Blog/Cenas da China real/China/Cultura Chinesa/Curiosidades/viver na China

Pão assado na lata – Pão Uyghur

Andando pelas redondezas do Fabric Market, local onde existem centenas de costureiras e tecidos de todos os tipos, nos deparamos com ambulantes que vendem na rua bijuterias e vários tipos de comida. É muito interessante que os estilos tanto de das bijoux como das comidas e a característica dos chineses que ali estão são peculiares: lembram demais os árabes e muçulmanos.

Um carrinho nos chamou a atenção, que era como um latão, com carvão e vimos ao lado de fora espécie de pães finos, que lembram os pães sírios. Claro que levei essas moças, a Carol e a Fabíola, que mal haviam se acostumado com o fuso da China para experimentar comigo essa iguaria. Afinal se estão na China, precisam começar a vivenciar a cultura chinesa! =]

IMG_2883 - Copia         IMG_2882 - Copia

Nossa impressão é de um pão achatado, com um recheio de verdura (preferimos essa opção à carne, por motivos óbvios, se é que você me entende: comida de rua, carne de onde? De que? Não vamos arriscar…rs). O sabor da brasa na massa é peculiar, o pão é retirado do forno com pinças e comemos ainda quente. Delicioso.

IMG_2887 - Copia

Carol e Fabiola degustando o pão Uyghur!

Mas na realidade ficou a interrogação: o que é isso? De onde vem? Com que é feito? Vamos buscar informações e realmente a primeira impressão estava certa: esses ambulantes, na maioria, são chineses Uyghur, uma minoria étnica da região de Xinjiang, de descendência muçulmana, e a culinária é famosa pelos kebabs de cordeiro e macarrão caseiro.

O nome chinês desse ‘pão’ é 包子 (kǎo baozi). Os fornos são cilíndricos com uma abertura estreita no topo, forrados de tijolos e aquecidos com carvão ou madeira. No interior, as paredes do forno são curvas e lisas. A massa é feita com antecedência (usando sementes de gergelim, manteiga, leite, óleo vegetal, sal e açúcar), aberta e colocada o recheio, que é bem pouco. Então enrolada e achatada e a massa é ‘grudada’ na parede interior do forno para assar. E geralmente esse forno é associado a esse pão, mas na realidade ele é usado para muitos outros tipos de pratos provenientes dessa região/etnia, incluindo carne de cordeiro.

Xinjiang é a região que tem a maior taxa de longevidade na China. Em outubro de 1985, a área foi classificada como a área ‘Longevity Mundial Natural’ pela ciência médica internacional, através do Comitê em Tóquio, no Japão. De acordo com os pesquisadores, as razões para a alta taxa de longevidade na área estão relacionados ao clima, meio ambiente e aos hábitos de vida e atividade física da população, bem como a sua dieta.

xinjiang map

A alimentação Uyghur é caracterizada por carne de carneiro, carne bovina, camelo, frango, ganso, cenoura, tomate, cebola, pimentão, berinjela, aipo, vários alimentos lácteos e frutas.

Os pratos principais incluem macarrão artesanal cozidos com carne de carneiro ou legumes, sopas feitas de cordeiro ou frango, churrasquinhos de cordeiro ou carne e arroz, também conhecido como plov, com cordeiro ou frango. O tempero é a base de sementes de cominho, sal e pimenta, e a gordura da carne é usada para aromatizar. As bebidas incluem chá preto, kvass (bebida não alcoólica a base de mel).

IMG_2886 - Copia

Também matei a curiosidade e virei fã! =]

Voltando a máxima; se está na China, coma como os chineses (tudo bem, o ditado original não é bem esse, mas na China tudo se copia…), essa é uma opção bem interessante para iniciar a aventura na culinária local. =]

Zái Jiàn!

Anúncios

5 pensamentos sobre “Pão assado na lata – Pão Uyghur

  1. Pingback: Mulçumanos na China | China na minha vida

  2. Nossa, as fotos desse post estão belíssimas. Vc está chiquérrima! O pão está com uma cara deliciosa. Parece pão com manteiga na chapa. Hummmmm.

    Beijos.

    Curtir

  3. adorei esse post! Achei interessante esse pão e deu água na boca!……Voce está muito bonita na foto! Alguns documentários que vi sobre a cozinha chinesa são muito interessantes e a diversidade imensa! …………beijo grande para vc e familia!

    Curtir

Gostou do texto, tem algo para dividir? Deixe seu comentário aqui! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s