cada povo tem seus valores que diferem dos demais. Entender, sem um julgamento cego é o que seria mais natural. Especialmente se vivemos no país/região em questão.
      Abraço.

      Curtir

  5. Esta história de higiene, vou ser curta e grossa!
    Não vou generalizar , posso pecar, mas maioria das chinesas preferem ficar na porta batendo papo a fazer uma boa limpeza na casa.
    E tem outra, têm poucas roupas, usam praticamente a mesma todo dia, chegam , penduram e tornam a por dia seguinte,
    Para mim são hiper econômicos , pois quem viveu na época do Mao Tse Tung, passou estes valores para a geração futura.
    E além de serem preguiçosas, só trabalham se vier$$$$$$.🍀💋

    Curtir

  6. Exatamente, nunca alguém me explicou, esta relação que chineses têm com sangue.
    Mas é incrível !
    Não lavam com fé o corte, deixam aquela sujeira do sangue em volta dos cortes e feridas, tem um medo de médico e dentista!
    Eles foram feitos não para controle mensal ou anual, são para o final, quase à morte.
    Tem um orgulho em falar, nunca fui ao médico ou dentista .
    Falava para minha sogra , vamos ao dentista, ela respondia, na hora que cair tudo eu vou, ela estava com piorréia e não sabia, um dia a levei e implantei dentadura encima e embaixo, mudou hálito , o sorriso.
    São tão econômicos , que não gastam nem depois que enriquecem, obrigada por ler!

    Curtir

  7. Sou casada com chines, tenho algumas passagens , tb.
    Quando cheguei do hospital , minha sogra ao invés de me ajudar ,trouxe-me um panelão de pé de porco com amendoim, quando vi a camada de gordura, quase desmaiei .E ao invés de me dar roupinhas tipo quimono, só cortada, e falou vc costura,affff…
    Fazem um frango, com bebida alcoólica que quem toma, enche de erupções na pele do bebê.
    Cortam todo cabelo do bebê, alegando que crescerá mais forte, e combates cabelinhos, fazem pincéis para escrever, a mãe não deve lavar os cabelos, por 41 dias se for menino e 40 se for menina.
    Parece que estamos na época em que os banheiros ficavam há 100 metros da casa e eram públicos , bem tem muito mais, mas vou finalizando.

    Curtir

    • Olá Tania,
      è verdade, já ouvi muitas dessas histórias sobre os hábitos do chinês em relação ao bebes e as mães no pós-parto. Essa do pincel, eu descobri a pouco tempo e até escrevi num artigo recente sobre a caligrafia.
      Obrigada pelo comentário e quando tiver mais curiosidades dessa cultura, compartilhe aqui! xie xie!

      Curtir

      • Como sou casada há quase 40 anos, tenho muitas passagens!
        Vcs acreditam que nunca vi minha sogra pegar em uma vassoura?
        Passava o dia todo na cama assistindo vídeos , tinha dias que eu tinha dó, mas outros vontade de chamá-la de…..
        Como era filha de um governador de Nanking, ela deve ter-se colocado que não deveria mover-se , nunca, aí conclui que a morte tão repentina do meu sogro na flor de idade, pôs a beber até o fim, que lastima.

        Curtir

  8. Pingback: O pente de madeira na cultura chinesa | China na minha vida

  9. Oi Cristine, prazer em conhecer. Um pouco de modéstia e água benta nunca fez mal a ninguém. Exageros à parte. Um pouco de cuidado com a saúde é tudo de bom. Sempre digo uma boa: saúde é como mãe, quando se perde se dá valor. Grande beijo da Ju.

    Curtir

  10. Nada nem ninguém me convenceria a ficar sem tomar banho e lavar a cabeça por tanto tempo. Segundo filho, nem pensar…..Não seria sopa de rã, Christine?Muito comum na medicina chinesa…..É só dizer que é canja e todo mundo aceita.Eca!

    Curtir

  11. Muito bom Christine!
    Por alguma razao (de sabedoria que nao está ao nosso alcance) deve ser. Aqui vemos bebes de poucas semanas nos shoppings com suas maes e dá uma sensação de que algo nao está certo. Isto de passar cafeina do chá e outras substâncias pelo leite materno a medicina ocidental sabe mas parece que não dá a devida importância.Vai ver que é por isto que os gauchinhos já nascem querendo tomar chimarrão (ahaha). Mas achei bom como alerta de cuidados as mamaes e aos bebes ainda que algumas coisas estão mais fáceis como higiene que hoje tem muito mais recursos.

    Curtir

    • Oi Paulo,
      Obrigada pela visita e comentário. Eu não posso falar nada, pois meu filho foi um que estava com 7 dias andando pelo shopping…hahaha Mas sobreviveu! Hote tem 24! hehehe
      São costumes e crenças diferentes, e também acho que algumas fazem muito sentido. Eu mesma já adotei vários hábitos de alimentação baseados na Medicina Chinesa. Abraço.

      Curtir

  12. To chocada com tantas regras! Não imaginava que era assim. E os pais não podem ver a mãe e o bebê por 1 mês??? Que absurdo! Algumas coisas até entendo, mas outras… Haha obrigada pela informação Chris, sempre interessante! Abraços!!

    Curtir

    • hehehe Bree, eu juro que não coloquei a TODAS as informações que encontrei. Mas acho que o pai pode sim ver a esposa e o filho…hahahaha. As visitas são consideradas as pessoas fora do circulo familiar restrito. Beijocas e é um prazer dividir o pouco que sei dessa cultura…

      Curtido por 1 pessoa

  13. Muito legal parabens pelo belo trabalho que faz, eu até ja conhecia parte desses costumes, bem difícil pros ocidentais viver esse mês pós parto hemm, acho que por isso e outras coisinhas mais, que os chineses passam dos 100 anos…..kkk

    Curtir

    • Isso Angela. E a comida é de acordo com a alimentaçõa que eles já tem aqui. Houve uma amiga que teve bebê e queriam dar a ela uma sopa de sapo… coisa de doido para nós ocidentais. Mas aqui faz todo o sentido. Beijo

      Curtir

  14. Acho que as chinesas não estão de todo errado. No mundo ocidental o parto o resguardo são encarados como uma coisa muito simples. Eu não penso assim. Já reparou que nossas avos não tinham problemas uterinos? Creio que era por causa desses cuidados que as chinesas têm ate´ hoje. Bjs

    Curtir

  15. Muito interessante, tinha uma chinesa que morava no mesmo prédio que eu em Beijing,e fazíamos caminhada juntas durante a gravidez,acabamos virando amigas, depois que o bebê dela nasceu eu nunca mais a vi, ela ficou 3 meses de repouso e eu me mudei antes, a vi meses depois por coincidência em um shopping,com o filho já grandinho 😳. Detalhe, ela já estava para ganhar o bebê e ainda não sabia o sexo da criança. Coisas da China…

    Curtir

    • Daniela, por conta da lei do filho único e a preferência por meninos + a facilidade de se fazer abortos, o governo proibe o ultrassom para saber o sexo. O exame é realizado, mas o médico não pode revelar o sexo do bebê.
      Abraço.

      Curtir

  16. oi!
    bom dia!
    aqui temos chuva, chuva…..e chuva!
    achei super interessante, e como vc disse, 5000 anos de tradição, tem a haver!
    aqui tinhamos algumas, e lembro da minha avó portuguesa, que tinha
    umas tradições, nasceu numa aldeia!
    agora vc veja, não pode tomar banho, mas faziam higiene, e bem feita!
    como sempre curto os seus post!
    beijo grande para vc e familia!

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s